Webcams: luz, camera, ação!

Publicado por Perfil removido em 30/05/2009

[ Hits: 6.604 ]

 


Webcams: luz, camera, ação!



Bom, é um fato conhecido dos fotógrafos e diretores de cinema que iluminação é quase tudo na sua arte. Mas nós, usuários de Linux e outros SOs, não temos tanta afinidade com essa arte.

Sabe aquela sua webcam velha e ruim pra caramba? Você não precisa jogar fora. Ponha luz nela! Ou seja, adquira um meio de iluminar a sua cara ou o que você pretende capturar com a referida webcam.

Hoje alguns modelos trazem até uma luzinha de led ou similar embutida, tamanha a importância da iluminação.

Tirei três fotos para ilustrar esse trabalho, usando o Ubuntu 8.10, Cheese e minha veeeeelha Logitech QuickCam Express, reconhecidamente um modelo de péssima definição.

No primeiro caso, usei uma lampada fluorescente na parte de trás do monitor:
Linux: Webcams: luz, camera, ação!
No segundo caso, usei somente a iluminação ambiente:
Linux: Webcams: luz, camera, ação!
No terceiro, somente a lâmpada fluorescente na parte de trás do monitor:
Linux: Webcams: luz, camera, ação!
Na minha modesta opinião, o melhor resultado ficou para a 3ª opção. Se bem que essa careta feia não tem conserto, a feiúra ficou em alta definição...

Para o plano de fundo, usei um edredom jogado por cima do armário... hehehe

Daí tiramos algumas conclusões simples:

1) use iluminação extra por trás da web, sempre iluminando o objeto a ser capturado (princípio básico de fotografia) - não conte somente com a luz do monitor;

2) sempre que possível, use luz fluorescente;

3) use um plano de fundo sem coloridos (cor sólida) e de preferência claro (ex.: uma parede branca vazia, um pano de telão, ou mesmo um lençol estendido);

4) no caso de pessoas, usar camisas claras melhora o resultado final.

Parece tolice o que acabei de escrever, mas é a pura realidade. Medidas simples assim podem melhorar absurdamente a qualidade de imagem de qualquer webcam, mesmo as mais baratas e antigas.

Outras dicas deste autor

O que fazer depois de instalar o Debian 8

Atualizando o firmware dos modens HUAWEI

Adquirindo o Cedega Trial

Problemas pós-instalação no Beryl

Como desinstalar o Netbeans [vídeo]

Leitura recomendada

Virtualização de sistemas operacionais com o Sun xVM VirtualBox

Instalando o Windows XP no Virtualbox do FeniX Extreme Linux

OpenSUSE a partir do pendrive

Instalando D-Link DWL-520+ no Debian 4 (Etch)

Documentário: INPROPRIETÁRIO: O Mundo do Software Livre

  

Comentários
[1] Comentário enviado por Teixeira em 31/05/2009 - 10:11h

Uma solução mais "profissional" seria a de usar duas fontes de luz desbalanceadas, evitando-se a iluminação totalmente frontal, mas deslocada à direita e à esquerda, separadas de 1 a 2m entre si. O importante não é a distância, porém o ângulo, já que o usuário estará sempre na mesma posição relativa.
Sugiro lâmpadas eletrônicas, sendo uma de 15 a 18W e outra de 9W.
Experimente também coloca-las em alturas diferentes, sendo que a mais forte deverá nesse caso ficar mais alta em relação à outra, para evitar aquele efeito de "filme de terror", quando a iluminação vem de baixo.
Dessa forma, conseguimos evitar aqueles "brilhos" excessivamente brancos, bem como a formação de sombras que poderiam modificar o volume do nariz, etc.
E, sim, é verdade que se podem obter ótimos resultados com uma webcam de baixa resolução.
O segredo é experimentar.

P.S.
Também acho importante colocar um fundo conforme descrito, para evitar certos inconvenientes como passar alguém em trajes íntimos pela sala e sair em rede mundial.

[2] Comentário enviado por juliaojunior em 31/05/2009 - 11:59h

Outro ponto importante é a roupa que estamos usando. Roupas listradas são uma péssima escolha. O melhor é usar roupas de cores sólidas, preferencialmente escuras.



Contribuir com comentário