Kernel LTS [RESOLVIDO]

1. Kernel LTS [RESOLVIDO]

Alessandro
SussaLinux

(usa Arch Linux)

Enviado em 11/11/2019 - 18:41h

Saudações!
Essa é só para quem usa Arch...
Depois de 2 anos usando o Arch como minha distro principal, e, passando vez que outra por problemas ocasionados por conta de atualizações desastradas, pergunto:
Vale a pena usar por padrão a versão LTS do Kernel para dirimir esses problemas?


  


2. MELHOR RESPOSTA

niquelnausea
niquelnausea

(usa Arch Linux)

Enviado em 12/11/2019 - 01:42h

problemas ocasionados por conta de atualizações desastradas

poderia explicar melhor sobre esses problemas?
leia os anúncios com frequência, o arch precisa ser atualizado com certa frequência (maior que semanal), e nunca faça atualizações parciais. e uma das regras de ouro, o aur não é oficialmente suportado, e tua obrigação manter o que vem de lá atualizado e evitar conflitos com os pacotes oficiais.

o kernel lts é apenas uma versão mais antiga ainda suportada. é útil apenas em situações bastante especificas em que mudanças e novidades não são interessantes, ou caso tenha algum erro com o kernel padrão. até pode ser considerado mais "estável", mas por não estar em sincronia com outros pacotes, seu uso nem sempre é interessante. um exemplo são as novidades na parte de vídeo que o kernel e o mesa trouxeram, mas o kernel lts não suporta. outro exemplo é o melhor suporte para o sistema de arquivos btrfs.
lembre-se que um dos objetivos da distro é "o mais novo, sempre" (respeitando algumas regras), e isso inclui o kernel. infelizmente neste processo, muitas vezes hardware mais antigo deixa de ser suportado, e os possíveis bugs das novidades fazem parte do processo.

se precisa de kernel mais antigo, o manjaro ou outra distro pode ser mais interessante.

3. Re: Kernel LTS

augusto
marimbondo

(usa Outra)

Enviado em 11/11/2019 - 21:04h

Atualizações desastrosas? Como assim?
Há vários motivos por que você pode encontrar problemas.
As vezes, algum pacote específico foi mudado upstream, e então cabe ao usuário fazer as configurações que precisam ser feitas nos outros programas que interagem com ele. Ou seja, tem coisas fora da jurisdição do Pacman..

Mas se você está encontrando essa dificuldade que disse, pode tentar fazer update todo dia primeiro de cada mês. Assim, você terá menos chance sincronizar um código meio desamarrado no meio do mês...

O pacote do LTS é um kernel oficial, assim como o zen liquorix, o hardened, etc. Porém, você vai precisar instalar os headers do LTS, DMKS do LTS para o VBox etc. Fazendo as alterações necessárias, não acho que exista problema vc usar um LTS.

PS: Nada melhor do que compilar sue próprio kernel no Arch


4. Re: Kernel LTS [RESOLVIDO]

Xerxes Lins
xerxeslins

(usa Red Hat)

Enviado em 12/11/2019 - 11:09h

Eu uso sempre kernel mais novo. Uma vez fui usar o tal do zen kernel no Arch e minhas reproduções de vídeo ficaram um lixo. No caso do LTS acho que só vale para cenários onde no precisa tocar muito no sistema. Pra usuário vai com o mais novo.


--
"There are lots of Linux users who don't care how the kernel works, but only want to use it. That is a tribute to how good Linux is." - Linus Torvalds



5. Re: Kernel LTS [RESOLVIDO]

Alessandro
SussaLinux

(usa Arch Linux)

Enviado em 12/11/2019 - 16:58h

Verdade.
Os problemas podem tem sido ocasionados por programas que instalei via AUR.
Mesmo que se use o pacman para instalar código fonte recém compilado, o próprio pacman não atualizará isso, tal como faz com o que vem dos repositórios oficiais da distro.






Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts