TIM WEB -

1. TIM WEB -

Fábio Luís Mendes
FabioLM

(usa Debian)

Enviado em 28/07/2007 - 23:44h

Adquiri o novo plano de dados da TIM com o mini-modem TS-9989 da SIEMENS. Utilizo o Debian etch tanto no desktop quanto no notebook e estou tendo dificuldades para configurar o aparelho.
A operadora TIM oferece algumas orientações para instalação em distros Linux no manual do produto mas o Debian não consta entre elas.
Qualquer ajuda é benvinda.


  


2. Re: TIM WEB -

Petterson
bl4z3

(usa Debian)

Enviado em 28/07/2007 - 23:57h

Poderia postar as orientacoes para outras distros que acompanham o manual ?


3. Re: TIM WEB -

Fábio Luís Mendes
FabioLM

(usa Debian)

Enviado em 29/07/2007 - 17:20h

Ai vai a seção do manual referente ao linux. Fiz alguns comentários em relação às dificuldades que estou tendo:

Utilizando o mini-modem no LINUX

O mini-modem será detectado como um dispositivo USB utilizando o
driver conversor USB FTDI.
O driver necessário é relativamente novo, pode não ter sido incluído nas
versões antigas do 2.6 kernel . Neste caso você deverá reconstruir o seu kernel
utilizando a opção:
Code maturity level options -> Prompt for development and/or incomplete
code/drivers
Os seguintes drivers necessitam ser selecionados no kernel (tanto como
módulos ou diretamente compilados no kernel):

1. Device Drivers -> USB-Support ->
UHCI HCD (on Intel/Via boards) ou OHCI (on most other boards)
respectivamente USB Serial Converter Support ->

• USB Serial Converter Support
• USB FTDI Single Port Serial Driver
Para verificar se os módulos estão disponíveis no seu sistema operacional, abra
um terminal e entre com o seguinte:

[email protected]:~/# ls /lib/modules/2.6.x/kernel/drivers/usb/serial/

Deverão estar presentes os seguintes arquivos:

usbserial.ko
ftdi_sio.ko

Antes de prosseguir com os próximos passos, assegure-se que todos os
dispositivos foram reiniciados após o reboot.
Conecte o mini-modem em uma porta USB disponível do seu computador e abra
um terminal para executar o comando dmesg. As ultimas linhas do log deverão
se parecer com o seguinte:

usb 5-2: new full speed USB device using uhci_hcd and address 2
usb 5-2: configuration #1 chosen from 1 choice
usbcore: registered new driver usbserial
drivers/usb/serial/usb-serial.c: USB Serial support registered for generic
usbcore: registered new driver usbserial_generic
drivers/usb/serial/usb-serial.c: USB Serial Driver core
drivers/usb/serial/usb-serial.c: USB Serial support registered for FTDI USB
Serial Device
ftdi_sio 5-2:1.0: FTDI USB Serial Device converter detected
drivers/usb/serial/ftdi_sio.c: Detected FT8U232AM
usb 5-2: FTDI USB Serial Device converter now attached to ttyUSB0
usbcore: registered new driver ftdi_sio
drivers/usb/serial/ftdi_sio.c: v1.4.3:USB FTD Serial Converters Driver

5

Utilizando o mini-modem no LINUX



No caso dos módulos kernel usbserial e ftdi_sio não serem carregados, por
favor, execute o comando modprobe usbserial e modprobe ftdi_sio . Por favor,
lembre-se que você necessita ser root user para executar ambos os comandos.
Agora procure em seu arquivo de sistemas em /dev por um dispositivo
(no,interconexão) como ttyUSB*, onde * pode ser um número entre 0 e 255.
Deverá haver mais do que um nó disponível. Olhe em creation times com ls -l
/dev/ttyUSB* para encontrar qual nó corresponde ao tempo que você plugou o
seu mini-modem ao seu sistema.
(Tested with Gentoo-Linux 2006.1, Kernel 2.6.18, Knoppix 5.0, Novell SuSE
Linux 10.1, Ubuntu 6.06 LTS)


O mini-modem será detectado como um dispositivo USB ACM utilizando um
driver Abstract Control Modem para USB modems e adaptadores ISDN . Depois
de plugar o mini-modem o Linux detectará e inicializará o driver. Você pode ver


o resultado digitando dmesg em um terminal. O output devera aparecer de
alguma forma com isto:
usb 5-2: new full speed USB device using uhci_hcd and address 2 usb 5-2: new
full speed USB device using uhci hcd and address 2 usb 5-2: configuration #1
chosen from 1 choice cdc_acm 5-2:1.0: ttyACM0:
USB ACM device usbcore: registered new driver cdc_acm
drivers/usb/class/cdc-acm.c: v0.25:USB
Abstract Control Model driver for USB modems and ISDN adapters

Neste caso o mini-modem é detectado com sucesso em dev/ttyACMO. Você
pode continuar agora a conectar o seu mini-modem como descrito abaixo.
(Tested with Gentoo-Linux 2006.1, Knoppix 5.0, Novell SuSE Linux 10.1,
Ubuntu 6.06 LTS)

(PS: No meu caso, debian etch, consigo carregar os módulos, mas o reconhecimento do modem é aleatório - ora é reconhecido como ttyACM0 visto no dmesg ou, mais comum, não é reconhecido de forma alguma, mesmo utilizando as mesmas portas USB.
Já fiz o apt-get update e upgrade, de forma que o etch é o mais novo disponível).

Conectando o mini-modem à internet com LINUX

Utilizando a linha de comando Esta é a descrição geral de como conectar a
internet utilizando a linha de comando de ferramentas. Você pode aplicar
está descrição a maioria das distribuições do Linux .


Aplicações necessárias:


1) ppp/pppd
2) wvdial (http://open.nit.ca/wiki/?WvDial)

Conectando o mini-modem à internet com Linux

Edite o arquivo de configuração wvdial (/etc/wvdial.conf) ou crie um novo.
O arquivo de configuração deverá conter ao menos os seguintes acessos:


mini-modem USB TS-9989
[Dialer Defaults]
Modem = /dev/ttyUSB0
Modem Name = TS-9989
Modem Type = USB
Modem Baud = 230400
ISDN = false Idle Seconds = 180
Init1 = AT+CGDCONT=1,"IP",internet tim.br
Init2 = AT+CGATT=1
Password = test
Phone = *99***1#
Username = test
Dial Command = ATD

(PS: O Hilton, funcionário da telsec, empresa responsável pela adaptação do modem ao serviço da TIM WEB - [email protected] - postou algumas
alterações necessárias neste script no site de Bia Kunze http://www.odontopalm.com.br/gsf/arquivo/2007/07/review_tim_web_1.html.
Entre em contato com eles, mas por enquanto não há nada específico em relação ao Debian)

Table 1: Configuration file with entries.

Para maiores opções de configuração use:

[email protected]:~/# man wvdial.conf

Abra um terminal (e.g. Xterm, kterm or gnome-terminal) e rode wvdial com:

[email protected]:~/# wvdial -C /etc/wvdial.conf

Depois de alguns segundos o mini-modem deverá se conectar a internet via GPRS/EDGE.
Você poderá verificar o status do dispositivo com o seguinte comando, para verificar se
está funcionando corretamente:

[email protected]:~/# ifconfig ppp0

Um output similar deverá aparecer:

ppp0 Link encap:Point-to-Point Protocol
inet addr:10.69.60.203 P-t-P:192.168.254.254
Mask:255.255.255.255
UP POINTOPOINT RUNNING NOARP MULTICAST MTU:1500 Metric:1
RX packets:4 errors:0 dropped:0 overruns:0 frame:0
TX packets:5 errors:0 dropped:0 overruns:0 carrier:0
collisions:0 txqueuelen:3
RX bytes:64 (64.0 b) TX bytes:97 (97.0 b)


Você poderá verificar a conexão com um simples ping, e.g.

[email protected]:~/# ping www.tim.com.br PING
www.tim.com.br (200.179.42.65) 56(84) bytes of data.
64 bytes from www.tim.com.br (200.179.42.65): icmp_seq=1 ttl=55 time=938 ms
64 bytes from www.tim.com.br (200.179.42.65): icmp_seq=2 ttl=55 time=678 ms

(PS: No meu caso, quando consigo fazer o modem discar, ele se conecta e logo em seguida aparece a mensagem de erro:
conexão encerrada pelo modem).

7

Conectando o mini-modem à internet com Linux

Configuração Manual PPP
Configuração de usuário e senha
É necessária uma conexão PPP para se conectar na Internet com o modem e é
preciso ter um usuário e senha para usar a conexão PPP.
A autenticação das configurações de usuário e senha varia. Este manual mostra
dois exemplos mais comuns de modos de autenticação: PAP e CHAP. Podem
existir diversos usuários e senhas no arquivo de autenticação do PAP e CHAP,
mas que podem ser escolhidos pelo usuário no momento da conexão.

PAP
O arquivo de usuário e senha no processo de autenticação PAP é ' /etc/ppp/papsecrets',


O usuário e senha devem ser inseridos seguinte formato:
USUÁRIO * senha
Caso não haja uma senha, insira os dados como "".


sktelecom * ""


CHAP
O arquivo de usuário e senha no processo de autenticação PAP é
'/etc/ppp/chap-secrets',
O usuário e senha devem ser inseridos seguinte formato:
USUÁRIO * senha
Caso não haja uma senha, insira os dados como "".


sktelecom * ""


Opção
Diferente das conexões dial-up no Windows, é necessário configurar as
opçõesPPP no Linux. Estas opções podem variar de acordo com o modem
utilizado,Operadora, configurações de rede e região.


O arquivo de opções é '/etc/ppp/peers/opcao-nome-arquivo'
Neste manual, o arquivo de opções recebe o nome de 'ttyusb0', por exemplo,
mas podem existir diversos nomes de arquivo.


updetach
'/dev/usb/ttyUSB0'
modem
noauth
defaultroute
usepeerdns
user
show-password
crtscts
lock
connect "/usr/sbin/chat -v -t15 -f /etc/ppp/peers/ttyusb0_chat"
disconnect "/usb/bin/kill `cat /var/run/ppp0.pid`”

(PS: Não sei em que arquivo devo colocar estas especificações)

8

Conectando o mini-modem à internet com Linux



A opção do usuário é um dos usuários no arquivo pap-secrets ou chap-secrets
e a opção selecionada depende a operadora e da rede utilizada. A opção de
Conexão é o comando dado para processar a progressão da interação do
modem para uma conexão PPP e define os comandos “chat” dos arquivos de
scripts e este, que definirá o resumo da tarefa. Os arquivos de “Chat script”
serão descritos na próxima seção. “Chat script”. O arquivo de “Chat script” é o
responsável pelo conteúdo de interatividade do modem para a conexão PPP. O
“chat” é o ato do programa de ler o arquivo de “Chat Script” e enviar o comando
ao modem para estabelecer uma conexão.


‘’‘AT’
‘OK’‘ATDT#777’
‘CONNECT’‘’

(PS: idem, também não sei onde vão estas ...)


O arquivo de “Chat script” é ‘/etc/ppp/peers/nome-arquivo-chat-script’ .
Neste manual, o arquivo de “Chat script” está sendo chamado de
‘ttyusb0_chat’, por exemplo.


Executar
Execute o PPPD caso a configuração esteja completa. Utilize o seguinte
formato: pppd call


option-file-name &


O option-file-name é o nome do arquivo que as opções de conexão PPP estão
salvas. No nosso caso, utilizamos o nome “ttyusb0” para este arquivo, portanto
execute conforme as instruções abaixo.


pppd call ttyusb0 &


TESTE
Caso o PPPD esteja funcionando corretamente, teste a conexão com a Internet.
O teste deverá ser feito com o comando “ping”, conforme a figura abaixo.



9

Conectando o mini-modem à internet com Linux

Caso você receba a mensagem conforme a imagem acima, a conexão na
Internet via GPRS/EDGE terá sido estabelecida com sucesso.

Desconectar

Configuração Manual PPP
Caso a conexão tenha sido estabelecida manualmente, verifique o ID e envie o
comando "kill" para encerrar a conexão. Execute o seguinte comando para
encerrar a conexão:

kill `cat /var/run/ppp0.pid`

Ubuntu


O modem será detectado como descrito acima no início do guia de instalação.
Você poderá usar wvdial ou qualquer outra ferramenta que desejar para
conectar à internet.

10

Knoppix

Este exemplo ilustra como conectar o mini-modem a internet usando as
ferramentas KDE as quais estão distribuídas com o Knoppix:

1) Plugue o mini-modem no computador e inicie a ferramenta de configuração
do modem.


2) Escolha a conexão USB:


3) A porta no nosso exemplo e a ttyUSB0. Se você tiver mais dispositivos USB
conectados em seu sistema primeiro, verifique com dmesg (see 1.1) para saber
qual porta está designada para o mini-modem:


11

Knoppix



4)Deixe o sistema criar o link para o mini-modem TS-9989 para /dev/modem


5)Escolha a conexão GPRS/EDGE. Caso não tenha está ferramenta de software,
você poderá usar kppd ou pppd, mas agora você necessitará de configurar
manualmente:


6) Escolha o seu provedor de rede GSM de uma lista. Se o seu provedor não
estiver listado use other e defina as configurações de rede você mesmo:


12

Knoppix

7) O software lhe alertará sobre os possíveis custos antes de iniciar a conexão:


8) Durante o dial-up você poderá ver o log do arquivo. Se você pressionar ctrl-c
nesta tela você encerrará está conexão.


13

SuSE/FEDORA

1. Conecte o dispositivo em uma porta USB livre,
2. Inicie YaST (Applications -> System -> YaST)
3. Selecione „Network devices -> Modem“ .
YaST agora listará os dispositivos detectados

Select tab „Providers -> Add“,

A seguir escolha o seu país e a sua operadora.

Se a sua operadora TIM não aparecer na lista. Escolha , e insira a “New”
informação necessária finalize à configuração da operação.

Próximo passo retorne ao tab „Modem devices“

1. Selecione o seu dispositivo de uma lista („Siemens Information and
Communication MC75“ para TS-9989 e „AT Modem“ for TS-9989)
2. Escolha „Edit -> Details“,
3. Configure „Baudrate“ para 115200 bps,
4. Substitua o valor em „Init 1“ com AT+CGDCONT=1,“IP“,internet tim.br
5. Subsitua o valor em „Init 2“ com AT+CGATT=1
6. Deixe „Init 3“ em branco,
7. Em „Dial Prefix Regular Expression“ coloque ATD
8. Continue com „OK“ e „Next“
9. Selecione o seu provedor de uma lista
10. Escolha „Next -> Next -> Next“ e finalmente „Finish“
O seu mini-modem está agora totalmente configurado.

HINT: A ferramenta de rede padrão para SuSE Linux/openSUSE e o gerenciador
de rede, que em sua versão corrente (Fins de 2006) não é capaz de
gerenciardispositivos tipo modems. Você deverá se conectar a internet usando

o Kinternet.
14

Problemas Conhecidos



Rota errada

Em algumas combinações estranhas provedor-dispositivo-modem ,você
poderá efetuar uma entrada errada no Linux kernel routing table, e.g.:

[email protected]:~/# route

Mostrará algo similar com:

Destination Gateway Genmask Flags Metric Ref Use Iface
10.0.0.1 * 255.255.255.255 UH 0 0 0 ppp0
loopback * 255.0.0.0 U 0 0 0 lo
default 10.0.0.1 0.0.0.0 UG 0 0 0 ppp0

Table 2: Kernel IP routing table

Onde a primeira entrada (10.0.0.1) é uma wrong route entry.
Você poderá facilmente resolver o problema se manualmente deletar ou readicionar
a rota, desta forma:


Deletando a rota:

[email protected]:~/# route del 10.0.0.1

Re-adicionando a rota:

[email protected]:~/# route add -h xxx.xxx.xxx.xxx ppp0

Onde xxx.xxx.xxx.xxx é a rota correta do endereço IP deverá (e.g.

192.168.254.254 or 10.0.254.254). A route table devera agora parecer
similar com isto:
[email protected]:~/# route
Destination Gateway Genmask Flags Metric Ref Use Iface

192.168.254.254 * 255.255.255.255 UH 0 0 0 ppp0
loopback * 255.0.0.0 U 0 0 0 lo
default 10.0.0.1 0.0.0.0 UG 0 0 0 ppp0
Table 3: Kernel IP routing table

15
Sinto não poder ajudar mais no momento mas, como já disse, raramente consigo passar do passo inicial de fazer o sistema reconhecer o modem.
Estou ansioso por um mini-tutorial ou coisa semelhante para esta configuração.



4. Etapas de Configuração

Fábio Luís Mendes
FabioLM

(usa Debian)

Enviado em 11/08/2007 - 13:34h

Estou enviando os passos que utilizei para configurar o mini-modem SIEMENS TS-9989 ("kinder ovo") do serviço TIM WEB no Debian Etch.

1) Certifique-se de introduzir corretamente o chip TIM no interior do modem, segundo as intruções do manual;

2) Abra um terminal e, como root, carregue os módulos necessários para o reconhecimento do dispositivo:

#modprobe usbserial
#modprobe ftdi_sio

Para que os mesmos sejam carregados automaticamente na inicialização, introduza seus nomes (usbserial, ftdi_sio), um por linha, no arquivo /etc/modules.

Estes módulos estão disponíveis junto com o kernel atualizado da distro (no meu caso 2.6.18-4-686).
Para descobrir qual kernel está usando digite #uname -r
O retorno do comando anterior é a versão em uso: 2.6.x
Em seguida execute # ls /lib/modules/2.6.x/kernel/drivers/usb/serial/ e observe se os arquivos usbserial.ko e ftdi_sio.ko estão disponíveis.
Caso contrário sugiro que atualize o kernel (#apt-get update e #apt-get intall linux-image-2.6-686) ou mesmo toda a distro (#apt-get update e #apt-get upgrade).

3) Chegou a hora de conectar o mini-modem à porta USB do computador;

Infelizmente as portas USB não funcionam todas iguais como deveriam. Seu modem pode ser reconhecido em algumas e não em outras. É necessário ter paciência e testar.
Junto com o dispositivo é fornecido um cabo USB em Y: duas conexões no computador e uma no modem. O objetivo é utilizar duas portas do micro para o fornecimento de energia e apenas uma delas para o tráfego de dados. Não sei o motivo, mas no meu caso o modem só é reconhecido quando utilizo este cabo.

Teste o reconhecimento do dispositivo com o comando #dmesg
Deve ser retornado algo parecido com isto:

(...)
usb 3-2: new full speed USB device using uhci_hcd and address 3
usb 3-2: configuration #1 chosen from 1 choice
cdc_acm 3-2:1.0: ttyACM0: USB ACM device

Neste caso, o modem foi direcionado para /dev/ttyACM0 , mas isto pode variar (por exemplo, ttyUSB0). Nas configurações seguintes, faça as alterações segundo seus resultados.

4) Instalação dos programas de comunicação "wvdial" e "ppp".

Certifique-se de ter os programas instalados e atualizados (#apt-get update e #apt-get install wvdial ppp)

5) Configuração do modem no wvdial

Edite o arquivo /etc/wvdial.conf que deve conter o seguinte:

[Dialer Defaults]
Modem = /dev/ttyACM0
ISDN = off
Modem Type = Analog Modem
Baud = 230400
Init = AT+CGDCONT=1,"IP",tim.br
Init1 = AT+CGATT=1
Phone = *99***1#
Dial Prefix =
Dial Attempts = 1
Dial Command = ATD
Ask Password = off
Password = tim
Username = tim
Auto Reconnect = on
Abort on Busy = off
Carrier Check = on
Check Def Route = on
Abort on No Dialtone = on
Stupid Mode = on
Idle Seconds = 0
Auto DNS = on

Estas configurações foram publicadas por Aline nos comentários do site http://www.odontopalm.com.br/gsf/arquivo/2007/07/review_tim_web_1.html e são baseadas no Kurumin, mas também funcionaram perfeitamente no Debian Etch.
As configurações fornecidas pelo manual da operadora infelizmente não funcionaram no Debian.

6) Configuração da conexão para o TIM WEB;

Edite o arquivo /etc/ppp/peers/wvdial , que deve conter o seguinte:

updetach
'/dev/ttyACM0'
modem
noauth
defaultroute
usepeerdns
user
show-password
crtscts
lock
#connect "/usr/sbin/chat -v -t15 -f /etc/ppp/peers/ttyACM0_chat"
disconnect "/usr/bin/kill `cat /var/run/ppp0.pid`"

Este é o arquivo de configuração fornecido pelo manual da operadora, exceto a linha que começa com "connect" que está comentada (#), ou seja, tornada sem efeito. Após uma pesquisa pela internet, acabei descobrindo que o sistema GPRS-EDGE parece não necessitar deste comando. Desconheço maiores detalhes. O fato é que, pelo menos no meu caso, o comando precisa estar desativado para a comunicação se completar.

Obs.) A configuração dos arquivos de senhas pap/chat abordada no manual não foi necessária no Debian. As senhas são criadas e registradas automaticamente com o uso.

7) Tornando válidas as configurações;

Assegure-se de estar no diretório /etc/ppp/peers e digite:

#pppd call wvdial &

Não deve haver nenhuma mensagem de erro, caso contrário a linha com problemas será identificada e você deverá corrigi-la.

8) Etapa final, tão esperada;

Como o modem conectado e reconhecido, digite:

#wvdial

O resultado será algo como:

--> WvDial: Internet dialer version 1.56
--> Cannot get information for serial port.
--> Initializing modem.
--> Sending: AT+CGDCONT=1,"IP",tim.br
AT+CGDCONT=1,"IP",tim.br
OK
--> Modem initialized.
--> Sending: ATD*99***1#
--> Waiting for carrier.
ATD*99***1#
CONNECT
--> Carrier detected. Starting PPP immediately.
--> Starting pppd at Sat Aug 11 13:17:26 2007
--> Pid of pppd: 6371
--> Using interface ppp0
--> pppd: ˆ
--> [06][08]
--> pppd: ˆ
--> [06][08]
--> pppd: ˆ
--> [06][08]
--> pppd: ˆ
--> [06][08]
--> pppd: ˆ
--> [06][08]
--> pppd: ˆ
--> [06][08]
--> local IP address 10.202.244.113
--> pppd: ˆ
--> [06][08]
--> remote IP address 10.0.0.1
--> pppd: ˆ
--> [06][08]
--> primary DNS address 189.40.238.6
--> pppd: ˆ
--> [06][08]
--> secondary DNS address 189.40.238.7
--> pppd: ˆ
--> [06][08]

Pronto, se tudo correu bem, você já estará conectado à internet e poderá utilizar o navegador da forma habitual.

Espero que tenha sida útil e que possa contar com novas sugestões e aperfeiçoamentos.

O serviço TIM WEB oferece uma relação conveniente entre mobilidade, custo e volume mensal de dados (1GB) mas é fato que o mesmo se tornou extremamente lento nas últimas semanas, independente do local e do sistema operacional usado. Decorrência, talvez, do sucesso na venda dos modens ?. Espero que providências sejam tomadas para melhorar o sistema, pois nos últimos dias o serviço está competindo de igual para iqual com a velha internet discada.





















5. COnectar dois dispositivos

Aline Kelly
alinekelly

(usa Kurumin)

Enviado em 11/09/2007 - 10:35h

oi Fábio, me chamo Aline Kelly, sou eu que vc cita no post acima. Vc sabe se pelo Wvdial, consigo conectar dois dispositivos? Pois queria testar conectar dois modems da Tim, para aumentar a banda


6. Re: TIM WEB -

Fábio Luís Mendes
FabioLM

(usa Debian)

Enviado em 11/09/2007 - 21:54h

Cara Aline,

Acredito que ainda que tecnicamente factível, utilizar simultaneamente dois modens do TIM WEB seja insuficiente para conseguir navegar na internet de forma razoável. Talvez juntando vários deles ...
Minha sugestão sincera: faça como eu, devolva o produto. Não saia da loja até devolvê-lo. Contrate um serviço de banda larga fixo. Precisa de mobilidade? Utilize a LAN House mais próxima. É mais barato e muito mais rápido. Aguarde até que as redes móveis estejam REALMENTE implantadas.
Se quer mais detalhes sobre os problemas que enfrentei, veja meus comentários no site: http://www.odontopalm.com.br/gsf/arquivo/2007/07/review_tim_web.html
Não sou especialista em informática, muito pelo contrário, mais aqui vai um palpite:
Como cada modem estabelece conexão com um IP diferente, não deve ser possível somar a largura de banda de ambos para a mesma atividade. De qualquer forma, fica a sugestão para um futuro Dual (Core) TIM WEB.



7. Re: TIM WEB -

Cleber Rocha
cl2b2r

(usa Debian)

Enviado em 12/09/2007 - 06:33h

Caros Fábio e Aline
Até é possível conectar dois modens ao computador, mas não da maneira que a Aline quer, na realidade aí já entraria um serviço chamado Load Balance, onde o computador entenderia que há duas rotas de saída para a internet e que ele deve alternar as conexões entre elas; falar tudo isso é mais fácil que fazer! Sob meu ponto de vista, é um serviço extremamente complicado de implantar, os grandes provedores de internet o utilizam, e não resolveria as conexões do modo que você espera Aline.
Um grande abraço


8. ubuntu

Juliao Junior
juliaojunior

(usa Debian)

Enviado em 12/09/2007 - 07:48h

Amigo, o ubuntu é derivado do Debian. Portanto, as instruções para um podem ser usados para o outro quase sempre sem modificações.


9. Amazonia Celular

Carlos Macapuna
carlosmacapuna

(usa Ubuntu)

Enviado em 08/02/2008 - 18:51h

Segue os meus passos para conectar o mesmo modem, so que pela amazonia celular. Nao conseguir ainda.
Aceito sugestoes!

SO: Kubuntu 7.04
Kernel: 2.6.20-15

[email protected]:/home/macapuna# ls /lib/modules/2.6.20-15-generic/kernel/drivers/usb/serial/ | grep usbserial
usbserial.ko
[email protected]:/home/macapuna# ls /lib/modules/2.6.20-15-generic/kernel/drivers/usb/serial/ | grep ftdi
ftdi_sio.ko
[email protected]:/home/macapuna#

[email protected]:/home/macapuna# modprobe usbserial
[email protected]:/home/macapuna# modprobe ftdi_sio

[email protected]:/home/macapuna# dmesg | grep usb
[ 23.852561] usbcore: registered new interface driver usbfs
[ 23.852589] usbcore: registered new interface driver hub
[ 23.852609] usbcore: registered new device driver usb
[ 24.468367] usb usb1: configuration #1 chosen from 1 choice
[ 24.571080] usb usb2: configuration #1 chosen from 1 choice
[ 24.674883] usb usb3: configuration #1 chosen from 1 choice
[ 24.778776] usb usb4: configuration #1 chosen from 1 choice
[ 24.883728] usb usb5: configuration #1 chosen from 1 choice
[ 26.172422] usb 2-1: new full speed USB device using uhci_hcd and address 2
[ 26.390040] usb 2-1: configuration #1 chosen from 1 choice
[ 35.645140] usbcore: registered new interface driver cdc_acm
[ 35.645146] drivers/usb/class/cdc-acm.c: v0.25:USB Abstract Control Model driver for USB modems and ISDN adapters
[ 1058.000000] usbcore: registered new interface driver usbserial
[ 1058.000000] drivers/usb/serial/usb-serial.c: USB Serial support registered for generic
[ 1058.004000] usbcore: registered new interface driver usbserial_generic
[ 1058.004000] drivers/usb/serial/usb-serial.c: USB Serial Driver core
[ 1077.076000] drivers/usb/serial/usb-serial.c: USB Serial support registered for FTDI USB Serial Device
[ 1077.076000] usbcore: registered new interface driver ftdi_sio
[ 1077.076000] drivers/usb/serial/ftdi_sio.c: v1.4.3:USB FTDI Serial Converters Driver

[email protected]:/home/macapuna# ls /dev/ | grep ttyA
ttyACM0


[email protected]:/home/macapuna# cat /etc/wvdial.conf
[Dialer Defaults]
Modem = /dev/ttyACM0
Modem Name = TS-9989
Modem Type = USB
Modem Baud = 230400
ISDN = false Idle Seconds = 180
Init1 = AT+CGDCONT=1,"IP","gprs.amazoniacelular.com.br"
Init2 = AT+CGATT=1
Password = celular
Phone = *99***1#
Username = celular
Dial Command = ATD

[email protected]:/home/macapuna# wvdial -C /etc/wvdial.conf >> outMinimodem.txt
--> WvDial: Internet dialer version 1.56
--> Cannot get information for serial port.
--> Initializing modem.
--> Sending: AT+CGDCONT=1,"IP","gprs.amazoniacelular.com.br"
OK
--> Sending: AT+CGATT=1
OK
--> Modem initialized.
--> Sending: ATD*99***1#
--> Waiting for carrier.
CONNECT
--> Carrier detected. Waiting for prompt.
--> Connected, but carrier signal lost! Retrying...
--> Sending: ATD*99***1#
--> Waiting for carrier.
~[7f]}#@!}!}"} }=}!}$}&@}#}%B# }%}&S}^u[0c]}"}&} } } } }'}"}(}"}"X~~[7f]}#@!}!}#} }=}!}$}&@}#}%B# }%}&S}^u[0c]}"}&} } } } }'}"}(}"}<[16]~~[7f]}#@!}!}$} }=}!}$}&@}#}%B# }%}&S}^u[0c]}"}&} } } } }'}"}(}"dl~~[7f]}#@!}!}%} }=}!}$}&@}#}%B# }%}&S}^u[0c]}"}&} } } } }'}"}(}"z"~~[7f]}#@!}!}&} }=}!}$}&@}#}%B# }%}&S}^u[0c]}"}&} } } } }'}"}(}"Ix~~[7f]}#@!}!}'} }=}!}$}&@}#}%B# }%}&S}^u[0c]}"}&} } } } }'}"}(}"W6~~[7f]}#@!}!}(} }=}!}$}&@}#}%B# }%}&S}^u[0c]}"}&} } } } }'}"}(}"9[0c]~~[7f]}#@!}!})} }=}!}$}&@}#}%B# }%}&S}^u[0c]}"}&} } } } }'}"}(}"'B~~[7f]}#@!}!}*} }=}!}$}&@}#}%B# }%}&S}^u[0c]}"}&} } } } }'}"}(}"[14]}8~
NO CARRIER
--> No Carrier! Trying again.
--> Sending: ATD*99***1#
--> Waiting for carrier.
CONNECT
--> Carrier detected. Waiting for prompt.
--> Connected, but carrier signal lost! Retrying...
--> Sending: ATD*99***1#
--> Waiting for carrier.
~[7f]}#@!}!}"} }=}!}$}&@}#}%B# }%}&-"J[1a]}"}&} } } } }'}"}(}"8}7~~[7f]}#@!}!}#} }=}!}$}&@}#}%B# }%}&-"J[1a]}"}&} } } } }'}"}(}"&Y~~[7f]}#@!}!}$} }=}!}$}&@}#}%B# }%}&-"J[1a]}"}&} } } } }'}"}(}"^#~~[7f]}#@!}!}%} }=}!}$}&@}#}%B# }%}&-"J[1a]}"}&} } } } }'}"}(}"@m~~[7f]}#@!}!}&} }=}!}$}&@}#}%B# }%}&-"J[1a]}"}&} } } } }'}"}(}"s7~~[7f]}#@!}!}'} }=}!}$}&@}#}%B# }%}&-"J[1a]}"}&} } } } }'}"}(}"my~~[7f]}#@!}!}(} }=}!}$}&@}#}%B# }%}&-"J[1a]}"}&} } } } }'}"}(}"}#C~~[7f]}#@!}!})} }=}!}$}&@}#}%B# }%}&-"J[1a]}"}&} } } } }'}"}(}"}=}-~~[7f]}#@!}!}*} }=}!}$}&@}#}%B# }%}&-"J[1a]}"}&} } } } }'}"}(}".W~
NO CARRIER
--> No Carrier! Trying again.
--> Sending: ATD*99***1#
--> Waiting for carrier.
CONNECT
--> Carrier detected. Waiting for prompt.
...
e continua mas nao conecta!


ps: quem puder me ajudar numa pesquisa, responde ai por favor...
http://www.vivaolinux.com.br/comunidades/verTopico.php?codigo=312&codtopico=14288


10. Re: TIM WEB -

oliveira
sling

(usa Mandrake)

Enviado em 16/03/2008 - 16:29h

bom a todos que tem ou que pretendem ter serviço de internet movel da TIM ou da CLARO o artigo do carlos e. morimoto é altamente recomendado,
http://www.guiadohardware.net/tutoriais/acesso-movel/
la tem respostas para a maioria do problemas.
alem de um excelente tutorial que ensina a usar o KPPP para discar, oque facilita muito a vida. uma recomendação minha para medir o trafego é o KNEMO melhor que qualquer um na categoria.






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts