WindowMaker - Dockando na marra

Publicado por Fernando de Sá Moreira em 09/08/2006

[ Hits: 6.459 ]

Blog: http://lattes.cnpq.br/2269235326367932

 


WindowMaker - Dockando na marra



Essa é pra quem deseja dockar uma aplicação que não cria automaticamente um AppIcon no WindowMaker:

Há várias aplicações que, por problemas no código, não são 100% compatíveis com o WindowMaker. Elas funcionam sem problemas, mas não criam um AppIcon, o que dificulta o controle da aplicação, como também dificulta o acesso a mesma (não se consegue dockar ela). Para resolver esse problema, para dockar qualquer aplicação, há duas formas distintas:

1. A mais fácil

  • Abra a aplicação;
  • Clique com o botão direito na barra de título da aplicação;
  • Vá em "Atributos";
  • Selecione "Opções avançadas";
  • Marca a caixa "Emulate application icon";
  • Salve, aplique e abra a aplicação novamente.

Se, ao usar esse método, não aparecer o AppIcon do programa, tente a parte mais difícil:

2. O mais difícil


Esse método tem que ser utilizado fora do WindowMaker. Portanto feche-o e use o terminal ou outro gerenciador de janelas de usa preferência (GNOME, KDE etc).

Abra o seguinte arquivo com um editor de textos qualquer: ~/GNUstep/Defaults/WMState

$ vi ~/GNUstep/Defaults/WMState # por exemplo

Você encontrará um arquivo cheio de informações como essa:

{
  Dock = {
    Lowered = No;
    Applications1024 = (
      {
        Name = Logo.WMDock;
        Lock = No;
        AutoLaunch = No;
        Command = "-";
        Position = "0,0";
        Forced = No;
        BuggyApplication = No;
      },
      {
        PasteCommand = "wmCalClock -24 %s";
        Name = wmCalClock.wmCalClock;
        Lock = Yes;
        AutoLaunch = Yes;
        Command = "wmCalClock -24";
        Position = "0,4";
        Forced = No;
        BuggyApplication = No;
      },

perceba que essa é a descrição dos AppIcons que estão no Dock e no Clip.

Para adicionar um AppIcon no Dock, coloque depois do primeiro "},":

      {
        PasteCommand = [comando a ser executado com o botão do meio];
        Name = [nome da aplicação] (sugiro nome_da_aplicação seguido de .Nome_da_aplicação novamente, xterm.Xterm, por exemplo)];
        Lock = Yes;
        AutoLaunch = Yes; (se você quiser que seja executado ao iniciar o WM)
        Command = [comando da aplicação];
        Position = "0,4"; (se você tiver 3 aplicação já  dockadas anteriormente use "0,3", se tiver 2 use "0.2" e assim sucessivamente)
        Forced = No;
        BuggyApplication = No;
      },

Se o Xterm tivesse problemas para dockar eu usaria os seguintes parâmetros (supondo que já tenham 4 AppIcons na área do Dock):

      {
        PasteCommand = "xterm %s";
        Name = xterm.Xterm;
        Lock = Yes;
        AutoLaunch = No;
        Command = xterm;
        Position = "0,4";
        Forced = No;
        BuggyApplication = No;
      },

Salve o arquivo e abra esse outro: ~/GNUstep/Defaults/WMWindowAttributes

Você vai encontrar o seguinte cenário:

{
  tool_options.Gimp = {
    AlwaysUserIcon = Yes;
    Icon = "wmaker-gimp-tooloption.tif";
  };
  wesnoth.Wesnoth = {
    Icon = "wesnoth-icon.png";
  };
  SDL_App.SDL_App = {
    Icon = DefaultAppIcon.tiff;
  };

Esse é o arquivo que associa uma aplicação a um ícone. A exemplo do caso anterior, adicione depois do primeiro "};":

[nome usado anteriormente] = {
  Icon = [localização do ícone que você deseja];
};

Na dúvida de que ícone colocar, use DefaultAppIcon.tiff.

No exemplo do Xterm:

xterm.Xterm = {
  Icon = DefaultAppIcon.tiff;
};

Salve o arquivo e inicie o WindowMaker.

Pronto, o AppIcon estará dockado na última posição da área do Dock, agora você pode manipular a aplicação facilmente através das configurações do AppIcon, inclusive mudar os parâmetros definidos, ícone etc.

Obs.: Geralmente, quando o segundo caso é aplicado, haverá problemas na abertura da aplicação: o appicon ficará esbranquiçado (como se ainda tivesse abrindo) mesmo depois de ter sido completamente iniciado. Por esse motivo, não será possível executar mais de uma instância da aplicação por vez através desse AppIcon, mas em boa parte dos casos, uma instância será o suficiente.

Obs. 2: Não esqueça de fazer o backup dos arquivos de configuração que serão alterados, assim, em caso de qualquer problema, poder-se-á facilmente retornar às configurações anteriores:

$ cd ~/GNUstep/Defaults
$ cp WMState WMState.backup
$ cp WMWindowAttributes WMWindowAttributes.backup


Outras dicas deste autor

Substituir o hotplug pelo udev no Debian

TDE - ambiente desktop brasileiro

Achando pacotes RPM

Sincronizar hora de um host Windows através de um host Linux com Samba

Instalar o Xpde no GDM

Leitura recomendada

Tweaks no Elementary OS

Horário de Verão

Colocar o syntax highlighting do Vim funcionando corretamente

Teclado multilíngue (exemplo: português/polonês)

Aceleração (re)compilações no Gentoo

  

Comentários
[1] Comentário enviado por gotslack em 10/08/2006 - 01:01h

embora acredite que merecera um artigo inteiro, ótima dica! ;D
to pensando em testar opções além do kde, gnome e flux. windowmaker é bom, bonito e leve?

abraço!
/gotslack

[2] Comentário enviado por fsamoreira em 12/08/2006 - 08:44h

o window maker é maravilhoso quando se aprende a usar. é leve tbm, acho que um pouco mais pesado q o flux, mas não tanto. tem galera q nao gosta do visual dele, mas com o tema certo é maravilhoso.

de uma olhada nessa artigo q eu publiquei:
http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=5061

[3] Comentário enviado por removido em 30/08/2006 - 16:39h

otima dica, apenas complementando...
tem aplicacoes que por padrao nao possuem a barra de titulo nem a barra inferior ex: xmms
entao possui um atalho pelo teclado para acessar o menbu da barra que e:
[Ctrl] + [Esc] na janela elecionada



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts