Vendas do Vista: Propaganda falsa/enganosa

1. Vendas do Vista: Propaganda falsa/enganosa

Rodrigo Ferreira Valentim
engos

(usa openSUSE)

Enviado em 31/07/2008 - 12:12h

Confesso que odeio quando vejo debates de distros ou sistemas operacionais, mas esse artigo da HP me chamou a atenção, pois eles estão dando uma justificativa do motivo do Vista estar "crescendo em vendas":

http://apcmag.com/xp_still_killing_vista_in_sales_volume_hp.htm


Resumindo, a HP está vendendo os micros com o XP instalado, mas com a licença do Vista, sendo assim a Microsoft conta como venda o Vista, já que eles contam por licença e não pela venda em si do sistema operacional. Isso deve continuar a acontecer até Janeiro de 2009, sendo que a HP já está negociando para ampliar esse prazo...


Realmente parece que limite é algo inexistente na Microsoft para alavancar o Vista.


  


2. "VERDADE RELATIVA"

Sergio Teixeira - Linux User # 499126
Teixeira

(usa Linux Mint)

Enviado em 31/07/2008 - 12:32h

Não posso dizer que essa atitude seja normal ou mesmo ética.

A ética parece ter passado ao longe de Redmond por muitos e muitos anos, em benefício de uma sempre aplaudida "agressividade de marketing".

Mas eu já conheço essa história de outros carnavais.

Por aqui, na época da "reserva de informática" (quem se lembra?) havia uma certa empresa estatal fabricante de hardware que era dessa mesma forma campeã absoluta de vendas:

Faturava para outras empresas estatais e para órgãos do governo quantidades imensas de computadores, que no entanto permaneceram em suas embalagens originais "ad aeternum".

Assim é mole.






3. Re: Vendas do Vista: Propaganda falsa/enganosa

Alberto Federman Neto.
albfneto

(usa Sabayon)

Enviado em 31/07/2008 - 12:47h

Puxa Engos... Trambique para dizer que venderam "Vista"...
Sinal de que não estão vendendo tantas cópias de Vista assim....
Deve ser uma estratégia de Marketing para driblar aquela reclamação da Intel, que diz que Vista...
não funciona legal!


4. Re: Vendas do Vista: Propaganda falsa/enganosa

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 31/07/2008 - 12:52h

As grandes corporações não têm nenhum escrúpulo, isso virou até tema de documentário. Coisas como esta, são café pequeno. Imagine aquilo que não vêm à tona.

Costumo dizer que "pessoa jurídica não vai para o céu, mas tem lugar cativo no inferno". O documentário ao qual me referi chama-se "Corporate", e está na rede P2P. Tem lá duas histórias que ilustram bem isso. A primeira envolve a Nike, que em El Salvador pagava 1/3 de centavo de US dólar para cada peça produzida. Imaginem, é o mesmo que dividir menos de dois centavos de real por três, e pagar para um ser humano produzir um bem de consumo da pessoas ricas. É pior que escravidão.

O outro, não menos absurdo, refere-se a privatização dos serviços de fornecimento de água na Colômbia. A companhia estrangeira, além de aumentar o preço da tarifa a níveis extorsivos, fez com que o governo tornasse ilegal retirar água de poços artesianos, cisternas e até mesmo de coletar água da chuva para fins de consumo. Privatizaram a chuva.

Sei que está fora do escopo do assunto lançado, mas, como diz o ditado, "é tudo farinha do mesmo saco".






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts