Recompilação completa depois de instalada a distro

1. Recompilação completa depois de instalada a distro

j g meinhardt
meinhardt_jgbr

(usa Debian)

Enviado em 18/03/2010 - 17:59h

Depois de fazer alterações para enxugar todas as alternativas listadas no etc/make.config que não seriam usadas neste Notebook (NoBo) seguindo uma das dicas aqui da comunidade, notei uma grande melhora na performance do Librix 4.0 ( kernel-x86-2.6.31-gentoo-r4 )tanto no funcionamento normal como no boot.
Fiz o teste para confirmar a suspeita de que como seria de se esperar numa distro comercial como neste caso o Librix, a configuração dos parametros de compilação deveriam ser o mais "baunilha" (vanilla) possíveis visando atender a maior gama de hardware possivel sendo a distro pre-compilada.

A pergunta é a seguinte:

Seria conveniente e aconselhável tentar a recompilação completa para obter o melhor "casamento" entre kernel e hardware, independente do tempo que isto venha a tomar ou não vale a pena?

Caso positivo, qual a melhor forma de fazer esta re-compilação completa?

Apenas como exemplo, abaixo segue a alteração que fiz no make.config:

------------

#Definição de que placas de vídeo serão suportadas
VIDEO_CARDS="nvidia nv vesa vga"

#Definicao padrao que veio no Librix
#VIDEO_CARDS="apm ark chips cirrus cyrix dummy epson fbdev fglrx glint i128
#intel mach64 mga neomagic nv nvidia r128 radeon rendition s3 s3virge savage
#siliconmotion sis sisusb tdfx tga trident tseng v4l vesa vga via virtualbox
#vmware voodoo"
---------------------


  


2. Re: Recompilação completa depois de instalada a distro

Thiago Ramos Fanfoni
thiagofanfoni

(usa Gentoo)

Enviado em 18/03/2010 - 18:23h

Na verdade a variável VIDEO_CARDS assim como a ALSA_CARDS , tem a utilidade de fazer com que não sejam compilados os drivers de dispositivos que você não tem na hora de compilar o Xorg.


3. Re: Recompilação completa depois de instalada a distro

j g meinhardt
meinhardt_jgbr

(usa Debian)

Enviado em 18/03/2010 - 18:58h

Acredito então que a melhora de performance foi devida únicamente ao fato de que o sistema não precisa ler e buscar os itens listados, partindo direto apenas para aqueles que são necessários ou convenientes, reduzindo a perda de tempo. Ocorreu também melhora de performance no geral.


4. Re: Recompilação completa depois de instalada a distro

Alberto Federman Neto.
albfneto

(usa Sabayon)

Enviado em 18/03/2010 - 19:43h

mainhard, vc pode recompilar tudo, mas mais importante que variar as placas de video etc...., pq só acha a que o sistema tem, as outras pode tirar,

é mudar as variáveis em frente ao USE=, no /etc/make conf, as FLAGS de compilação...

deixe só o que usa, mas não esqueça nada do que usa.... ex, se usar brasero, deve deixar gnome etc....
se faltar flags, o emerge te dará mensagens do que falta.
atenção as mensagens do emerge, ele te diz o que fazer...

outra coisa, se quiser testar pode recompilar o kernel, removendo hardware que não tem.
o Vanilla é o kernel enxuto, mas a preferência é pessoal, eu por exemplo, tenho usado gentoo sources git, kernel de Funtoo, no Gentoo e funfa.


5. Re: Recompilação completa depois de instalada a distro

j g meinhardt
meinhardt_jgbr

(usa Debian)

Enviado em 18/03/2010 - 22:57h

Quando fiz aquela alteração de teste no make.config, já inclui outros repositórios além daquele que veio por padrão na configuração original do Librix. Acho que vou aproveitar a instalação corrente do sidux para conferir os itens de hardware que estão carregados e os serviços para poder alterar o parametro USE=.

E depois de feitas as alterações do make.config, quais os passos a seguir?

Imagino que sejam logar como root, talvez fechar o X partindo para um dos níveis do init e então dar o comando stage1, 2, 3, etc correspondente a profundidade da recompilação desejada. Correto?

De qualquer maneira vou dar uma lida a mais antes de partir para a recompilação.






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts