Linux: sonho ou realidade:

1. Linux: sonho ou realidade:

josesvaldo vanderson raimundo jose da silva
Josesvaldo

(usa Big Linux)

Enviado em 15/01/2009 - 01:56h

Gostaria que alguém tivesse bons argumentos para me convencer que Linux é melhor que windows ou que o sistema operacional Mac. Por minha experiencia aqui em minha cidade onde domo jegues, já usei os dois sistemas operacionais para cadastrar meus jegues domados e não domados. Agora tentei migrar para o Linux por ter sua própria filosofia (até interessante, mas não prática), mas para minha decepção me deparei com um sistema dificil de operar, dificil de instalar, dificil de fazer funcionar tudo o que o computador oferece, vive dando pau e a tela fica preta e tem que reiniciar (coisa que meu velho windows não fazia mais há anos) e um visual um tanto tosco se comparado ao Mac. Pensei que seria um sistema prático, acessível a todos e que mesmo que não oferecesse o glamour de ter um Mac Book Pro ou um Sonny Vayu, e que mesmo que tivesse um visual um pouco tosco, que pelo menos seria mais eficiente que o Windows (porque mais que o Mac com certeza não é) e que melhorasse a performance da máquina. Decepção total. Me deparei com um sistema que é para nerds de plantão, para gente que respira e vive isso e não para simples mortais como eu que sou apenas um domador de jegues. Com certeza Bill Gates e Steve Jobs ficaram milionários, mas permitiram o acesso ao mundo da computação para os simples mortais e hoje um sistema operacional Windows é super estável, faz o computador funcionar perfeitamente e em uma linguagem super fácil enquanto que o Linux é para universitários, gente que pode estudar e se enfia horas no seu mundinho virtual. Acordem para a realidade meus amigos, enquanto não houver organização e investimento nos níveis que Microsoft e Aple fazem, jamais haverá possibilidade do Linux concorrer com a eficiência dessas duas grandes potências.


  


2. Re: Linux: sonho ou realidade:

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 15/01/2009 - 02:10h

É Sony Vaio,
não Sonny Vayu ....




3. Re: Linux: sonho ou realidade:

Isaque Vieira de Sousa Alves
isaque_alves

(usa Ubuntu)

Enviado em 15/01/2009 - 02:31h

Velho, só pra constar, não há argumentos contra a experiência... se você guarda uma má lembrança do sistema, qualquer argumento que tentemos esboçar, serão rejeitados por você sem nenhuma dor de consciência, no entanto, recomendo a você, se acha que 'é apenas um domador de jegues', e que portanto não teria condições de usar um sistema que requer mais conhecimento, procura antes te inteirar sobre o que pode acontecer ao instalar o sistema, ou que possíveis alterações visuais você pode fazer para tornar teu sistema 'mais bonito'... Duvido que você se arrependa se tiver 'acessoria' adequada... A comunidade ajuda... é só ser humilde e saber procurar!! E no mais, se Linux fosse tão ruim assim, projetos como o Casa Brasil não iriam pra frente, pois as comunidades iriam rejeitar o sistema...


4. Re: Linux: sonho ou realidade:

Andre (pinduvoz)
pinduvoz

(usa Debian)

Enviado em 15/01/2009 - 02:39h

Por que vc perdeu seu tempo vindo a um Fórum de Linux para pichar o próprio?

Que o Linux não é para qualquer um, todo mundo aqui sabe. Ele realmente só serve para quem quer um SO seguro, configurável ao extremo (bonito ou feio, vc é quem escolhe) e capaz de rodar em hardware previamente selecionado.

Finalmente, vc sabia que o OSX, o famoso SO da Apple, é um "NIX"?




5. Realidade

Pedro Paulo Saldanha Rocha
peparocha

(usa Slackware)

Enviado em 15/01/2009 - 04:26h

Caro amigo, como você mesmo disse "é um domador de Jegues" e não um expert em SO´s, Sugiro à você estudar um pouco mais, pois o Linux é um Sistema totalmente configurável que você põe do jeito que você quiser seja ele de qualquer distro bonita ou feia, ou até mesmo nem bonita nem feia, ou feia-bonita, ou bonita-feia, ou como você achar melhor. O que importa é a estabilidade e segurança que o sistema Linux proporciona.
PS: O Linux é um sistema que nem todo mundo sabe usar, mas, todo mundo que sabe usar não usa outro sistema de jeito nenhum, não só pela estabilidade e segurança como também pela mobilidade que ele proporciona.

Tenta usar o Kurumin, é bonitinho.
[]´s


6. Re: Linux: sonho ou realidade:

Sergio Teixeira - Linux User # 499126
Teixeira

(usa Linux Mint)

Enviado em 15/01/2009 - 06:56h

Respeito seu direito de não gostar do Linux e de dar ênfase ao Mac, afinal de contas ele é MUITO bom, dentro de suas finalidades.
E o Windows também é bom em generalidades, embora naquelas finalidades onde o Mac reina absoluto, fique bastante atrás.
O Linux pode ser ruim, razoável, bom ou ótimo, feio ou bonito mas tem a principal propriedade de ficar "com a cara do dono".
Isso significa que temos um controle muito profundo sobre o nosso Linux, mas nenhum controle sobre qualquer outro sistema proprietário.
Entretanto, isso requer um certo grau de conhecimento adicional, que afinal de contas não é nenhum bicho de sete cabeças.
Usuários de Windows passaram anos e anos tendo de resolver problemas ou ajustando pequenas coisas através da linha de comandos, e jamais reclamaram disso. Pelo contrário, sempre tiveram orgulho de ter conseguido mexer - embora apenas superficialmente - no sistema para que funcionasse um pouco melhor.
Esses usuários sempre descobriram "os podres" ANTES do fabricante.
Mas gostaria de fazer-lhe uma pergunta:
Qual o software que você usa para o controle dos jegues no Mac?


7. Re: Linux: sonho ou realidade:

josesvaldo vanderson raimundo jose da silva
Josesvaldo

(usa Big Linux)

Enviado em 15/01/2009 - 07:01h

Tenta usar o Kurumin, é bonitinho.

Respondendo a todos:

1 – O “mano” eu'noel cometeu uma falácia, ou seja, acusou um erro ortográfico, achando que isso seria um argumento. Seria o mesmo que dizer para alguém com quem vc está discutindo sua opinião: “mas você é feio”, ou seja, com isso não chegamos a nenhum progresso e em filosofia se chama falácia. Até um domador de jegues como eu sabe disso.

2- O isac foi humilde e aceito o argumento dele, pois mesmo para domar jegues é preciso de humildade e tolerância e só essa parte escrita por ele já me serve de lição. Me sugeriu que, se eu tivesse interesse verdadeiro, procurasse alguém capacitado a me ajudar, super correto e por último argumentou que uma instituição de respeito está progredindo em seu trabalho com o Linux e com resultados positivos ninguém pode discutir. Ou seja, resposta inteligente e bem pensada, sem me agredir, sem me diminuir e me mostrando opções de como posso melhorar.

3- O pindovoz foi mal humorado e me fez uma pergunta técnica sobre Unix e é claro se eu perguntasse para ele a origem do Jumento Pega talvez ele soubesse me dizer, mas isso não ajudaria muito se ele tivesse que domar um jumento.

4- o peparocha apesar de agressivo e diminuindo minha profissão, foi bastante objetivo e até dá para extrair algo dessa resposta, mas pecou ao dizer que domadores de jumento não podem entender de distros, isos, unix e o que mais for técnico do mundo da informática, pois isso é uma falha argumentativa. O meu ponto era que windows tem dado acesso a todos: os que sabem e os que não sabem esses termos ou que não tiveram a oportunidade de aprender e não querem aprender. Para ser um bom motorista não necessariamente tenho que entender de sistemas (capice?). E a oferta do Kurumim (por sinal muito conhecida e bem sucedida) foi desnecessária.


8. Re: Linux: sonho ou realidade:

josesvaldo vanderson raimundo jose da silva
Josesvaldo

(usa Big Linux)

Enviado em 15/01/2009 - 07:19h

Não é o caso de não gostar do Linux. O caso aqui está na praticidade e eficiência para quem é leigo, pobre, não tem tempo e quer fazer parte do mundo do open source, pois isso facilitaria minha vida. A problemática em relação a contagem e organização dos jegues se resolveria com quaquer planilha, mesmo que feita a lápis ou em qualquer programa do gênero tanto em Mac como em outros computadores que trabalham com Windows. Mas o programa usado não está em questão, pois estou seguro que o sistema operacional linux deve ter algo do mesmo nível que as planilhas do windows e macs.


9. Re: Linux: sonho ou realidade:

Relsi H. Maron
relsi.ramone

(usa Ubuntu)

Enviado em 15/01/2009 - 12:40h

Eu acredito que o Linux serve tanto para domadores de jegues quanto para nerds domadores de bits, a questão que ninguem levantou aqui é:

Em que circusntâncias o linux foi instalado, qual a configuração da maquina, qual a distribuição, etc...

Ele diz que o velho windows não travav a máquina 'a anos', será que essa máquina já não tem muitos anos?

Por exemplo, tem gente que tem p100 e instala o linux pq 'dizem' que o linux roda bem em maquinas antigas, dai vão lá e instalam qualquer distro e claro que a máquina não vai responder conforme o desejado.

Também tem quem pegue uma distro como o slak, que é para escovadores de bits, e tenta instalar e acaba se dando mal, pq não dispõe de conhecimento para isso.

Quanto a interface feia, ai seria o caso de mencionar que a interface gráfica não influencia na performance do sistema operacional, mas tb teria que mencionar que distro o cara tah usando para poder indicar a melhor forma de otimizar o sistema para ter um gui bem 'bonitinha', como disse nosso amigo acima, o Kurumin tem um interface bonita e é fácil de instalar, conheço pessoas que instalaram ela sem ter conhecimento nenhum de linux.

acredito que nosso papel aqui é fornecer informação e formar opinião, se vamos jogar pedras em todo mundo que malhar o linux iremos acabar nos tornando um clubinho fechado de nerds sem espaço para domadores de jegues ou plantadores de batata, se o rapaz se portou mal expressando a indignidade dele de forma rude, deveríamos retribuir lhe fornecendo informações que mudasse sua opinião, pois a melhor forma de destruir o inimigo é tornando-o amigo.

Linux é sinonimo de liberdade e ser livre significa poder vir aqui e dizer que o linux não presta, mas notem que ele diz isso mas ao mesmo tempo diz que não tem conhecimento de causa, somente por esse motivo já sabemos que o que ele precisa é de informação para mudar sua opinião.

Estamos ai para ajudar pessoal, retribuir as criticas com informação é um diferencial que somente a comunidade opensource possui.


hgs

rls
http://relsiramone.blogspot.com


10. Re: Linux: sonho ou realidade:

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 15/01/2009 - 13:29h

Se é realmente como diz, "um simples domador de jegues", receio que o Linux não é pra você. Já tive outra opinião, mas a minha atual é essa. Quem não tem paciência, vontade de pesquisar e sobretudo de aprender, não deve usar o Linux, mesmo as distribuições mais fáceis como Ubuntu, independente da configuração da máquina que o tentou instalar.

Quanto ao visual, ai entra a paciência e vontade de aprender, pois não vi Desktops Windows ou Macs mais belos que os customizados no Linux. Quer uma prova, navegue na sessão de screenshots aqui do VOL.

Resumindo, quer comodidade, não ter a necessidade de pesquisar para quase nada, continue usando o Windows, você é livre para tal. Não tem preguiça de pesquisar e fuçar atrás de solução de problemas, tem vontade de aprender, quebre a cabeça, peça ajuda nos fóruns e use Linux.






11. Re: Linux: sonho ou realidade:

josesvaldo vanderson raimundo jose da silva
josesvaldo

(usa Big Linux)

Enviado em 15/01/2009 - 13:38h

Caro amigos, desculpe-me em primeiro lugar se minha questão causou impressão desagradável. Sua resposta é de uma pessoa que tem cátedra e que gosta de ensinar. Vou procurar seguir seu conselho e do nosso amigo anterior e ser humilde, tolerante e principalmente procurar ajuda com pessoas que realmente possam ajudar.
By the way, meu jegue cibernético é um compaq presario e roda hoje com Big Linux, a melhor distro que encontrei para ele em termos de funcionabilidade, isso depois de muito trabalho e pesquisa entre o lombo de um jegue e outro. Acho que o senhor tem razão, se chegar ajuda a nós que domamos jegues e a todos que tem dificuldades o Linux vai sair do mundo acadêmico e das pessoas que tem disponibilidade de recursos diversos (incluindo intelectual) e permear nossa população em todos os níveis, do varredor de rua ao estudante de física da usp.


12. >>>

William Forti Bueno
ventrue.w

(usa Debian)

Enviado em 15/01/2009 - 13:39h

Amigo Josevaldo, a questão não é ser pobre, rico, domador de jegue, piloto de avião ou qualquer coisa do genero...

Todo são igual e estão cada um em seu devido lugar com suas devidas profissões..

O Windows, como costumo argumentar é um sistema pago... Quando vc nao quer fazer faxina, vc contrata uma faxineira e paga pra ela limpar pra vc... E muitas vezes a faxineira poe as coisas na onde nao devia, ficando a descontento de quem a contratou.. Isso ainda quando vc nao tem de refazer algumas coisas para que vc possa se localizar em seu ambiente... Mesmo ja tendo pago para isso.

O linux, vc tem de por a mao na massa e limpar o ambiente por conta propria, sem pagar nada a ninguem.. Mas o ambiente fixa a seu agrado. Tudo sera do jeito que vc quer, e nao do jeito que outro queira... Vc nao paga nada a ninguem, e ainda pode contar com a ajuda de outras pessoas como exemplo nosso grandioso forum do VOL.

Tudo tem de ter um começo, e o Linux nao é diferente. Vc começa a utiliza-lo e perdir auxilio aqui no forum que lhe garanto, não lhe falta-ra ajuda.. O pessoal aqui esta sempre de prontidão pra ajudar a todos...






01 02 03