[AJUDA] Me sinto preso ao passado usando Ubuntu.

1. [AJUDA] Me sinto preso ao passado usando Ubuntu.

Ataide Santos
atayide

(usa Ubuntu)

Enviado em 10/08/2019 - 12:20h

Galera sou novo aqui, já acompanhava o fórum no modo lurker

Bom, não sei se é só comigo mas me sinto preso ao passado estando no Ubuntu... Muitos pacotes no Ubuntu estão em versões bem antigas na LTS. Eu não sou adepto da modernidade do snap e flatpak (me causaram muito problemas por isso os evito) e usando um HD demora muito pra abrir os programas, não seguem os temas, deixam meu boot lento (os snaps) etc...
O problema é que eu queria ter os pacotes mais atualizados. Meu GIMP tá numa versão bem antiga, no meu LibreOffice idem. Algumas coisas você até consegue atualizar usando o snap e flatpak ou ficar baixando a última versão deb, mas as vezes causa problemas com dependências se for pacotes muitos novos. Outra coisa que me incomoda no Ubuntu é o freeze que eles dão no shell, o Gnome recebeu muitas melhorias e na LTS continua preso ao passado, desatualizado... Isso me incomoda pacas, queria ter as últimas versões do shell, com as correções de bugs já aplicadas.
Não quero ter que ir pra não LTS 19.04 que tá perto de morrer e depois ter que "formatar" pra instalar a próxima LTS. Sempre dá algum problema quando atualizo de uma nao LTS para uma LTS ou de uma LTS pra outra e há quem chame o o Ubuntu de estável... Queria que não existissem versões e fosse atualizando direto sem ter essa forçação de barra. O que me sugerem?
Quando eu usava o Windows sempre usava as últimas versões dos aplicativos. Nunca tive que baixar uma versão antiga por causa de medo de perder a estabilidade ou quebrar o sistema, dá BSOD (usam muita essa desculpa) para ficarem usando pacotes antigos no Linux. Mas acho que, se você fica muito preso a pacotes antigos, acaba perdendo as novidades, as mudanças e eu já tou meio fora da mulecada nutella que usa snap e flatpak pra tudo, imaginem então viver com pacotes antigos... É tipo querer usar Windows XP em 2019 alegando que é estável e funciona.
Eu acho que tá na hora de eu migrar pra outra distro e estou começando a me rebelar contra o modus operandi do Ubuntu - de uns tempos pra cá comecei com isso, essa birra infantiloide. Nunca me incomodei com isso, mas agora quero experimentar as novidades quando elas saem, independente de haver instabilidade (no Windows nunca tive isso, por que no Linux tem que ter)?! Será que o Linux é mais instável que o Windows e é preciso viver no passado pra ter uma aparente estabilidade?! Complicado.


  


2. Re: [AJUDA] Me sinto preso ao passado usando Ubuntu.

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 10/08/2019 - 12:47h

É muito ruim tentar comparar o Windows com os sistemas UNIX.

São totalmente diferentes... O modo de pensar é diferente.

Se você não liga para estabilidade, então baixa um Debian e usa o ramo
de testes ou instável, o SID...

Ou, mais estável um pouco, quem sabe, é o Manjaro, e daí você terá que aprender
a usar os repos do AUR e ter tempo disponível...

Se não houver nada de específico, uma função de um programa, que você precisa,
eu não vejo o porque se preocupar com as últimas versões...

O Firefox por exemplo, sempre está sendo atualizado , independente da distro, o Libre office
você consegue instalar o libreoffice-fresh ou invés de libreoffice-still...
Quanto ao Bash, você quer estabilidade? Melhor não usar as últimas versões a não ser que exista
um bug ou uma função importante... Se quer algo mais novo que o Bash, instale o ZSH !!!
Kernel?? Rapaz, pode dar tantos problemas...
Não gosta do X? Mude para o Wayland, moderníssimo (e com alguns problemas)!
Quem sabe usar um gerenciador de arquivos clássico, útil e eficiente de verdade?
Abandonar esse Dolphin ou Nautilus e usar o ViFM ou o ótimo Midnight Commander...

O melhor seria você instalar o Arch.

O Bash tem 30 anos, o ed/vim 40 anos... O X é um dinossauro...
Eu não quero saber de nada mais moderno só por cosméticos..

Agora, voltando ao Windows e a questão de compatibilidade..
O Windows é realmente muito compatível, ele é compatível com tudo mesmo!
Até é autoretrocompatível com versões anteriores... Mas isso tem um preço!

Porém é um sistema muito velho no sentido que as pastas com APIS e binários
de 16 e 32 bits e de 64 são uma Bagunça no Windows,..
Eles não tem coragem de jogar o código antigo fora, por isso tem tantas
vulnerabilidades, códigos arcaicos...


Tem um monte de livarias de 16-bit em dlls como user32.dll
e APIS de 16-bit também, na pasta System32\kernel32.dll !
https://en.wikipedia.org/wiki/Windows_API


Folder name Bitness Description
System32 64 Windows System folder (system directory) for 64-bit files
SysWOW64 32 Windows System folder (system directory) for 32-bit files
Program Files 64 Folder for 64-bit program files
Program Files (x86) 32 Folder for 32-bit program files

https://www.samlogic.net/articles/32-64-bit-windows-folder-x86-syswow64.htm

Qualquer sisteminha Linux hoje em dia é bem mais Moderno cara, não se engane!
O Ubuntu mesmo quase largou APIs de 32-bit, mas resolveu manter por mais uns anos
por causa dos gamers do Steam..


3. Re: [AJUDA] Me sinto preso ao passado usando Ubuntu.

Clodoaldo Santos
clodoaldops

(usa Linux Mint)

Enviado em 10/08/2019 - 13:16h

Deixa Ubuntu de lado...Fica com Windows...Ou ... Teste outro Linux como Fedora ou Manjaro... Só não pode ficar de mimimi



4. Re: [AJUDA] Me sinto preso ao passado usando Ubuntu.

Paulo Jr
Pebis

(usa Debian)

Enviado em 10/08/2019 - 13:37h


openSUSE Tumbleweed

"Tumbleweed
Qualquer usuário que deseja ter os pacotes mais recentes que incluem, mas não são limitados a, kernel Linux, SAMBA, git, áreas de trabalho, aplicativos de escritório e muitos outros pacotes, irá querer o Tumbleweed. O Tumbleweed atrai usuários avançados, desenvolvedores de software e contribuidores do openSUSE. Se você quer os softwares mais recentes e um ambiente de desenvolvimento independente ou necessita de uma plataforma estável próxima do mais recente em Linux, o Tumbleweed é a melhor escolha pra você."


5. Re: [AJUDA] Me sinto preso ao passado usando Ubuntu.

Clodoaldo Santos
clodoaldops

(usa Linux Mint)

Enviado em 10/08/2019 - 15:07h

Larga mão do Linux e fica com Windows
Use que te agrada e que atende suas necessidades
Ninguém é obrigado a usar X ou Y





6. Re: [AJUDA] Me sinto preso ao passado usando Ubuntu.

Paulo
Pigarro

(usa Arch Linux)

Enviado em 10/08/2019 - 15:33h

Bom, não sei se é só comigo mas me sinto preso ao passado estando no Ubuntu... Muitos pacotes no Ubuntu estão em versões bem antigas na LTS. Eu não sou adepto da modernidade do snap e flatpak (me causaram muito problemas por isso os evito) e usando um HD demora muito pra abrir os programas, não seguem os temas, deixam meu boot lento (os snaps) etc...
Não só para você, para mim também e no meu caso o snapd foi muito mais problemático.

O problema é que eu queria ter os pacotes mais atualizados. Meu GIMP tá numa versão bem antiga, no meu LibreOffice idem. Algumas coisas você até consegue atualizar usando o snap e flatpak ou ficar baixando a última versão deb, mas as vezes causa problemas com dependências se for pacotes muitos novos. Outra coisa que me incomoda no Ubuntu é o freeze que eles dão no shell, o Gnome recebeu muitas melhorias e na LTS continua preso ao passado, desatualizado... Isso me incomoda pacas, queria ter as últimas versões do shell, com as correções de bugs já aplicadas.
Infelizmente o gnome-shell vai se manter parado no tempo (i.e. não se atualizará) até a próxima LTS. Em relação aos drivers, pacotes/programas e kernel, você poderá atualizar para versões mais recentes mesmo dentro do Ubuntu.

Não quero ter que ir pra não LTS 19.04 que tá perto de morrer e depois ter que "formatar" pra instalar a próxima LTS. Sempre dá algum problema quando atualizo de uma nao LTS para uma LTS ou de uma LTS pra outra e há quem chame o o Ubuntu de estável... Queria que não existissem versões e fosse atualizando direto sem ter essa forçação de barra. O que me sugerem?
Uma distro rolling release seria uma boa opção pra ti, já que você quer "tudo" atualizado, inclusive o shell.

Quando eu usava o Windows sempre usava as últimas versões dos aplicativos. Nunca tive que baixar uma versão antiga por causa de medo de perder a estabilidade ou quebrar o sistema, dá BSOD (usam muita essa desculpa) para ficarem usando pacotes antigos no Linux. Mas acho que, se você fica muito preso a pacotes antigos, acaba perdendo as novidades, as mudanças e eu já tou meio fora da mulecada nutella que usa snap e flatpak pra tudo, imaginem então viver com pacotes antigos... É tipo querer usar Windows XP em 2019 alegando que é estável e funciona.
Windows funciona diferente do Linux. Não compare. Ubuntu não preza tanto por estabilidade assim, a estabilidade vem como consequência do fato de ser uma LTS, mas de longe o Ubuntu é a distro mais estável, diria que o Debian, o CentOS e RHEL são superiores nesse quesito. Se você quer está sempre a par das novidades, o ideal é utilizar uma distro rolling release como Debian Unstable, Arch Linux, openSUSE Tumbleweed são opções. Você não é obrigado a usar snap ou/e flatpak, claro que, não podemos negar que o Ubuntu empurra os snaps e até instala aplicações core do sistema como snap.

Eu acho que tá na hora de eu migrar pra outra distro e estou começando a me rebelar contra o modus operandi do Ubuntu - de uns tempos pra cá comecei com isso, essa birra infantiloide. Nunca me incomodei com isso, mas agora quero experimentar as novidades quando elas saem, independente de haver instabilidade (no Windows nunca tive isso, por que no Linux tem que ter)?! Será que o Linux é mais instável que o Windows e é preciso viver no passado pra ter uma aparente estabilidade?! Complicado.
Não é birra, é questão de gosto. Você prefere algo mais atualizado, logo Ubuntu não serve para você! Distribuições existem para todos os gostos, ninguém é obrigado a usar apenas o Ubuntu.
As distros Linux funcionam diferente do Windows, não faça tais comparações. Em relação a estabilidade, novamente, ela não é o fato principal, ela vem justamente pelo fato de ser uma LTS. O longo tempo de suporte que traz a estabilidade, com o tempo. Eu indicaria o Manjaro por ser user-friendly e não tão manual quanto o Arch, mas é questão de gosto pessoal. Já te dei algumas dicas, agora depende de você escolher a melhor opção.


7. Re: [AJUDA] Me sinto preso ao passado usando Ubuntu.

Andre (pinduvoz)
pinduvoz

(usa Debian)

Enviado em 10/08/2019 - 15:45h

Não vejo muita opção para o que você quer.

Já falaram no OpenSuse Tumbleweed e em Debian instável ou SId,

Para usar como rolling, o Sid, muitas vezes, "não rola". E o Debian teste, que serve para usar como rolling, não usa pacotes tão novos assim. Portanto, talvez a resposta seja mesmo o Tumbleweed. Experimente e veja se você gosta dele.


__________________________________
Linux Registered User nº 439378
Ubuntu Forum Member Since Nov/07/2006
VOL Member SInce Jul/01/2008



8. Re: [AJUDA] Me sinto preso ao passado usando Ubuntu.

Stanislaus K
StanislausK

(usa FreeBSD)

Enviado em 10/08/2019 - 15:48h

Ola,

"quero experimentar as novidades quando elas saem"

use o Arch Linux e seja feliz:

https://www.archlinux.org/download/

o que não falta são tutoriais ensinando como instalar essa distro (comunidade é grande e bem ativa)... não é dificil instalar, mas trabalhoso... boa estabilidade... sempre com as últimas novidades... é a distro em que as novidades sempre aparecem primeiro... é uma distro rolling release... recomendo.


9. Re: [AJUDA] Me sinto preso ao passado usando Ubuntu.

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 10/08/2019 - 16:30h

Acredito que uma escolha interessante seria o Tumbleweed, pacotes novos e estáveis.


10. Re: [AJUDA] Me sinto preso ao passado usando Ubuntu.

Vel
BrotherVel

(usa Debian)

Enviado em 10/08/2019 - 23:19h

Como ter um sistema estável e ao mesmo tempo usar os pacotes mais novos?
Este é o sonho de consumo, por isso que todos indicam o opensuse tumbleweed, ou Manjaro.
Mas se vc já está acostumado com o modos operandi ubuntu/debian de viver e não quer se aventuirar pelo mundo Debian testing/unstable, sugiro o Debian stable com o repositório Backports por padrão.

Há anos que uso assim.
Não é difícil.Só precisa configurar a "sources.list" (que a grande maioria dos usuários Debian fazem) e criar uma "apt.conf".
É mais fácil do que se adaptar a outra distro/base.
Vou mandar alguns artigos para vc entender, mas se quiser testar e precisar de alguma ajuda (para criar a sources e colocar o repositório como padrão), estamos aqui.

https://linuxdicasesuporte.blogspot.com/2019/04/habilitar-o-repositorio-backports-no.html
Mais um exemplo (se refere ao Debian Streth, ou seja o anterior, mas dá p vc entender). basicamente vc teria que substituir o nome "stretch", por "buster".
Veja os tópicos HABILITANDO O BACKPORTS e APT.CONF…
https://edpsblog.wordpress.com/2017/08/27/how-to-debian-stretch-pos-instalacao/

Vlw




11. Re: [AJUDA] Me sinto preso ao passado usando Ubuntu.

Bruno Sousa
N1vBruno

(usa Manjaro Linux)

Enviado em 11/08/2019 - 12:52h

O que você procura é uma distribuição rolling release. Distribuições point releases como Ubuntu, Debian Stable, Mint etc. costumam ter os pacotes mais antigos, só atualizando após um ciclo (2 anos no caso do Ubuntu).
Recomendo o Manjaro e o OpenSuse Tumbleweed.
Há distribuições como o Fedora e o Debian Testing que, embora sejam point release, tem os pacotes mais atualizados, mas você terá que fazer o upgrade para a versão seguinte como no Ubuntu.


12. Ubuntu/debian

Wesley Sidney
w35l3y

(usa Fedora)

Enviado em 11/08/2019 - 16:00h

o que vc quer vai totalmente contra a ideia do debian, o ubuntu é baseado no debiam pela mesma razão do debiam existir, e a razão é a estabilidade, o debian mantem pacotes antigos e bem testados mas que funcionam muito bem sem travamentos, no linux quase tudo é inacabado por isso as coisas demoram para terem todos os bugs encontrados e corrigidos, a proposta do debian la no primórdio era usar somente pacotes exaustivamente testados e corrigidos, as grandes distros, cada uma seguia um principio, se vc quer uma distro grande que fique sempre atualizada deveria usar o fedora, a ideia do fedora surgiu quando a redhat se tornou paga, então laçaram o fedora para continuar o red hat gratuito com lançamentos de 6 em 6 meses usando o que existir de mais moderno somente software open source. no fedora vc não fica sem update, mais tbm ... pode esquecer a estabilidade do ubuntu... coisas estranhas vão acontecer o tempo todo...



01 02



Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts