Vivendo no CONSOLE você conseguiria?

1. Vivendo no CONSOLE você conseguiria?

Jefferson Rocha
slackjeff

(usa Slackware)

Enviado em 18/01/2017 - 03:47h

Vivemos em uma era onde somos obcecados pelo visual das coisas, mas se voltássemos no tempo e usássemos somente o console como nossos antepassado usavam... sim a tela ondr você da seu startx e ta tudo certo... Será que iria dar certo?
Desculbra hj no globo reporter kkk


Recentemente viajando no Vol, esperando minha compilação do Kdenlive acabar (15 hrs ja compilando), me deparei com um tópico de 2006, uma moça pedindo informações de como largar de vez o ambiente X e viver somente utilizando o shell ou console, pedindo informações sobre como ver um filme, música, e imagens, entre outras coisas...

E fui mais a fundo sobre este assunto (achando loucura, mas uma loucura boa), pesquisei e vi que tem muitas pessoas que sao adeptas a esse estilo "masoquista" de viver.
E vi apesar de nunca ter ido atrás por nao me interessar, da pra ver um filme, ver imagens, desenhar, fazer tudo no estilo linus torvalds em 1900 e pedrada.

Mas ai pensei bem e me deparei que principalmente os que usam Gentoo, Slackware entre outras distro mais complexas vivem mais no terminal que na interface gráfica.
Quem usa sabe, como o gcc tem o poder e a magica de deixar vc vidrado vendo o procedimento. Entre outras tarefas cotidianas, Como criar um diretorio, e muito mais facil voce dar um mkdir que ir ate o lugar e criar uma pasta no ambiente grafico.
Ou escrever um texto, rodando apenas vim arquivo.
Entre outras milhares de tarefas, o terminal te serve muito mais rapidamente, na mao de quem sabe usar.
E estou pensando em largar o X para ter uma experiência mais a fundo no console, creio que aprendizagem sera grande... E eu serei um fururo masoquista slacker, e sei que sera dificil mais pelo fato de nao ver o grafico em si, afinal por mais que eu viva no terminal os olhos conseguem ver meu ambiente grafico...

O que vocês, amigos acham afinal? Acham interessante? Se ja teve tal experiência, conte!

2 links interessantes sobre o assunto (2008):
Part1:
https://www.vivaolinux.com.br/artigo/A-Vida-no-Shell/
Part2:
https://www.vivaolinux.com.br/artigo/-A-Vida-no-Shell-(parte-2)/



  


2. Re: Vivendo no CONSOLE você conseguiria?

Marcos Souza
IUseLinux

(usa Slackware)

Enviado em 18/01/2017 - 11:10h

Eu sempre que posso uso o modo texto, só mudo pro modo gráfico porque a maioria de minhas atividades preciso do gráfico e alguns sites precisam de javascript, coisa que não funciona no modo texto( ou eu não sei que funciona), o texto é muito bom para aprender a usar terminal e entender o sistema.
"Talk is cheap, show me the code"



3. Re: Vivendo no CONSOLE você conseguiria?

Marcos Souza
IUseLinux

(usa Slackware)

Enviado em 18/01/2017 - 11:14h

sirtesla escreveu:

Nenhum masoquista? kkk
________________________________
configure complete, now type 'make' and pray.


Eu poderia dizer que sou um semi-masoquista kkkkk, afinal a metade do meu dia estou no modo texto. Acredite, com muita pesquisa da pra viver no shell sem saber sobre terminal, mas com o tempo vai aprendendo.

"Talk is cheap, show me the code"



4. Re: Vivendo no CONSOLE você conseguiria?

Jefferson Rocha
slackjeff

(usa Slackware)

Enviado em 18/01/2017 - 11:21h

IUseLinux escreveu:

sirtesla escreveu:

Nenhum masoquista? kkk
________________________________
configure complete, now type 'make' and pray.


Eu poderia dizer que sou um semi-masoquista kkkkk, afinal a metade do meu dia estou no modo texto. Acredite, com muita pesquisa da pra viver no shell sem saber sobre terminal, mas com o tempo vai aprendendo.

"Talk is cheap, show me the code"


KKKK, pois é tem muitas pessoas que usam muito o shell, eu estou pensando em tal proeza.
O problema que com Slack ficaria algo cansativo, pois compilar programas via shell é arduo, digamos que um programa "maior"l da vida que "demora" um tempo para compilar, posso por para compilar e executar outras atividades no mesmo tempo com grafico. No shell não rolaria, teria que deixar fazendo somente a compilação, fora se ter algum erro de dependencias, seria um tempo a mais que levaria, com grafico eu baixo as dependencias que "faltam" e boto em outro terminal rodar já, é uma mao na roda.
Acho que talvez eu teste com um debian netinstall que é mais facil se manter, creio eu, qualquer programa so roda o apt e baixar o programa, seria mais tranquilo.


________________________________
configure complete, now type 'make' and pray.



5. Re: Vivendo no CONSOLE você conseguiria?

Marcos Souza
IUseLinux

(usa Slackware)

Enviado em 18/01/2017 - 11:29h

sirtesla escreveu:

IUseLinux escreveu:

sirtesla escreveu:

Nenhum masoquista? kkk
________________________________
configure complete, now type 'make' and pray.


Eu poderia dizer que sou um semi-masoquista kkkkk, afinal a metade do meu dia estou no modo texto. Acredite, com muita pesquisa da pra viver no shell sem saber sobre terminal, mas com o tempo vai aprendendo.

"Talk is cheap, show me the code"


KKKK, pois é tem muitas pessoas que usam muito o shell, eu estou pensando em tal proeza.
O problema que com Slack ficaria algo cansativo, pois compilar programas via shell é arduo, digamos que um programa "maior"l da vida que "demora" um tempo para compilar, posso por para compilar e executar outras atividades no mesmo tempo com grafico. No shell não rolaria, teria que deixar fazendo somente a compilação, fora se ter algum erro de dependencias, seria um tempo a mais que levaria, com grafico eu baixo as dependencias que "faltam" e boto em outro terminal rodar já, é uma mao na roda.
Acho que talvez eu teste com um debian netinstall que é mais facil se manter, creio eu, qualquer programa so roda o apt e baixar o programa, seria mais tranquilo.


________________________________
configure complete, now type 'make' and pray.


Sim, este é um problema, também sofro com esse quesito de não poder abrir dois sheel e ficar com o navegador aberto mexendo na internet enquanto compilo um programa, e também sofro de não poder baixar dependencias enquanto tem outra aba compilando, ou poder compilar dois programas ao mesmo tempo.

"Talk is cheap, show me the code"



6. Re: Vivendo no CONSOLE você conseguiria?

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 18/01/2017 - 11:32h

Bom dia,

Muitos anos trabalhando com prompt. Hoje quero sombra e água fresca.. ;-)

Usuário de Slackware 14.2 (KDE) e Salix 14.2 (XFCE)
GNU/Linux se resume em: Perfeição !!


7. Re: Vivendo no CONSOLE você conseguiria?

Marcos Souza
IUseLinux

(usa Slackware)

Enviado em 18/01/2017 - 11:51h

Jbaf escreveu:

Bom dia,

Muitos anos trabalhando com prompt. Hoje quero sombra e água fresca.. ;-)

Usuário de Slackware 14.2 (KDE) e Salix 14.2 (XFCE)
GNU/Linux se resume em: Perfeição !!


Kkkk, realmente shell é cansativo, mas é legal.

"Talk is cheap, show me the code"



8. Re: Vivendo no CONSOLE você conseguiria?

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 18/01/2017 - 12:31h

de jeito nenhum hahaha


9. Re: Vivendo no CONSOLE você conseguiria?

LinuxWalker
Delusion

(usa openSUSE)

Enviado em 18/01/2017 - 14:29h

Apesar de eu ser apenas user final (não trabalho com T.I.), faço muita coisa pelo terminal. Por quê?
1. É mais rápido.
2. Sou fã de minimalismo, então não fico instalando software pra qualquer tarefa trivial.
3. Geralmente as ferramentas do terminal são melhores, livres de bugs e são mais atualizadas, além de funcionarem em várias distros.
4. Muitos softwares potencialmente bons ficam abandonados pelos idealizadores, assim enfrentam conflitos de libs ou versões gtk ou qt. No terminal vc tá livre disso.
5. Dependendo do que vc tá fazendo, ganha mais produtividade, mais foco, pois não há distrações! É vc e a tarefa; nada mais.
6. Acho mais elegante.
7. Não gosto de ser tratado como [*****], por exemplo, não gosto que uma GUI fique me mostrando uma figura ou bolinha carrengando enquanto o processo acontece no background.
8. E. P. A. loves us, rsrsrs.

Agora, realmente, para algumas coisas não acho prático usar terminal. Ex.: navegar na internet, extração de muitos arquivos.
Não recomendo usar só modo texto (a menos que seja servidor), mas em alguns momentos vc pode simplesmente desligar o x e divertir-se. Seu hardware também agradece.

tenham todos um ótimo e produtivo dia.


10. Re: Vivendo no CONSOLE você conseguiria?

Mauriciodez
Mauriciodez

(usa Debian)

Enviado em 18/01/2017 - 14:33h

Nemmmmmmmmmmmmmmmmmmm !!!!
___________________________________________________________________________________________
" Nem sempre é amigo aquele que te tira do buraco !!! ( Saddam Hussein )"


11. Re: Vivendo no CONSOLE você conseguiria?

Marcos Souza
IUseLinux

(usa Slackware)

Enviado em 18/01/2017 - 14:52h

wudze escreveu:

Apesar de eu ser apenas user final (não trabalho com T.I.), faço muita coisa pelo terminal. Por quê?
1. É mais rápido.
2. Sou fã de minimalismo, então não fico instalando software pra qualquer tarefa trivial.
3. Geralmente as ferramentas do terminal são melhores, livres de bugs e são mais atualizadas, além de funcionarem em várias distros.
4. Muitos softwares potencialmente bons ficam abandonados pelos idealizadores, assim enfrentam conflitos de libs ou versões gtk ou qt. No terminal vc tá livre disso.
5. Dependendo do que vc tá fazendo, ganha mais produtividade, mais foco, pois não há distrações! É vc e a tarefa; nada mais.
6. Acho mais elegante.
7. Não gosto de ser tratado como [*****], por exemplo, não gosto que uma GUI fique me mostrando uma figura ou bolinha carrengando enquanto o processo acontece no background.
8. E. P. A. loves us, rsrsrs.

Agora, realmente, para algumas coisas não acho prático usar terminal. Ex.: navegar na internet, extração de muitos arquivos.
Não recomendo usar só modo texto (a menos que seja servidor), mas em alguns momentos vc pode simplesmente desligar o x e divertir-se. Seu hardware também agradece.

tenham todos um ótimo e produtivo dia.


Concordo, o modo texto é o mais produtivo, mesmo que não permita multitarefas, as tarefas são executadas de forma mais rápida.

"Talk is cheap, show me the code"



12. Re: Vivendo no CONSOLE você conseguiria?

Luís Fernando C. Cavalheiro
lcavalheiro

(usa Slackware)

Enviado em 18/01/2017 - 15:22h

Ironicamente, eu passo muito mais tempo no X do que fora dele, apesar de ter uns 20 anos de Slackware nas costas. A razão é praticidade. Imagina postar um comentário aqui no VOL usando o links ou o lynx (eu já tentei, isso sim é masoquismo), ou ver um vídeo tendo apenas o framebuffer como driver de vídeo. Vai na fé. O propósito de ter um computador é atender as necessidades do usuário, e o terminal não me atende em algumas. Triste fato da vida, mas acontece.

Entretanto, tem uma coisa curiosa sobre o tema. Um cara uma vez se propôs a viver 30 dias apenas no shell (http://www.networkworld.com/article/3083268/linux/30-days-in-a-terminal-day-0-the-adventure-begins.html), mas ele aguentou apenas 10 (e explicou o porquê disso aqui http://www.networkworld.com/article/3090404/linux/30-days-in-a-terminal-day-10-the-experiment-is-ove.... É uma leitura que eu recomendo pra você, sirtesla.
--
Dino®
Vi veri universum vivus vici
Public GPG signature: 0x246A590B
Só Slackware é GNU/Linux e Patrick Volkerding é o seu Profeta
Mensagem do dia: Satã representa conhecimento sem limites e não auto-ilusão hipócrita. 




01 02 03



Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts