Desistindo do linux [RESOLVIDO]

1. Desistindo do linux [RESOLVIDO]

Alessandro Magno
eljusticeiro

(usa Debian)

Enviado em 14/10/2009 - 16:26h

É galera,

Tá complicado viu, tentamos na nossa empresa várias distribuições linux, tentamos treinamentos para usuários, mas parece que a Comunicade Linux morreu, as distribuições estão cada vez com mais pau, sem resoluções. Até o debian puro decide tirar o firefox.... esta foi a gota dágua..

Kde 4x uma porcaria cheia de paus... tá [*****]...

Minha diretoria já pediu para colocar tudo Microsoft, estamos fazendo cotação para comprar 60 windows e 60 office. tá [*****]. .. alguém ai consegue me dar uma luz??? Uma distribuição linux fácil ??? Compatível com o nível intelectual dos nossos usuários ??? Antes que agente compre tudo ???


Me salvem.


  


2. Não desista!

Alexandro Felix
rideick

(usa Ubuntu)

Enviado em 14/10/2009 - 16:30h

Amigão,

Quais seus principais problemas?

Bugs?
Incompatibilidade?
Usuários?

Quais distros você já tentou? pelo visto você tentou Debian em desktop, jamais aconselharia isto.

EM relação ao KDE, a última versão dele está bem estável, tenho usado frequentemente.


3. Opa..

Alessandro Magno
eljusticeiro

(usa Debian)

Enviado em 14/10/2009 - 16:40h

Cara... a que mais usamos foi a Kurumin NG, mas infelizmente foi descontinuada, e com máquinas novas, tivemos que procurar outras distribuições.

O KDE 4 tá muito pesado e difícil de usar, pelo menos nas máquinas mais antigas.

O Problema que temos muito é incompatibilidade de Ms Office com BR Office também.

O que já usamos
Kubuntu
Kurumin
Big Linux
Fedora
Open suse

Estas já usamos. mas já instalamos quase todas que achamos para baixar.

O Interessante é que tivéssemos uma versão estável e que funcionasse em todas as máquinas, fazendo um parque homogenio.. Mas acho que isso é só Windows Mesmo.




4. Re: Desistindo do linux [RESOLVIDO]

Andre (pinduvoz)
pinduvoz

(usa Debian)

Enviado em 14/10/2009 - 16:57h

Eu acho que vc pode usar Ubuntu nas máquinas melhores e Xubuntu nas demais, pois os ambientes gráficos são parecidos (no Xubuntu, o XFCE imita o Gnome) e os programas são os mesmos (Firefox e OpenOffice).

Agora, 60 Office + 60 Windows, vai dar uns R$100.000,00, que podem muito bem serem usados para comprar 60 máquinas novas, aptas a rodar qualquer Linux.


5. Re: Desistindo do linux [RESOLVIDO]

Andre (pinduvoz)
pinduvoz

(usa Debian)

Enviado em 14/10/2009 - 17:11h

Outra coisa:

- teste o o Lotus Symphony, para textos e planilhas;

- teste o Abiword, pois ele se dá melhor com .doc do que o OpenOffice;

- teste os "pagos" (baratos) que prometem compatibilidade total. Ex:

http://www.softmaker.com/brasil/index_br.htm


6. Re: Desistindo do linux [RESOLVIDO]

Perfil removido
removido

(usa Nenhuma)

Enviado em 14/10/2009 - 17:22h

Eu acredito que o Ubuntu é uma boa saída. Quanto ao lotus symphony, eu uso aqui e é muito bom.


7. Re: Desistindo do linux [RESOLVIDO]

Sergio Teixeira - Linux User # 499126
Teixeira

(usa Linux Mint)

Enviado em 14/10/2009 - 17:38h

Tenho visto inúmeras ( pelo menos mais de 400 )instalações extremamente bem sucedidas, e tenho tido notícia de muitas outras.

Como já trabalhei por muitos anos em implantação de sistemas sei por experiência própria que o índice de rejeição às "novidades que incomodam" é altíssimo.

Ninguém quer correr o risco de ter contestada a sua competência diante de um sistema informatizado (o "terrível computador") ou, de um mero editor de textos, quanto mais de um sistema operacional "desconhecido".

Acontece porém que esse sistema "desconhecido" é baseado de alguma forma no sistema que o mundo inteiro consagrou - o Unix - por ser de longe o mais estável e confiável. Basta dizer que a própria internet é baseada nele e em nenhum outro.

Muito embora eu não recomendasse Ubuntu para uso profissional (apenas por questões de escolha pessoal) essas 400 instalações são baseadas nele, e o software proprietário foi radicalmente abolido. Simples assim.

Não existe necessidade NENHUMA da alegada "compatibilidade" entre arquivos proprietários e não-proprietários. Isso é coisa de quem está simplesmente impondo obstáculos.
A produtividade é bem maior com arquivos ODF que com RTF. Ninguém morre por ter de utilizar uma planilha "open-source".
Conte em uma empresa a quantidade de usuários ditos "avançados", ou de desenvolvedores "avançados" ou de qualquer "avançado" da vida...
A própria Microsoft admite que apenas 2% dos programadores estão capacitados a desenvolver arquivos OCX.

Em um ambiente de trabalho, trabalha-se.
Diletantismo pratica-se em casa.

Portanto, a menos que alguém precise realmente usar o AutoCAD ou programa similar em grau de excelência e que roda exclusivamente no Windows, não precisará de forma alguma fazer pressão para continuar com software proprietário especialmente em um ambiente de trabalho em grupo.

Quem não é quadrado, se vira, e se adequa!

No momento, estou usando o Big Linux. Ele me atende melhor que outros que andei testando. Vem com um repertório de aplicativos que não deixa em nada a desejar.
Meu Windows já está sem o MS-Office (consegui me livrar dele definitivamente, pois atualmente é mais incômodo do que realmente útil) e o Internet Explorer somente é usado para testar desenvolvimento de sites.

Esteja certo de que mais de 80% dos problemas encontrados referem-se a má vontade e a sabotagens ideológicas.
Como diz o Datena, "essa é a grande realidade".

E se vocês tem problemas com a Caixa Econômica, por exemplo, basta pressionar a Caixa para fazer valer seus direitos de usuários/consumidores.

Tudo o mais funciona - e muito bem - no Linux.

Tem gente que chora de barriga cheia.
E se esses desenvolvedores de software proprietário falissem, ou saissem repentinamente do mercado?
Será que as empresas do mundo inteiro parariam de trabalhar, ou procurariam adequar-se?

Note que não estou defendendo "o Linux", mas o próprio patrimônio de SUA empresa.
Perceba que toda a argumentação para "abandonar o Linux" - ou qualquer procedimento administrativo ou sistema operacional que seja - é furada, e não se apoia em fatos, porém em conjeturas e filosofias.
Linux dá problemas SIM, mas na pior das hipóteses, em número igual ou semelhante ao Windows.

O linux simplesmente não foi aceito, e ponto final (TUDO BEM), porém sem um motivo realmente justo.

Aranjem um motivo JUSTO e eu farei coro com vocês.
Mas é interessante observar que enquanto uns aceitam sem pestanejar e acertam, outros erram por simplemente não procurar mudar.





8. !!!

Juliao Junior
juliaojunior

(usa Debian)

Enviado em 14/10/2009 - 17:54h

"Esteja certo de que mais de 80% dos problemas encontrados referem-se a má vontade e a sabotagens ideológicas."

Com certeza, essa é a verdade. Não há lógica alguma em pensar que as distribuições estão 'cheias de pau'. Talvez o responsável não entenda realmente de redes e sistemas, aí sim aparecem os problemas. Mesmo assim, com um mínimo de experiência (e lógica) fica claro que não há necessidade de radicalismo.

Existem programas absurdamente dependentes do Windows, tipo AutoCAD? Se houver, então está justificada a escolha. Mas se a dependência são os programas de escritório, tipo Word e Power Point, é forçar a barra dizer que as distros estão com problemas. Certamente a sabotagem é a causa, e nada mais.

Outro ponto certo: instalar sistemas atuais em Pentium MMX é de lascar. Não adianta trocar Linux pelo Windows, que será pior. Além de todas as licenças (supondo nada de pirataria) ainda serão necessárias outras máquinas.

Se for possível driblar a má vontade e a sabotagem, há chance de uma boa implementação do Linux. Senão...


9. Re: Desistindo do linux [RESOLVIDO]

anna kamilla
annakamilla

(usa Manjaro Linux)

Enviado em 14/10/2009 - 18:12h

e mandriva??

muito boa gostei dela.




10. Distribuição

Neto
netocba

(usa Debian)

Enviado em 14/10/2009 - 18:20h

Olá amigo , estamos com quase ps mesmo problemas que o seu , mais estamos trabalhando e lutando para não deixar Windows e colocar pelo menos 95% Linux , aqui é uma FACULDADE onde temos laboratorios , biblioteca , e o restante são setores administrativos , onde a biblioteca ja está 100% linux , no começo tive problema com Broffice , onde alguns alunos estavão salvando os documentos no formato .odt , ai quando eles chegavam em suas casas não consegui abrir os arquivos , o que fiz coloquei as Versões BRoffice todas 3.1 onde ja é compativel docx e coloquei para salvar automatico office 97/2000/xp

e tem mais coisas que fizemos aqui
qualquer duvida add ai

[email protected]

t mais.


11. Re: Desistindo do linux [RESOLVIDO]

Genesco Sousa
gesousa

(usa Ubuntu)

Enviado em 14/10/2009 - 18:51h

lol

60 windows e 60 office

Bom para começar, o windows xp, foi descontinuado, então vc terá que instalar os "ultra leves"

Windows Vista Bussines ou Windows 7 Bussines

Bom como suas maquinas não serão atualizadas e sim instaladas a versão do windows completa, vc não se enquadra no programa de FFP (Contratos de Licença de Volume) ou OEM..

1. Existem duas maneiras legais de se adquirir uma licença completa para estações Windows: através de seu fornecedor de hardware (OEM/Integrador) ou em “caixinha”, conhecida como FPP (Full Packaged Product).

2. As licenças por volume cobrem apenas as atualizações do sistema operacional de estações Windows.

3. As licenças do sistema operacional OEM começam e terminam em cada PC, ou seja, elas não são transferíveis.

Bom mesmo que pela quantidade vc consiga um preço ótimo... vc deve conseguir cada licença do windows em torno de R$ 400,00.

ou seja 400,00 x 60 = 24.000,00

Office Standart 2007

599,00 x 60 = 36.000,00

Não vou incluir aqui o preço de um servidor exchange e windows 2003 para controle de dominio (pois imagino que ainda possa usar linux)


então esta simples brincadeira vai custar no minimo 50.000,00 reais ...

Sendo que duvido que parte do seu parque de máquinas não seja trocados ou tenham que ser feitos upgrades... para a dupla super hiper leve "windows vista + Office 2007".


sendo assim calculo algo entre 80.000,00 há 100.000,00 no minimo para uma implementação deste porte..

Isto eu estou colocando apenas o básico máquinas + windows + office, ainda não incluir os softwares de terceiros (antivirus, exchange, erp, crm) custo de migração (treinamento, contratação de pessoal, readequação de programas e documentos) tempo e dor de cabeça...

Mas se tudo isto acima ainda não te convenceu, a minha questão é só uma, com metade deste valor vc contrata uma empresa de suporte linux como a suse, red hat, para adequar a solução deles a suas necessidade e ter realmente um suporte e sistema estável e garantido. e ainda troca as maquinas problemáticas ... tendo um parque realmente homogêneo.




12. Re: Desistindo do linux [RESOLVIDO]

albert guedes
albertguedes

(usa Debian)

Enviado em 14/10/2009 - 19:10h

Bom, esse seu post vai ser mais um desabafo do que procura de solução, porque resolver um problema de empresa, na complexidade que você tá precisando, aconselho procurar uma consultoria em Linux especializada amigo.



01 02 03



Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts