Usando o pipe

Publicado por Leonardo Xavier em 26/12/2004

[ Hits: 65.591 ]

Blog: http://discordando-do-mundo.blogspot.com/

 


Usando o pipe



Como iniciante no Linux pude perceber a relevância do pipe para tornar os comandos do shell mais práticos e mais fáceis de serem escritos e portando decidi compartilhar minha experiência sobre este comando.

O pipe é um das maneiras que o Linux pode utilizar para comunicação entre processos. De uma maneira simplória poderíamos dizer que o pipe nada mais é do que o encadeamento de processos. Ao primeiro olhar o pipe pode até não chamar atenção dos principiantes, mas trata-se de um ferramenta muito poderosa. Esse encadeamento de processo pode ser ativado pelo usuário através do comando "|". Agora vamos demonstrar no exemplo abaixo a potencialidade dessa ferramenta:

$ ls | grep b | sort -r | tee arquivo.out | wc -l

  • O comando "ls", como bem sabemos, lista o conteúdo do diretório, porém devido ao pipe ele não envia o resultado para tela e sim ao comando "grep b".
  • O comando "grep b" por sua vez filtra os nomes de arquivos que contém a letra "b". Devido ao segundo pipe a saída do comando "grep b" é enviada para "sort -r", que classifica os nomes em ordem crescente.
  • A saída do "sort -r " é então passada pra o comando "tee", que divide os dados em dois, como se fosse uma conexão em t, fazendo com que as informações processadas pelo comando "sort -r" sejam escritas no arquivo "arquivo.out".
  • Então o comando "wc -l" conta as linhas do arquivo "arquivo.out". Assim obtemos como resultado a quantidade de arquivos que contém a letra "b" impresso na tela e o nome desses arquivos em "arquivo.out".

Espero que esse exemplo tenha sido bastante ilustrativo e ajude os iniciantes no Linux a perceberem a importância do pipe na comunicação de processos.

Outras dicas deste autor

Lançamento do Debian Zine

Live CDs, uma boa sugestão para os iniciantes

Leitura recomendada

Conhecendo um pouco sobre Thin-Client

Gerenciando emails pelo console no Fedora Core 5

Corrigindo problemas no HD

Seu mouse corre para o canto da tela e trava?

Faça um test drive do Linux!

  

Comentários
[1] Comentário enviado por difyca em 14/10/2006 - 23:08h

Bacana o seu exemplo de uso de pipe

[2] Comentário enviado por LAURIANODUARTE em 23/03/2015 - 18:50h


Muito bom mesmo, bem explicativo.

[3] Comentário enviado por FcoMarcos em 18/05/2016 - 20:38h

Excelente Exemplo de uso o Pipe.



Contribuir com comentário