Partições do Linux

1. Partições do Linux

Juliano
jubatuba

(usa Linux Mint)

Enviado em 02/06/2008 - 10:25h

Oi Pessoal !!
Na instalação do Fedora 9 parei no Particionamento. Sei que tem que criar o Swap e o /, e que o Swap tem o dobro da memória, mas não sei quais partições precisam, o tamanho delas, etc.
vcs podem me ajudar nesse quesito ??
Obrigado



  


2. Re: Partições do Linux

Anderson de Sousa Pereira
Pianista

(usa Debian)

Enviado em 02/06/2008 - 10:36h

não entendi, você poderia ser mais direto..

se for o que eu entendi, que você quer saber o tamanho das partições que deve criar, isso é você quem define, aconselho uns 10GB pro fedora e o resto pra backup, se for isso.. espero a resposta! vlw! Abraço!


3. Re: Partições do Linux

Marcelo Cavalcante Rocha
kalib

(usa Arch Linux)

Enviado em 02/06/2008 - 10:41h

Qual será o tipo de instalação? Desktop? Servidor?
Se for servidor, você pode buscar na internet sobre "layouts de particões" pois existem partições que devem ser separadas por segurança e integridade do sistema como o /etc, /home..etc..
Mas se for desktop..não tem mta importância isso... apenas o home, caso você deseje, precisa estar separado... isso facilita futuras instalações..mas não é obrigatório...

Sobre a swap...não necessariamente precisa ser o dobro da ram... isso era recomendado quando o padrão de memória era baixo..hoje em dia as memórias estão maiores... é aoncselhado o dobro quando se tem até 512 megas de memória..se vc tiver um giga por exemplo... não precisa colocar dois gigas de swap.. um giga está bom demais já..e assim por diante..

Afinal de contas a swap é um auxílio para sua memória.. apenas para o caso de ela estar sendo totalmente consumida.

[]'s


4. Re: Partições do Linux

Anderson de Sousa Pereira
Pianista

(usa Debian)

Enviado em 02/06/2008 - 10:46h

AVISO: a dica que eu dei foi para um desktop.. caso seja um servidor siga as instruções acima do kalib..

PS: caso não seja o que você está procurando, refaça a pergunta e seja mais direto! Good luck!
VALEW!


5. Mitos e verdades

Rodrigo Ferreira Valentim
engos

(usa openSUSE)

Enviado em 02/06/2008 - 11:15h

O mais importante é você entender o esquema de partições e os motivos de cada uma, assim você mesmo pode ser capaz de distribuir da forma como preferir.

Primeiramente você tem que entender que cada partição vai ocupando da parte externa do disco (mais rapida) para a parte interna do disco (mais lenta), sendo assim as primeiras partições devem ter um desempenho ligeiramente melhor.

Sabendo-se disso, recomendo que você crie primeiramente a partição /boot, sendo que para cada versão de kernel você precisa de uns 20Mb (menos pra ser exato, mas é sempre bom trabalhar com folga), sendo assim quando você fizer um update vai ficar com mais uma, por isso recomendo algo em torno de 50Mb a 100Mb (caso queira manter mais de uma versão e prevendo que futuramente eles podem ficar maiores).


Em seguida é bom criar a SWAP, pois se você precisar dela, quanto mais rapido ela for, melhor. Detalhe sobre ela, antigamente se falava que ela tinha que ser o dobro com a desculpa de era devido a pouca quantidade que os computadores tinham por padrão, sendo assim isso hoje seria desnecessário. Isso é um mito devido ao uso dela ocorrer quando a memória principal (RAM) precisar de mais espaço, como fisicamente não vai existir na RAM, ela vai usar a SWAP que fica no disco. Sendo assim, supondo que você esteja usando 100,001% da RAM, ou seja, os 0,001% (ou mais) estão na SWAP, caso ocorra algum problema no gerenciamento (o que acontece e muito com Debian 5 e SID, por exemplo) e a RAM precise ser reinicializada (o que no Windows era a tela azul da morte e hoje em dia é quando fica muito lento e precisa de boot), o Linux despeja todo o conteudo da RAM na SWAP, sendo assim se você estiver usando o 0,001% (ou mais) de SWAP, vai ser impossível disso acontecer e seu micro vai travar, por essa razão você sempre deve manter a SWAP com o dobro do tamanho da RAM, mesmo que você tenha Gigas e mais Gigas de RAM.


Continuando, depois você vai colocar a partição mais usada, que normalmente é a / (normalmente pois em caso de servidores poderia ser a /var/www. /var/mail, /var/lib/mysql etc). O tamanho em servidores são de 256Mb por usuário (normalmente, já que ficaria pouca coisa aqui e muita numa área comum), em desktop o máximo possível.


É bom inclusive você separar o / de /home, mas só faça isso quando souber quanto disponibilizar de espaço para cada uma delas.


Se for servidor você pode criar outras, como /usr, /var, /var/www, /var/lib/mysql etc, lembrando que o tamanho vai depender de acordo com o servidor que você for montar.


E a ultima de todas sempre vai ser a /tmp, a menos usada normalmente e quando usada bem pouco. Nela sempre desabilite a opção de execução (a maioria das distros tem como fazer isso na instalação, na parte de opções, detalhes etc), o motivo disso é que nela qualquer coisa pode ser jogada por qualquer um, sendo assim ela é considerada a partição "porta de entrada" para invasores e malwares em geral. Aqui normalmente eu deixo o espaço para um pouco mais de um DVD (cerca de 6Gb), para caso eu queira fazer algum backup ou coisa do tipo, assim uso essa partição, mais isso é bem pessoal e você pode deixar o tamanho que desejar, mas deixe ao menos uns 100Mb para mais.


Agora que você já entende melhor, você pode analisar e escolher sua forma de particionar e determinados tamanhos.


[]s


6. Partições do Linux

Edwal F. Paiva Filho
nicolo

(usa Ubuntu)

Enviado em 02/06/2008 - 11:36h

BEM SIMPLES
Numa instalação simples você precisa de pelo menos 15 Gb para o / e o dobro da memória para o Swap.
COMPLICANDO
Tem gente que separa os dois grandes diretórios do Linux o /home e o /usr, o / e o swap, cada um em uma partição.
Nesta caso pode encolher o / para uns 8 Gb e o /usr para uns 8 Gb e o /home a gosto, mas não pode ter menos de 5 Gb.
O /home pode ser numa partição lógica o / tem que ser partição principal.
Se você está començando use o método simples, deixe para complicar mais tarde.


7. Agradeço

Juliano
jubatuba

(usa Linux Mint)

Enviado em 12/06/2008 - 12:58h

Pessoal. brigado pelas dicas. Li bastante sobre partições ... agora vou desbravar + um pouco.
Vlw
Juliano


8. Re: Partições do Linux

Vitor Ribeiro de Souza
vitor.jjb

(usa Slackware)

Enviado em 12/06/2008 - 13:17h

Kra. nao li as outras repostas. toma a minha:

Swap = Metade da sua memória Física

Partições, Sempre crio mais ou menos assim, seguindo a fhs, uma partição para /home para arquivos pessoais, /var para informações consideraveis sobre o sistema caso alguma queda, /opt para programas opcionais por vc instalado no sistema., assim, mesmo que vc tenha que reinstalar o sistema, seus arquivos continuam lá.:

/
/home
/var
/opt


Abraços,
Vitor Ribeiro






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts