Mandriva a venda?

1. Mandriva a venda?

Reginaldo de Matias
saitam

(usa Slackware)

Enviado em 11/05/2010 - 16:47h

Mandriva estaria procurando um comprador para a empresa.

... A situação de fluxo de caixa descrita pelo Barrapunto e o MLO parece mesmo complicada: segundo eles, há recursos para pagar a próxima folha de pagamento, as despesas correntes com consultores e com as operações da filial brasileira, e era isso....

Fonte: http://br-linux.org/2010/mandriva-estaria-procurando-um-comprador-para-a-empresa/


  


2. Re: Mandriva a venda?

Sergio Teixeira - Linux User # 499126
Teixeira

(usa Linux Mint)

Enviado em 11/05/2010 - 17:14h

Espero que seja boato. E pela ordem natural das coisas, é mais fácil a corda se romper pelo lado EUROPEU da empresa, e não do lado brasileiro.
Vejamos: Se o lado brasileiro quebrasse, seria principalmente por alguma incompetência administrativa, já que a crise mundial nos pegou um tanto fortalecidos, ao contrário da Europa que está amargando imensos prejuízos.
Como a crise está calcada em mercados futuros baseados em "vapor", ou seja, sem consistência, vai demorar um bocado para as firmas de além-mar (as que sobreviverem) se aprumarem novamente.
Por aqui, a nossa ETERNA crise até está dando um descanso...
Mas enfim, tudo pode acontecer.
Já vi até o caso de uma conhecida multinacional que demitiu todos os seus funcionários de crença evangélica (centenas), tendo como base uma simples carta anônima.
Tem hora que evangélico é meio bocó: Ninguém botou a firma na justiça. E como diz o velho brocardo, "a Justiça não favorece aos que dormem".
No mundo corporativo por vezes é assim: Acontecem coisas sem a mínima razão de ser.
Mas acho que é como fogo em um campo de serragem: Existe e queima, mas não é visto nem percebido a tempo.
Até pode ser que haja algum fogo imperceptível queimando na Mandriva. Quem sabe?
Eu me considero muito mais um historiador do que um profeta.


3. Re: Mandriva a venda?

Sergio Teixeira - Linux User # 499126
Teixeira

(usa Linux Mint)

Enviado em 11/05/2010 - 18:14h

Tem hora que meu lado lusitano se manifesta (sou neto de portugueses):
Quem já viu estabelecimento de português antigo falir?
Pouquíssimos de nós.
Geralmente vão falir nas mãos dos filhos ou dos netos.
Mas as firmas mantidas/administradas/gerenciadas por tecnocratas (até mesmo de Harvard) fecham com muito mais facilidade de um momento para outro.
Será que português carvoeiro ou padeiro tem conhecimentos mais extensos que alguém que tenha completado seu curso universitário?
Certamente não, mas isso deixa algo em que pensar.
Hoje em dia está faltando sangue, vida, dedicação ao negócio próprio.
Os parentes só querem "trabalhar no Caixa", e muito raramente procuram conhecer a fundo o negócio que permite levar o leite para as crianças, e nem sequer pretendem aprender a segurar no leme com a competência necessária.
Por essa razão, uma corporação de grandes dimensões pode ser exatamente como o tal campo de serragem de meu post anterior.








Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts