Quem gosta de ter trabalho [RESOLVIDO]

1. Quem gosta de ter trabalho [RESOLVIDO]

Andre (pinduvoz)
pinduvoz

(usa Debian)

Enviado em 23/12/2018 - 16:32h

Tinha um companheiro no VOL, o "Teixeira", que sempre que tinha muito trabalho com o Linux dizia que tinha feito uma "pajelança". Os mais antigos frequentadores do VOL vão lembrar disso.

Feita a introdução, vou ao ponto que me levou a escrever aqui nos "debates": as distros complicadas de instalar e manter.

Levei bastante tempo para chegar à conclusão de que o Linux é apenas uma ferramenta para que eu faça o que preciso fazer no meu computador. Ele não é a "razão de ser" do meu computador e nem o que há de mais importante nele. Por conta disso, não quero mais perder grande parte do meu tempo com o Linux, seja qual for a distro. Quero usar meu tempo produzindo ou mesmo me divertindo; é para isso que deve servir o meu computador.

O que os colegas pensam disso? Vale a pena perder horas, as vezes dias, para instalar uma distro Linux? Uma outra, fácil de instalar, não vai me servir da mesma maneira? E a manutenção que toma bastante tempo e não é automatizada, vale a pena?

Quero ver como os colegas pensam.

EDITADO: a melhor resposta foi dada ao último que respondeu, só porque ele começou citando o Linus. Obrigado pela participação de todos.





  


2. MELHOR RESPOSTA

Cézar Augusto
Cizordj

(usa Debian)

Enviado em 03/01/2019 - 11:37h

Tem uma coisa que concordo com Linus Torvalds.
É legal fuçar no linux e testar distros diferentes, mas quando você precisa ter o computador funcionando é chato perder tempo com comandos e fuçar na internet meios para resolver tal problema, eu quero que as coisas simplesmente funcionem. Ele disse que é péssimo em fazer uma distribuição funcionar no computador e que gosta que isso simplesmente funcione (tanto até que achava o Debian difícil de instalar rsrs), e acho que não vale a pena ficar se estressando a mexer com módulos, arquivos de configuração, drivers de vídeo em distros mais instáveis sendo que naquela simplezinha para iniciante já funciona tudo. Mais no começo eu quebrava um monte de sistemas e depois quando precisava do computador para alguma coisa séria não tinha "aquela distro" que me mantinha firme. Hoje opto pelas distros mais estáveis e que não necessita muita configuração para justamente focar no que é necessário, a produtividade, a diversão (vide jogos open source) e programas compilados que eu levava meses até aprender a compilar. Tanto até que estou há três meses sem formatar o computador (está me dando uma agonia rsrs) mas não quero abrir mão da estabilidade que está na minha máquina, o áudio está perfeito, o vídeo com drivers certinhos e aparência do XFCE impecável.


Filosofia do beijo

3. Re: Quem gosta de ter trabalho [RESOLVIDO]

Andre (pinduvoz)
pinduvoz

(usa Debian)

Enviado em 23/12/2018 - 16:33h


* Não consegui publicar nos "debates" porque não havia menu para sub-categoria *


4. Re: Quem gosta de ter trabalho [RESOLVIDO]

Matheus
pylm

(usa Gentoo)

Enviado em 23/12/2018 - 16:33h

Só os pirralhos que aparecem aqui porque quebraram o apt no kali acham que complicar as cosias é uma vantagem.


5. Re: Quem gosta de ter trabalho [RESOLVIDO]

Fábio Berbert de Paula
fabio

(usa Debian)

Enviado em 23/12/2018 - 16:52h

Uso Debian desde o ano 2000, nunca troquei. A maioria das distribuições atuais eu nunca sequer instalei, nem em máquina virtual. O mesmo vale para a maioria das interfaces gráficas.

Tenho minha caixa de ferramentas aqui, me serve muito bem, raramente experimento coisa nova.



6. Re: Quem gosta de ter trabalho

-
BiaMonteiro

(usa Arch Linux)

Enviado em 23/12/2018 - 17:09h

fabio escreveu:

Uso Debian desde o ano 2000, nunca troquei. A maioria das distribuições atuais eu nunca sequer instalei, nem em máquina virtual. O mesmo vale para a maioria das interfaces gráficas.

Tenho minha caixa de ferramentas aqui, me serve muito bem, raramente experimento coisa nova.

Como tenho dois computadores,
posso usar um para entretenimento, programação e estudos, ou seja, uso doméstico geral,
e o outro para testes. Posso fazer um monte de atrocidades nesse outro computador.


7. Re: Quem gosta de ter trabalho

-
BiaMonteiro

(usa Arch Linux)

Enviado em 23/12/2018 - 17:12h

Quando a pessoa gosta muito de Linux e deseja conhecer mais sobre o sistema, ela irá querer testar várias coisas,
da mesma forma que um cozinheiro que queira mais conhecimento irá experimentar novas receitas e combinações.

Qualquer que seja a distribuição, Slackware, Mint, Gentoo, Fedora, possibilitará aprendizados.

O que os colegas pensam disso? Vale a pena perder horas, as vezes dias, para instalar uma distro Linux? Uma outra, fácil de instalar, não vai me servir da mesma maneira? E a manutenção que toma bastante tempo e não é automatizada, vale a pena?

Se a pessoa quiser aprender mais sobre Linux, ela não irá perder horas nem dias, irá ganhar!


8. Re: Quem gosta de ter trabalho [RESOLVIDO]

Fábio Berbert de Paula
fabio

(usa Debian)

Enviado em 23/12/2018 - 17:16h

BiaMonteiro escreveu:

Quando a pessoa gosta muito de Linux e deseja conhecer mais sobre o sistema, ela irá querer testar várias coisas,
da mesma forma que um cozinheiro que queira mais conhecimento irá experimentar novas receitas e combinações.



Concordo. Esqueci de mencionar que já fiz muito isso, hoje que não mais por diversos fatores, principalmente por falta de tempo. Já são uns 22 anos de contato com Linux por aqui.

Mas realmente, para aprender bem tem que sair testando tudo. Só assim irá conhecer o sistema a fundo e suas diversidades.


9. Re: Quem gosta de ter trabalho

Jefferson Rocha
slackjeff

(usa Slackware)

Enviado em 23/12/2018 - 17:20h

Meu ponto de vista é que você nunca vai perder o seu tempo e sim ganhar mais conhecimento. É claro que se o cara ta pouco se fud*n** para conhecimento ai o negocio é ir em distro nutella como Ubuntu, mint etc... Agora se o cabra quer conhecimento vale a pena usar distribuições que vão valorizar este ponto.

As vezes me da vontade de sair do Slackware e eu fico pensando em qual distribuição... Me vem na cabeça uma distribuição que eu amo "Dragora" só que o mesmo é criado tendo um "carinho" pelo SLackware, então o mesmo é praticamente parecido! Ai eu caiu na real que não vale a pena largar 30 por 30.
Negocio é de cada um, se a pessoa se sente na perda de tempo negocio é esfriar a cabeça e usar outra coisa e ver o que quer fazer.


I'M ROOT!

Slackware user since ~2008
Meu canal no youtube:
https://www.youtube.com/SlackJeff

Meu Site:
https://www.slackjeff.com.br/

Meus Programas estão aqui:
https://notabug.org/jeffersonrocha








10. Re: Quem gosta de ter trabalho [RESOLVIDO]

-
BiaMonteiro

(usa Arch Linux)

Enviado em 23/12/2018 - 17:21h

fabio escreveu:

BiaMonteiro escreveu:

Quando a pessoa gosta muito de Linux e deseja conhecer mais sobre o sistema, ela irá querer testar várias coisas,
da mesma forma que um cozinheiro que queira mais conhecimento irá experimentar novas receitas e combinações.



Concordo. Esqueci de mencionar que já fiz muito isso, hoje que não mais por diversos fatores, principalmente por falta de tempo. Já são uns 22 anos de contato com Linux por aqui.

Mas realmente, para aprender bem tem que sair testando tudo. Só assim irá conhecer o sistema a fundo e suas diversidades.

Testei tanta mais tanta coisa que posso dizer que o Debian é, para mim, a melhor distribuição de todas.
Uma distribuição que eu poderia classificar como segundo lugar seria o Arch Linux, mas o problema é que ele é rolling release. Gosto de sistemas com pacotes amplamente testados e confiáveis. Se alguém criasse um fork do Arch com repositórios estáveis, poderia migrar para essa nova distribuição. Mas o pessoal que desenvolve novas distribuições só faz trocar o papel do parede... isso não me atrai em nada.


11. Re: Quem gosta de ter trabalho [RESOLVIDO]

Izaias
izaias

(usa LMDE)

Enviado em 23/12/2018 - 17:30h

pinduvoz escreveu:

Tinha um companheiro no VOL, o "Teixeira", que sempre que tinha muito trabalho com o Linux dizia que tinha feito uma "pajelança". Os mais antigos frequentadores do VOL vão lembrar disso.

Feita a introdução, vou ao ponto que me levou a escrever aqui nos "debates": as distros complicadas de instalar e manter.

Levei bastante tempo para chegar à conclusão de que o Linux é apenas uma ferramenta para que eu faça o que preciso fazer no meu computador. Ele não é a "razão de ser" do meu computador e nem o que há de mais importante nele. Por conta disso, não quero mais perder grande parte do meu tempo com o Linux, seja qual for a distro. Quero usar meu tempo produzindo ou mesmo me divertindo; é para isso que deve servir o meu computador.

O que os colegas pensam disso? Vale a pena perder horas, as vezes dias, para instalar uma distro Linux? Uma outra, fácil de instalar, não vai me servir da mesma maneira? E a manutenção que toma bastante tempo e não é automatizada, vale a pena?

Quero ver como os colegas pensam.


Eu trato assim o Windows, não o Linux.
O Linux é a razão de ser do meu PC. :)

Atualmente já passei da fase de curiosidade (o que ajudou muito a aprender) e estou com uma distro pronta pra uso.
Fácil de instalar e manter. Dedicar mais tempo ao trabalho do que configurando. E sem críticas aos que gostam de toda a cultura do Linux, de construir seu sistema a seu gosto.


12. Re: Quem gosta de ter trabalho [RESOLVIDO]

Clodoaldo Santos
clodoaldops

(usa Linux Mint)

Enviado em 23/12/2018 - 18:28h

Para mim uma distribuição tem ser fácil instalar, fácil usar, fácil configurar e estável.
Por isso LinuxMint é minha distribuição principal desde 2009.
Como sou curioso acabo testando no meu laptop outras distribuições que também considero amigáveis como Ubuntu, Fedora, Mageia, Manjaro, Solus.
Mas até momento nenhuma ameaçou seriamente na tomar lugar do LinuxMint no meu desktop de trabalho.
----------------------------------------------------------------------------------
Itautec-w7535 (Ci3 + 4 GB/RAM + 120 GB/SSD + Intel HD 3000)








Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts