Usando o giFT para conectar via rede fast track (Kazaa)

Publicado por Yjacionny da luz em 26/05/2005

[ Hits: 7.168 ]

 


Usando o giFT para conectar via rede fast track (Kazaa)



Eu não gostei muito de usar o kazaa via wine, achei meio lento, já tinha ouvido falar sobre o gift, mas ainda não tinha tentado mexer nele.

Comecei a tentar usá-lo (gift) e ele conectava normalmente na rede gnutella, mas pra conectar via rede fast track (kazaa) é necessário um outro pacote e achei uma página com o passo a passo pra instalar e configurar e fui tentando, com tentativa e erro, já que não sou muito bom com comandos via texto, até que consegui, eu estou usando ele agora, nota 10. Passo o link do site:
Creio que seria interessante, se possível claro, ele já vir nas próximas versões do Kurumin, configurado pra rede fast track.

[ ]'s

-------------"Salamandra studios site"-----------------------
EDITADO

Receita rápida de atualização de todos os plugins. Abra um terminal e digite:

$ cd /etc/apt
$ sudo echo >> /etc/apt/sources.list deb http://hal.iwr.uni-heidelberg.de/debian/ gift/
$ sudo apt-get update
$ sudo apt-get -y install gift
$ sudo apt-get -y install libgnutella-gift
$ sudo apt-get -y install libfasttrack-gift
$ sudo apt-get -y install libopenft-gift
$ sudo apt-get -y install apollon


Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Configurando Ktranslator no Kubuntu 9.04

Instalando Google Chrome no Manjaro e no Arch

Procura um browser leve? Use o Epiphany!

Instalando o xampp no Ubuntu

Terminal - O Canivete Suíço do Linux

  

Comentários
[1] Comentário enviado por morvan em 30/05/2005 - 15:07h

Yjacionny da luz, é uma ótima dica. Mas sugiro a você e a outros internautas que compilem o Apollon.
No sítio: http://apollon.sourceforge.net/files.html
tem os arquivos - binários ou executáveis, quer dizer, para Linux também tem um instalador - os quais fazem tudo, descompactam e instalam). Já para o problema do Kazaa, existe o Gift-FastTrack, o qual pode ser baixado a partir de http://developer.berlios.de/project/showfiles.php?group_id=809

É só compilar e está pronto para ser usado e detectado pelo Apollon.
Boa sorte e bons "downloads" a todos.

[2] Comentário enviado por morvan em 30/05/2005 - 15:10h

Um lembrete ao pessoal que vai compilar o Apollon: no sítio do Apollon, ao pegar os fontes, aponte para o atalho "All-in-one installer", pois ali já há o módulo Descompactador-Compilador e os Plugins.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts