Tela preta ao iniciar o sistema

1. Tela preta ao iniciar o sistema

Mateus Fortunato Berwanger
Ferox

(usa Linux Mint)

Enviado em 08/12/2019 - 10:52h

Bom dia! Estou tendo problemas sempre que inicia o Linux Mint: A tela do monitor principal fica preta, enquanto a do monitor secundário exibe perfeitamente o papel de parede.
Eu utilizo a um bom tempo o recurso "iGPU multi-monitor" da minha placa-mãe, onde eu conecto o monitor secundário no vídeo on-board e o principal no off-board. Isso têm funcionado sem nenhum problema, mas recentemente começou a iniciar com o monitor principal em tela preta. Se eu desconecto e conecto o monitor novamente, ele volta ao normal, porém não quero precisar fazer isso sempre que iniciar o PC, pois sei que assim posso acabar desgastando as conexões.
Os dois monitores são VGA. O secundário eu ligo diretamente na saída VGA da placa-mãe, enquanto o principal eu utilizo um adaptador HDMI-VGA que está ligado na placa de vídeo.
O problema começou depois que eu habilitei o "Force full-composition pipeline" no painel de controle da NVIDIA. Mas se eu desabilito esse recurso, o sistema fica com Screen Tearing que atrapalha bastante. Algo que só têm acontecido comigo no MATE, em outras interfaces que utilizei (XFCE, Cinnamon), isso nunca aconteceu.

Então, alguém sabe resolver este problema sem precisar desabilitar o "Force full-composition pipeline"? Desde já agradeço.


  


2. Re: Tela preta ao iniciar o sistema

augusto
marimbondo

(usa Outra)

Enviado em 08/12/2019 - 12:07h

Todas essas opções que não estão habilitadas por padrão para o seu modelo/marca de GPU, é por que tem graves problemas de estabilidade.
Você está nadando contra a corrente. Qualquer solução seria uma gambiarra e sem garantias de continuar funcionando.
Para resolver o seu problema é só retirar essa opção "Force full-composition pipeline". Opções de Force são um desastre se você não sabe o que está fazendo.

Screen tearing ocorre por causa do Compositor do seu ambiente de trabalho. Você pode mudar seu Compositor, ou o Gerenciador de Janelas do seu ambiente de trabalho, se este permitir. Ou se não, pode tentar outro ambiente de trabalho.

Eu uso o XFCE e o gerenciador de janelas dele. Mais precisamente o componente de Composição de efeitos e tal, tem graves problemas com tearing.
A alternativa é instalar o Compton ou o Picom, por enquanto, e desabilitar a Composição do XFWM4 (o gerenciador de janelas do XFCE4). Existem outras soluções sim, até tenho um cartão da NVIDIA e rodo o Firefox nele, mas tudo que é da NVIDIA dá muito trabalho e não funciona 100%.

Fuck NVIDIA.

Um método que eu sempre vi, mas nunca cheguei a testar é configurar o NVIDIA no servidor do X (no xorg.conf).
https://wiki.archlinux.org/index.php/NVIDIA/Troubleshooting#Avoid_screen_tearing


Tem também um pacote que eu rodei esses tempos, foi o 'nvidia-xconfig' que me ajudou, mas eu estava resolvendo outros problemas que não tem a ver com tearing. Esse pacote gera um arquivo /etc/X11/xorg.conf mas depois eu tive que ajustar os drivers manualmente para ele fazer login e não ficar na tela preta do X.


3. Re: Tela preta ao iniciar o sistema

Mateus Fortunato Berwanger
Ferox

(usa Linux Mint)

Enviado em 12/12/2019 - 13:51h

marimbondo escreveu:

Todas essas opções que não estão habilitadas por padrão para o seu modelo/marca de GPU, é por que tem graves problemas de estabilidade.
Você está nadando contra a corrente. Qualquer solução seria uma gambiarra e sem garantias de continuar funcionando.
Para resolver o seu problema é só retirar essa opção "Force full-composition pipeline". Opções de Force são um desastre se você não sabe o que está fazendo.

Screen tearing ocorre por causa do Compositor do seu ambiente de trabalho. Você pode mudar seu Compositor, ou o Gerenciador de Janelas do seu ambiente de trabalho, se este permitir. Ou se não, pode tentar outro ambiente de trabalho.

Eu uso o XFCE e o gerenciador de janelas dele. Mais precisamente o componente de Composição de efeitos e tal, tem graves problemas com tearing.
A alternativa é instalar o Compton ou o Picom, por enquanto, e desabilitar a Composição do XFWM4 (o gerenciador de janelas do XFCE4). Existem outras soluções sim, até tenho um cartão da NVIDIA e rodo o Firefox nele, mas tudo que é da NVIDIA dá muito trabalho e não funciona 100%.

Fuck NVIDIA.

Um método que eu sempre vi, mas nunca cheguei a testar é configurar o NVIDIA no servidor do X (no xorg.conf).
https://wiki.archlinux.org/index.php/NVIDIA/Troubleshooting#Avoid_screen_tearing


Tem também um pacote que eu rodei esses tempos, foi o 'nvidia-xconfig' que me ajudou, mas eu estava resolvendo outros problemas que não tem a ver com tearing. Esse pacote gera um arquivo /etc/X11/xorg.conf mas depois eu tive que ajustar os drivers manualmente para ele fazer login e não ficar na tela preta do X.


Obrigado pela resposta! Demorei um pouco para responder, mas vamos lá...
Bom, eu entendo que o problema do Screen Tearing está ligado ao MATE, que por padrão vem com o Marco. Tentei testar as outras opções de janela disponíveis (Marco + Compton; Marco + Compositing; Metacity; Metacity + Compton; Metacity + Compositing; e até mesmo o Compiz). Nenhum deles resolveu. Tentei também configurar o Compiz de acordo com os passo-a-passos que existem na Internet para remover Screen Tearing, porém o problema persiste.

Eu não tinha esse problema com Cinnamon, porém o Compositor do Cinnamon afeta no FPS em alguns jogos. XFCE é uma interface que não me agrada muito... A melhor alternativa seria voltar a usar Cinnamon, e achar uma maneira de desabilitar o Compositor, sem que este afete no desempenho de jogos.






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts