Filosofia Kurumin

1. Filosofia Kurumin

Raimundo Carlos Silverio Freire Júnior
freirej

(usa KUbuntu)

Enviado em 14/07/2006 - 14:12h

Olá a todos,

apesar de ser um usuário iniciante no Linux, gostaria de colocar em discussão o que se poderia chamar de "filosofia Kurumin" e abrir um espaço para essa discussão.
Para ser mais claro, a principal idéia relacionada ao Kurumin é ser uma Dritibuição voltada para o publico que está iniciando o uso do linux, esta é a sua filosofia, e gostaria muito de pudessemos escrever textos que mostrem as vantagens e principalmente as desvantagens que uma pessoa leiga sentiria ao usar o Kurumin.

Vou começar com algumas dicas...

1) Apesar de ser extremamente simples o uso do apt-get para a instalação de novos programas no Kurumin, caso voce queira fazer isso sem acesso a internet, ou seja com os arquivos deb guardados em uma pasta, o processo se torna extremanete complicado (instalação do programa, instalação das bibliotecas do programa, instalação da bibliotecas das bibliotecas dos programas, etc)
2) Apesar ser simples a utilização do CD-ROM (existe um icone na área de trabalho para acessa-lo), não é tão visivel o seu uso no Konkeror, dificultando o uso para o usuário comum (poderia se criar um ícone em conjunto com as pastas home e raiz). Isso, independente do usuário ser leigo ou não, facilitaria as coisas.

A idéia dessa discussão é demonstrar aquilo que se pode melhorar dentro do Kurumin, incitando aqueles que gostam de fazer scripts a melhora-lo e também pode servir para análise futura pelo desenvolvedor.

Obrigado a todos.


  


2. Re: Filosofia Kurumin

Marcelo Cavalcante Rocha
kalib

(usa Arch Linux)

Enviado em 15/07/2006 - 08:54h

E aí freire..tranquilow!?

Na minha visão, a filosofia vai bem além do fato: "kurumin é bom para iniciantes".
Acredito que sua filosofia possua raizes bem mais profundas...primeiramente devemos sempre lembrar de quem a fez e mantém....somos nós..brasileiros...então é uma distro nacional que se encontra com um grande peso mesmo se comparando com as gringas.

A questão do apt, já não é culpa do kurumin em si...até porque não é criação do Morimoto....na verdade vem da Debian. O kurumin, por se basear nela, ajustou o apt..só isso...não acho que seja tão complicado como você diz para se instalar programas sem ter uma comexão...tendo os arquivos já no seu pc...até prefiro instalar normalmente sem o apt-get...nunca fui muito com a cara do apt-get pq ele acaba baixando coisas desnecessárias...tendo já os arquivos em uma pasta prefiro instalar assim:

# dpkg -i arquivo.deb
claro..se o arquivo já estiver compilado...caso contrário...vou compilando na mão mesmo...
# tar -xvzf arquivo.tgz
# cd arquivo
# ./configure
# make
# make install
e por aí vai..

Sobre as dependências...também não devemos culpar o Kurumin...afinal isso acontece no Linux em geral...não importando a distro...

Sobre o cdrom..não vejo também dificuldades com o kurumin...
Ele monta automaticamente....isso é legal e facilita bastante pra quem começa...e para desmontar existem ícones prontos na área de trabalho...como eu sempre deleto esses ícones...então eu simplesmente clico no ícone padrão de cdrom em "meu computador" com o botão direito do mouse: ações: desmontar
pronto...não vejo dificuldades...

Seja bem vindo ao mundo linux cara..boa sorte ;]


3. Re: Filosofia Kurumin

Raimundo Carlos Silverio Freire Júnior
freirej

(usa KUbuntu)

Enviado em 17/07/2006 - 16:13h

Gostaria de corrigir um erro, realmente a Filosofia do Kurumin não é ser voltada para inciantes, mas sim, além de outros pontos favoráveis, ser uma distribuição fácil de usar, (por isso acaba sendo a preferida de iniciantes, como eu :)). E a idéia que queria colocar aqui era tentar fazer com que ela se tornasse mais fácil do que é.

Obrigado pelas boa vindas.


4. kurumin power

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 20/07/2006 - 09:49h

Meu caros colegas de forum, apesar de muitos usuarios "avançados" meterem a lenha o kurumin dizendo que ele é distro de iniciantes, apenas pelo fato do sistema tetectar o hardware e startar os modulos, e deichar pronto pro user,(na maioria das vezes) apesar de usar o linux a algum tempo, não pretento deichar de usar o kurmin pra usar distros como slackware ou mandrake nao por nao saber configurar da forma que quero o sistema mais por ja ter uma afinidade com o kurumin. a ideia de que o kurumin só´serve pra desktops é mais erronia do que parece.
pra min a filosofia do kurumin é versatilidade e desempenho.
duas palavras que caem bem tanto em desktops e servidores.


5. Re: Filosofia Kurumin

Trorram
Trorram

(usa Debian)

Enviado em 11/08/2006 - 11:31h

Brother o Kurumin nao tem como finalidade ser apenas facil, ele tem um publico alvo, e este publico sao pessoas que nao querem digitar apenas clicar este publico e' o do Windows, facilidade praticidade fizeram dele a maior distro do mundo, com esta filosfia o kurumin ja esta entre a distro maiores do Brasil.


6. Re: Filosofia Kurumin

Fernando Dettoni
fdettoni

(usa Arch Linux)

Enviado em 11/08/2006 - 12:38h

"facilidade praticidade fizeram dele a maior distro do mundo, com esta filosfia o kurumin ja esta entre a distro maiores do Brasil."

Não entendi nada do que vc quis dizer. Qual é a maior distro do mundo? Kurumin?

Como eu sempre digo, toda distro é só pacotes onde vc faz o que quiser. Dizer que o kurumin não é feito para servidor é pelo fato de que nenhum administrador vai querer ter instalado em seu servidor o Gimp, Blender, e dezena de drivers(quando eu usava vinha isso e ainda assim cabia num mini-cd). Um administrador não instalar nem a parte gráfica no seu servidor, pois ele precisa ter controle sobre tudo o que está ali.

Quanto a filosofia do kurumin, eu acho ótima, tenho muito respeito pelo Morimoto, e acho que ele fez um ótimo trabalho. Faz algum tempo que não uso o kurumin mas a unica coisa que posso dizer que não gostei foi ele não caber mais num mini-cd. Eu tinha na minha carteira e já havia me salvado varias vezes.

[]'s


7. Re: Filosofia Kurumin

Eduardo
edusanaz

(usa Ubuntu)

Enviado em 25/08/2006 - 13:53h

Teve um cara que um dia disse: "640KB é suficiente para qualquer um!"...não vou dizer quem foi, mas se estivessemos presos a isso, ainda estariamos usando maquinas de escrever.O Kurumin, evoluiu e evoluirá como tudo no mundo da informática,tornando determinadas coisas muito mais dificeis de serem armazenadas.Ontem era a fita cassete,o disquetão,o disquetinho 1.44...hoje é Cd,DVD,Pen USB...amanhã só Deus sabe!Todo Linux é bom,pra mim um, proceis outro e praeles ainda outro...e assim vai.Linuxers do mundo uni-vos para acabar com bugs e tornar o Linux mais forte ainda!






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts