Você já digitou comandos e se arrependeu PROFUNDAMENTE? [RESOLVIDO]

1. Você já digitou comandos e se arrependeu PROFUNDAMENTE? [RESOLVIDO]

Elgio Schlemer
elgio

(usa OpenSuSE)

Enviado em 24/09/2007 - 16:43h

Minha idéia aqui é comentar sobre os comandos arrependidos. Sabe aquele comando no bash que VOCÊ NÃO DEVIA TER DIGITADO?

Para COMEÇAR: Bye bye rede

Em casa, por linha discada, em um servidor Linux... em 2001...

De repente, não sei o que me deu, executei um /etc/init.d/network stop

De imediato estranhei que o console travou, pois eu já queria executar um start, pois primeiro paro e depois reinicio... BAHHH!

Lá fui eu pegar o Onibus (VERDADE) e ir na Faculdade para por o servidor no ar. (era DOMINGO)

Mas a gente aprende...


  


2. Re: Você já digitou comandos e se arrependeu PROFUNDAMENTE? [RESOLVIDO]

Eustáquio Júnior
juninho (RH.com)

(usa Debian)

Enviado em 24/09/2007 - 16:56h

elgio,

liga não, você tem muitos créditos ainda, rsrsrs.

Legal você compartilhar até mesmo os descuidos seus.

Até a próxima


3. Derrubando o ssh (sem querer!)

Elgio Schlemer
elgio

(usa OpenSuSE)

Enviado em 25/09/2007 - 09:47h

Bom, vou acabar contando todas as minhas tiradas aqui. Mas é bom. Quanto mais "experiente" mas se rateia (excesso de confiança).

Sou eu quem dou manutenção no squid e de vez em quando altero a acl de bloqueio. Ai, para não ficar no chato /etc/init.d/squid restart é muito mais rápido fazer um:

killall -HUP squid

Simples, rápido, e (SIC) seguro...

Como eu sempre faço killall para o squid, bom, nada como um simples:

!killa

Recupera o último killall digitado que, pelo amor de DEUS, deve ser o killall -HUP squid.

Mas o imprevisto!
Casuamente em uma quinta feira, antes de sair da faculdade, eu editei o sshd.conf e para tanto digitei um killall sshd e depois reestartei. Mais uma vez não sei porque usei o killall, só sei que foi pro history.

Fui embora.

No sábado pela manhã, eu me loguei remotamente no servidor por ssh e alterei, como de costume, o squid. Alterei, salvei e lá fui eu:

!killal

BUMMMM!!!

O ultimo comando era killall sshd
Morri, morreu o SSHD, eu novamente em casa...

Que vergonha!

Bom, desta vez um simples telefonema pedindo que o vigia apenas pressionasse control+alt+del no servidor resolveu.

Qua qua qua...

Pessoal, sou somente eu quem rateio assim ou o pessoal guarda segredo?


4. Re: Você já digitou comandos e se arrependeu PROFUNDAMENTE? [RESOLVIDO]

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 25/09/2007 - 10:37h

Pode acreditar que não conheço gente aqui no site que faz a mesma coisa (me incluo nesta lista) só que tem vergonha de contar.


sniper!


5. Re: Você já digitou comandos e se arrependeu PROFUNDAMENTE? [RESOLVIDO]

Elgio Schlemer
elgio

(usa OpenSuSE)

Enviado em 25/09/2007 - 11:04h

Hmmm...

E esta tal extensãozinha funcionou na frente de quem?
hehehehe

Errando que se aprende...

Há DEZ anos atras, eu executei no meu home (como usuário) um:

rm *&

Mas o que eu queria era um rm *~
porque um editor do Solaris salvava textos de backup com ~.

Ah, mas pelo menos eu obtive sucesso. Realmente apaguei os de backup :-O


6. Re: Você já digitou comandos e se arrependeu PROFUNDAMENTE? [RESOLVIDO]

vfsmount
vfsmount

(usa Slackware)

Enviado em 25/09/2007 - 11:04h

hauhauhauhuah... me lembro até do ano
1998, tava instalando slack para um cunhado, o cara tinha apenas 15 gb de mp3 na particao windows 98, eu tava comecando a usar linux, assim que eu instalei, vi que tinha colocado muitas coisas que nao precisava, tinha instalado full, entao pensei "ah um rm -rf * nem da nada... assim eu comeco tudo de novo e instalo usando 'menu' "....
a particao do windows tava montada...
hauhauhauhauhauhaua

me salvei por que um amigo meu ficou doido pelas mp3 e tinha levado um hd pra fazer uma copia.... hd de 30 era coisa de burgues, muito burgues....

e tem outras...


7. Re: Você já digitou comandos e se arrependeu PROFUNDAMENTE? [RESOLVIDO]

Rodrigo Chaves
stilldre

(usa Funtoo)

Enviado em 25/09/2007 - 11:55h

Já fiz muita mer**!!! principalmente no Gentoo!! Mas uma lendária foi quando eu recomendei o SuSE 7.2 pra um amigo, sempre enfatizando que era uma distribuição voltada para usuarios iniciantes e inexperientes (ledo engano). Só sei que no outro dia o cara me liga: - MERMÃO CADÊ MEU WINDOWS???!!!

O instalador do SuSE logo tratou de limpar e particionar todo o disco do cara automaticamente... era preciso escolher uma instalação personalizada pra poder particionar...

isso é um exemplo de "mer** livre" ou "openmer**", que é quando vc compartilha sua mer** com alguem!

o bom é que até nisso a comunidade linux é unida!

Que os fontes estejam com vocês!


8. Você tem certeza de onde está?

Elgio Schlemer
elgio

(usa OpenSuSE)

Enviado em 25/09/2007 - 12:03h

Meu note na sala da adm. A partir dele me conecto em alguns servidores. O de email, por exemplo. Fico com a sessão aberta.

Bem, bem, hora de ir embora.
Para Não ficar indo no botãozinho do gnome para clicar no botão encerrar (pois isto requer um terrível esforço de apontar o mouse e clicar), nada como um shutdown -h no meu note.

Na janela do bash: shutdown -h 0

Tarde demais.
Desliguei o servidor de EMAIL !
Bom, peguei a chave da sala dos servidor e no console esperei ele desligar para ligar novamente, Pude ouvir o meu telefone tocar diversas vezes na outra sala enquanto isto...

"Foi uma pequena Pane, sr. Já está voltando"


9. Mas nem foi só no Linux...

Elgio Schlemer
elgio

(usa OpenSuSE)

Enviado em 25/09/2007 - 15:50h

Em 1993 (sim, isto mesmo) eu dava manutenção de pcs. BOm, 99% da manutenção era pecuinha de software (como ter apagado o importantérrimo autoexec.bat)

Em um cliente importante, precisei formatar um disquete. Sempre odiei o "Você tem certeza" do DOS e já me condicionei a ignorá-lo. CLARO QUE EU TENHO CERTEZA!

Para formatar o disquete A: eu me descuidei e:

format c: /s /q

E ainda com /q!!

Lá se foi o disco do cliente.
Uma visita técnica de 10 minutos virou 3 horas (para restaurar o backup e por a netware lite no ar)

Nuca mais fui neste cliente... Estranho!


10. O poder do killall

Elgio Schlemer
elgio

(usa OpenSuSE)

Enviado em 27/09/2007 - 10:39h

killall server

Mata todos os processos cujo nome seja server.

Ah, mas isto no Linux...

No Solaris, killall significa realmente o ALL!

Mata todos os processos.

Claro que um amigo meu descobriu isto da maneira mais divertida...


11. Eu naum fico atras naum...

Marcelo Egidio
mlegidio

(usa Debian)

Enviado em 27/09/2007 - 10:48h

Em 2002, em uma empresa que eu trabalhava tinha um bendito processo q quase trava o server. Não me lembro pq entrei no /etc/init.d/. Quando vi um executavel chamado halt huhahua... o pior é que me perguntei "O que é isso?" ja imaginaram nem?!
Pelo menos resolveu o problema de processamento da forma mais engraçada q ja vi...
T+


12. Re: Você já digitou comandos e se arrependeu PROFUNDAMENTE? [RESOLVIDO]

Leandro Totino Pereira
tatototino

(usa Slackware)

Enviado em 27/09/2007 - 10:49h

O meu foi o pior fiz um servidor de autenticação com openldap e só deixei no nsswitch.conf somente para os usuários autenticarem no ldap e esqueci de colocar o openldap para iniciar quando inicia o sistema.









Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts