Nova distribuição Linux

1. Nova distribuição Linux

Bilufe
bilufe

(usa KDE Neon)

Enviado em 23/01/2014 - 12:12h

Senhoras e senhores, eu lhes apresento uma nova distribuição do Linux.

Ela foi idealizada para leigos e pessoas iniciantes no Linux, permite instalar programas facilmente. Com esta nova distribuição do Linux você pode editar textos, fazer planilhas, apresentações de slides, navegar na internet, ler e enviar e-mail.

Além disto, quem gosta de jogos vai amar esta distribuição do Linux, pois nós incluímos o Steam em nossos repositórios! Além de centenas de jogos opensource já famosos e apreciados pela comunidade de software livre.

Uma experiência multimídia pronta para você, nosso instalador permite baixar os codecs e softwares restritos durante a instalação do sistema. Além disto, você pode instalar o VLC Media Player.

Selecionamos os melhores softwares livres para o seu desktop: LibreOffice, Totem, Rhythmbox, Mozilla Firefox, Mozilla Thunderbird e Transmission. Além deste, existem milhares de outros softwares livres em nossos repositórios, para você fazer o que desejar.

Baixe já gratuitamente:

Versão 64 bits: http://releases.ubuntu.com/saucy/ubuntu-13.10-desktop-amd64.iso
Versão 32 bits: http://releases.ubuntu.com/saucy/ubuntu-13.10-desktop-i386.iso

Teste, comente e contribua!


  


2. Re: Nova distribuição Linux

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 23/01/2014 - 12:53h

Devia colocar o netinstall...


3. Re: Nova distribuição Linux

Luís Fernando C. Cavalheiro
lcavalheiro

(usa Slackware)

Enviado em 23/01/2014 - 13:10h

bilufe escreveu:

Senhoras e senhores, eu lhes apresento uma nova distribuição do Linux.

Ela foi idealizada para leigos e pessoas iniciantes no Linux, permite instalar programas facilmente. Com esta nova distribuição do Linux você pode editar textos, fazer planilhas, apresentações de slides, navegar na internet, ler e enviar e-mail.

Além disto, quem gosta de jogos vai amar esta distribuição do Linux, pois nós incluímos o Steam em nossos repositórios! Além de centenas de jogos opensource já famosos e apreciados pela comunidade de software livre.

Uma experiência multimídia pronta para você, nosso instalador permite baixar os codecs e softwares restritos durante a instalação do sistema. Além disto, você pode instalar o VLC Media Player.

Selecionamos os melhores softwares livres para o seu desktop: LibreOffice, Totem, Rhythmbox, Mozilla Firefox, Mozilla Thunderbird e Transmission. Além deste, existem milhares de outros softwares livres em nossos repositórios, para você fazer o que desejar.

Baixe já gratuitamente:

Versão 64 bits: http://releases.ubuntu.com/saucy/ubuntu-13.10-desktop-amd64.iso
Versão 32 bits: http://releases.ubuntu.com/saucy/ubuntu-13.10-desktop-i386.iso

Teste, comente e contribua!


+1

To rindo horrores aqui


4. Re: Nova distribuição Linux

Bilufe
bilufe

(usa KDE Neon)

Enviado em 23/01/2014 - 13:16h

Pois é, o pessoal das refisefuquis tem até um texto padronizado que diz que a distribuição deles é o Linux perfeito, que vai permitir navegar na internet (surpreendente!), rodar o Steam (Oh que coisa de louco!), escutar música (como se antes isto não fosse possível), assistir a vídeos (é incrível, a primeira distribuição do Linux capaz de reproduzir vídeos!).

Pelo menos deveriam rever o texto padrão das refisefuquis e colocar os reais valores que a refisefuqui possa ter.


5. Re: Nova distribuição Linux

Luís Fernando C. Cavalheiro
lcavalheiro

(usa Slackware)

Enviado em 23/01/2014 - 13:32h

bilufe escreveu:

Pois é, o pessoal das refisefuquis tem até um texto padronizado que diz que a distribuição deles é o Linux perfeito, que vai permitir navegar na internet (surpreendente!), rodar o Steam (Oh que coisa de louco!), escutar música (como se antes isto não fosse possível), assistir a vídeos (é incrível, a primeira distribuição do Linux capaz de reproduzir vídeos!).

Pelo menos deveriam rever o texto padrão das refisefuquis e colocar os reais valores que a refisefuqui possa ter.


Desde quando uma refisefuquis tem um real valor?


6. Re: Nova distribuição Linux

Bilufe
bilufe

(usa KDE Neon)

Enviado em 23/01/2014 - 13:36h

Sugestão de novo texto padrão para os sites das refisefuquis:


Refisefuqui OS Linux versão Tabajara é um sistema operacional baseado em Linux cujo único mérito é lhe oferecer um papel de parede de acordo com os gostos do cantor brasileiro Latino. Venha aderir você também ao novo papel de parede da moda gay do momento.


7. Re: Nova distribuição Linux

Luís Fernando C. Cavalheiro
lcavalheiro

(usa Slackware)

Enviado em 23/01/2014 - 14:15h

bilufe escreveu:

Sugestão de novo texto padrão para os sites das refisefuquis:


Refisefuqui OS Linux versão Tabajara é um sistema operacional baseado em Linux cujo único mérito é lhe oferecer um papel de parede de acordo com os gostos do cantor brasileiro Latino. Venha aderir você também ao novo papel de parede da moda gay do momento.


Isso seria legal se os refisefuquers quisessem ser honestos...


8. Re: Nova distribuição Linux

Luis R. C. Silva
luisrcs

(usa Linux Mint)

Enviado em 23/01/2014 - 16:54h

Não é o que Linus diz:

http://www.hardware.com.br/artigos/entrevista-linus-torvalds/

Quarta pergunta.


9. Re: Nova distribuição Linux

Denilson Pereira
Denilson-Pereira

(usa Mageia)

Enviado em 23/01/2014 - 18:39h


DW: Você acha que é bom termos tantas distribuições? Deveria existir um esforço colaborativo para uma única distribuição "voltada para o novo usuário" ou os novos usuários é que têm que se acostumar com o "jeitão do Linux"?

LT: Não só acho que ter várias distribuições é algo bom, como acho que é absolutamente essencial! Temos centenas de distros, e muitas delas são para nichos de mercado. E você precisa disso, simplesmente porque mercados diferentes têm necessidades diferentes, e não há distro que atenda a todas elas.

Claro que muita gente diz "mas você precisa de várias distros para o mesmo mercado?" quando pensam no mercado de desktop convencional, e só se prendem na questão do openSUSE, do Fedora e do Ubuntu dividirem o mesmo espaço. Mas você tem as distribuições focadas em questões específicas (e a competição é sempre desejável), permitindo que os mercados decidam quais questões são as mais importantes.

Além disso, ter vários times em jogo mantém a honestidade de todos e permite compará-los. Pode parecer tudo meio bagunçado e complexo, mas eu acho bem melhor ter um sistema feito por vários grupos do que por um só. Mesmo que seja mais complicado.


Concordo com o Linus Torvalds; Eu já tava pensando no que colocar em favor de ter muitas distros, mas ele já disse uma parte do que eu pretendia dizer, claro que ele provavelmente disse melhor do que eu conseguiria. E complementando o que o Linus já disse eu adcionaria também o ganho de experiência que uma pessoa tem em fazer seu próprio Linux. Deve haver muita coisa que você mesmo imaginando não vá acertar tão fácil...

Me lembro de no passado ter lido um texto de uma senhora idosa, muito experiente em termos de linux que era tão entendida do assunto que resolveu fazer um Linux como o pessoal diz "do zero" embora não seja um do zero exato é claro; Ela achava que ia ser fácil com o seu nível de conhecimento, mas estava tendo muito trabalho porque tinha muita coisa que precisava configurar ela mesma e ela nem mesmo tinha imaginado que teria de fazer isso.

O que quero dizer é que com todo esse trabalho que a pessoa tem para fazer uma distribuição linux funcional, ou um "Linux do zero" perfeitamente funcional e com poucos erros, o mais provavel é que após ter o enorme orgulho de ter feito algo assim com o enorme trabalho que deu, ela sinta uma gigantesca vontade -- principalmente no caso do "Linux feito do zero" -- de disponibilizar esse Linux para ser usado.


10. Re: Nova distribuição Linux

Bilufe
bilufe

(usa KDE Neon)

Enviado em 23/01/2014 - 22:52h

Denilson-BR escreveu:


DW: Você acha que é bom termos tantas distribuições? Deveria existir um esforço colaborativo para uma única distribuição "voltada para o novo usuário" ou os novos usuários é que têm que se acostumar com o "jeitão do Linux"?

LT: Não só acho que ter várias distribuições é algo bom, como acho que é absolutamente essencial! Temos centenas de distros, e muitas delas são para nichos de mercado. E você precisa disso, simplesmente porque mercados diferentes têm necessidades diferentes, e não há distro que atenda a todas elas.

Claro que muita gente diz "mas você precisa de várias distros para o mesmo mercado?" quando pensam no mercado de desktop convencional, e só se prendem na questão do openSUSE, do Fedora e do Ubuntu dividirem o mesmo espaço. Mas você tem as distribuições focadas em questões específicas (e a competição é sempre desejável), permitindo que os mercados decidam quais questões são as mais importantes.

Além disso, ter vários times em jogo mantém a honestidade de todos e permite compará-los. Pode parecer tudo meio bagunçado e complexo, mas eu acho bem melhor ter um sistema feito por vários grupos do que por um só. Mesmo que seja mais complicado.


Concordo com o Linus Torvalds; Eu já tava pensando no que colocar em favor de ter muitas distros, mas ele já disse uma parte do que eu pretendia dizer, claro que ele provavelmente disse melhor do que eu conseguiria. E complementando o que o Linus já disse eu adcionaria também o ganho de experiência que uma pessoa tem em fazer seu próprio Linux. Deve haver muita coisa que você mesmo imaginando não vá acertar tão fácil...

Me lembro de no passado ter lido um texto de uma senhora idosa, muito experiente em termos de linux que era tão entendida do assunto que resolveu fazer um Linux como o pessoal diz "do zero" embora não seja um do zero exato é claro; Ela achava que ia ser fácil com o seu nível de conhecimento, mas estava tendo muito trabalho porque tinha muita coisa que precisava configurar ela mesma e ela nem mesmo tinha imaginado que teria de fazer isso.

O que quero dizer é que com todo esse trabalho que a pessoa tem para fazer uma distribuição linux funcional, ou um "Linux do zero" perfeitamente funcional e com poucos erros, o mais provavel é que após ter o enorme orgulho de ter feito algo assim com o enorme trabalho que deu, ela sinta uma gigantesca vontade -- principalmente no caso do "Linux feito do zero" -- de disponibilizar esse Linux para ser usado.


Aí existe diferença, pois fazer um novo trabalho voltado para a necessidade de um público é louvável e é este o motivo de existir o software livre. Mas pegar algo já pronto, trocar o nome e o tema para chamar de "minha distro" não é nada louvável.

Fazer um trabalho bom é difícil, por este motivo os refisefuqueiros preferem fazer remasterizações sem propósito, sem objetivo e adotam o texto padrão de centenas de remasterizações: o linux feito para leigos e pronto para uso.

Até consigo entender a existência de algumas remasterizações, como o Slax, UbuntUCA, mas a grande verdade é que a maioria das remasterizações não servem pra nada.

Sabe o motivo de todo mundo remasterizar o Ubuntu e o Debian? Eles oferecem uma facilidade enorme nisto, sendo possível gerar uma remasterização em poucas horas. Sabe o que as comunidades das refisefuquis fazem para demorarem tanto a lançar suas remasterizações? Eles ficam discutindo qual é o melhor papel de parede, o melhor tema, o melhor ambiente gráfico, se inclui 30 ou 29 editores de texto, qual vai ser o tamanho da ISO e coisas similares. Duvida? Tire suas próprias conclusões participando dos ffóruns das refisefuqui.


11. Re: Nova distribuição Linux

S.Lemos
sevrale

(usa KUbuntu)

Enviado em 24/01/2014 - 10:13h

bilufe: "...a grande verdade é que a maioria das remasterizações não servem pra nada."
Entre a minoria, quais as que servem...?


12. Re: Nova distribuição Linux

Luís Fernando C. Cavalheiro
lcavalheiro

(usa Slackware)

Enviado em 24/01/2014 - 10:18h

sevrale escreveu:

bilufe: "...a grande verdade é que a maioria das remasterizações não servem pra nada."
Entre a minoria, quais as que servem...?


Te respondo com exemplos. O Slackware nasceu como remasterização. O Ubuntu, idem. Slax, idem. E algumas outras, menos conhecidas.



01 02 03



Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts