Acessando mainframes IBM a partir do Ubuntu

Há muitos profissionais de TI (Tecnologia da Informação) que têm necessidade de acessar mainframes de suas empresas a partir de uma localização remota, inclusive de suas casas. O objetivo deste artigo é oferecer um caminho que permita este acesso de forma tranquila e eficaz a partir do Ubuntu.

[ Hits: 24.581 ]

Por: Marcos Alves em 07/12/2011


Melhorando a aparência e Teclas de função



Melhorando a aparência da tela

As definições vistas daqui pra frente, referem-se ao gnome-terminal (default do Ubuntu), apesar do c3270 funcionar em, praticamente, qualquer outro terminal, como por exemplo o xterm, que tem formas diferentes de definir características.

Você poderá achar que o tamanho dos caracteres mostrados no terminal são muito pequenos, o que dificulta a leitura e provoca cansaço visual.

Alterar esta característica e outras é muito fácil, como podemos ver abaixo.

Procedimentos (antes de executar o c3270):
  • Selecione no menu do 'gnome-terminal' -> 'Editar' -> 'perfis';
  • Na janela exibida, selecionar o perfil 'Default' e pressionar 'Editar';
  • Na nova janela, desmarque "Usar a fonte de largura fixa do sistema";
  • Em seguida, clique em "Monospace 12";
  • Na janela seguinte, mude o tamanho do fonte para '14' e pressione 'fechar' e depois 'fechar', novamente.
    • Este tamanho de fonte é apropriado para trabalhar com 43 linhas em um monitor de 21 polegadas.
    • Lembre-se que para esta configuração funcionar, depende também das definições feitas do lado da empresa.
    • Para seu caso específico, varie o tamanho da fonte até definir o mais apropriado para você.
  • Se você não quiser altera o perfil 'default', você pode criar um novo perfil e aplicar nele esta alteração.

Configurando as teclas de função (F1 - F12)

Se o software que você acessa no mainframe, tem necessidade de utilizar as teclas de função (F1 - F12), provavelmente você terá um surpresa desagradável: algumas destas teclas não vão funcionar como o esperado.

Isto acontece porque a emulação roda em uma determinada camada dentro do seu Ubuntu e camadas mais externas podem interceptar as teclas de função ANTES da emulação e executar algum tipo de ação.

Normalmente, as teclas afetadas são as seguintes:
  • F1 -> Ajuda do gnome-terminal.
  • F10 -> Acesso ao Menu.
  • F11 -> Full Screen.

Mas não se preocupe, para todo problema há solução. Veja a seguir o que é necessário para resolver este problema:
  • Vá ao Menu do gnome-terminal;
  • Selecionar 'Editar' -> 'Atalhos de teclado';
  • Percorrer a lista na parte debaixo da janela.
  • Ao encontrar o item 'Tela cheia', dê um clique na coluna 'Tecla de atalho', ao surgir um campo em branco, pressione simultaneamente as teclas <Shift> e <F11>.
  • Ao encontrar o item 'Conteúdo' (último item), pressione simultaneamente as teclas <Shift> e <F1>.

Com estes procedimentos, as teclas F1 e F11 podem agora ser utilizadas normalmente pelo software de mainframe.

Porém, se você já testou e verificou que a tecla F10 continua com o mesmo comportamento de antes (pelo menos no Ubuntu 11.10) e aí, o que fazer?

Como eu disse antes, para todo problema há solução. A questão é que, às vezes, a solução não é simples. Portanto, se o F10 não é tão importante para você e você não quer encarar complicações, pule o item seguinte. Caso contrário, vamos em frente.
Página anterior     Próxima página

Páginas do artigo
   1. Introdução
   2. Obtendo, instalando e acessando
   3. Melhorando a aparência e Teclas de função
   4. Problema da tecla F10, Manual e Finalização
Outros artigos deste autor
Nenhum artigo encontrado.
Leitura recomendada

Instalando o Linux Fedora 8 no Notebook Positivo v53

Personalizando um live CD e bootando-o diretamente do Grub

Desktop Debian/Ubuntu

DHCP no GNU/Linux - Guia para ISC-DHCP Server

Diferentes áreas de trabalho com diferentes wallpapers

  
Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 07/12/2011 - 11:56h

Ótima informação. Já utilizei muito o c3270, tenho alguns mainframes em produção e esta ferramenta é uma "mão na roda".

Valeu pela informação.

[2] Comentário enviado por Gui.ThCarlos em 07/12/2011 - 12:11h

Muito bom esse artigo! Uso ambiente de mainframe em ambiente de desenvolvimento (infelizmente não tenho autorização para usar fora da empresa) mas posso usar um ambiente público e isso vai ajudar muito!


Contribuir com comentário