Usando dois ambientes gráficos no Ubuntu: Gnome e KDE

Publicado por Perfil removido em 09/01/2010

[ Hits: 25.609 ]

 


Usando dois ambientes gráficos no Ubuntu: Gnome e KDE



Aderir ao Linux pra mim foi um das escolhas mais inteligentes que eu já fiz nessa vida de computeiro. E o Ubuntu me conquistou de vez. Cada dia eu descubro algo interessante.

A última que me chamou a atenção foi poder ter vários ambientes gráficos instalados. Eu prefiro o Ubuntu padrão com Gnome, mas como gosto de explorar, instalei o KDE nele. O Ubuntu tem uma versão específica com o KDE como ambiente padrão, o Kubuntu, e mesmo que você não tenha o KDE pode instalar programas do KDE no Gnome pela Central de Programas do Ubuntu mesmo.

Meu exemplo principal é o Bilbo, programa para postagem em blog feito pra KDE, mas que eu uso no meu Ubuntu com GNOME. Mas o foco aqui é ter a base no Ubuntu com a possibilidade de poder usar algumas funcionalidades e se deliciar com o visual do KDE.

Vamos à instalação.

1) vá em "Sistema -> Administração -> Gerenciador de Pacotes Synaptic". Lá, faça uma pesquisa por "kubuntu" e marque "kubuntu-desktop" para instalação, e também confirme a instalação dos pacotes adicionais requeridos.

2) aplique as mudanças. Durante o processo de instalação vai aparecer um diálogo perguntando qual ambiente você quer usar por padrão. Marque "gdm" para GNOME ou "kdm" para KDE - eu escolhi "gdm".

3) siga o assistente e, após concluída a instalação, você já pode encerrar a sessão e na tela de login escolher na opção de sessão qual ambiente quer usar. Talvez ocorra com você o que ocorreu comigo, e na a tela de splash na inicialização e no encerramento apareça a logo azul do Kubuntu com a barra de progresso no lugar da logo padrão do Ubuntu - que na versão 9.10 é uma tela preta com o logo prata brilhante no centro. Isso pode ser resolvido facilmente com a instalação de um programinha. No Ubuntu, com ambiente GNOME, na Central de Programas pesquise por "StartUP-Manager" e o instale.

4) depois de instalado ele fica em "Sistema -> Administração". Na aba "Aparência", escolha o tema do splash "usplash-theme-ubuntu" para voltar ao tema original do Ubuntu, ou deixe "usplash-theme-kubuntu" se preferir o do Kubuntu - eu optei por voltar ao tema padrão do Ubuntu.

Junto com a instalação do KDE vêm vários aplicativos essenciais deste ambiente, alguns com a mesma função dos do GNOME, sendo que você pode usar os do GNOME no KDE e vice-versa. Os aplicativos de sistema, atualização, gerenciador de pacotes e etc continuam sendo os que vieram instalados com o Ubuntu com GNOME.

Pra mim tudo bem, mas muita gente reclama que os menus e programas do KDE ficam misturados lá no menu do GNOME, mas você pode mudar isso e marcar os itens que você quer para que apareçam só no KDE. Para isso, lá no KDE, no menu K, clique com o botão contrário e acesse o editor de menus, selecione o item e o marque pra ser exibido somente no KDE.

Original em: http://www.pedro-araujo.com/
Referência (em inglês): http://www.psychocats.net/ubuntu/kde

Outras dicas deste autor

Flashplugin para navegadores no Debian Lenny 64 bits

Baixando arquivos do Rapidshare com Free Rapid

Grupo de usuários de SL de Chapecó

Deletando thumbnails para liberar espaço

Pacotão de skins para o XMMS

Leitura recomendada

Descompactando qualquer tipo de arquivo (Debian/Derivados)

Google Chrome e os discos SSD

Informações da bateria no Acer Aspire One

Site português com wallpapers excelentes

Windows media player vai rodar no Linux

  

Comentários
[1] Comentário enviado por rony_souza em 09/01/2010 - 14:36h

Ola qro instalar o kde mais dezem que é pesado

o que vc acha? consome muitos recursos?

posso escolher o ambiente na hora de logar o sistema?.

o Compiz Fusion, funciona em conjunto com o kde?

abs

[2] Comentário enviado por removido em 09/01/2010 - 16:08h

Então, Rony (chiaba), não vou negar que isso pode afetar um pouco a performance do sistema, mas não é algo que incomode - a menos que você tenha pouca memória RAM, tipo, menos que 1 Giga (no meu caso tenho 2,5 de RAM e nem senti diferença).

O KDE precisa de um pouco mais de recursos de hardware que o GNOME, mas não custa nada testar. Se você quer só o KDE indico instalar o Kubuntu (como disse na dica). Ter só o KDE ou só o GNOME instalado é melhor pro desempenho do que ter os dois - a minha dica acima vale se você já tem Ubuntu com GNOME e quer adicionar o KDE pra usar os dois ao mesmo tempo.

E sim, você pode escolher qual usar na hora do login: no Ubuntu 9.10 a lista de ambientes gráficos disponíveis fica no rodapé da tela de login, ao lado das opções de idioma e acessibilidade, numa combobox pra você escolher o tipo de sessão, ou seja, qual ambiente usar: GNOME, KDE ou xterm, por exemplo.

Quanto ao Compiz, eu só o usei uma vez no GNOME, não sei dizer com segurança em relação a ele com o KDE pois nunca testei, mas já li por cima algo relacionado nos blogs por aí, e creio que deve ter uma forma sim, só não testei.

[3] Comentário enviado por alefesampaio em 10/01/2010 - 01:14h

Rapaz uma das grandes porcaria, que já inventaram para o Ubuntu foi deixa a opção de usar Kde, pois não tem estabilidade fica muito pesado sem contar os bugs..
Digo uma frase do Leôncio com pica pau “ Certa coisa não devem mudar “ Ubuntu nasceu para Gnome , Madruga para apanha da dona Florinda, e Pica pau para se dar bem contra o Leôncio e o Palmeiras para ganha todas as vezes dos Corinthians em time que ta ganhando não se devem mexer Kde no Ubuntu e Gabiara mal feita.


[4] Comentário enviado por juliaojunior em 10/01/2010 - 20:05h

Na verdade, alguns dizem que o Gnome pesa mais que o KDE. Nunca procurei conferir, mas eu até acredito.

Agora, para colocar os programas dos dois funcionando juntos já é outra coisa. Realmente fica mais pesado por um simples motivo: Usando no Gnome os programas KDE (ou vice-versa) você precisará ter as bibliotecas dos dois ambientes rodando ao mesmo tempo. Isso é certo, pois muitos programas do KDE são praticamente parte integrante do sistema.

Então que pesa mais realmente pesa. Mas com uma RAM de 56494654 gigas, não dá para sentir nem cosquinha. :)

[5] Comentário enviado por izaias em 08/03/2010 - 22:33h

Beleza Pedro! Mas como desinstala o KDE do Ubuntu, deixando o Gnome, claro.
Valeu!!!

[6] Comentário enviado por removido em 09/03/2010 - 08:23h

É só repetir o passo de número 1 da instalação, só que desta vez é claro o processo é desmarcar os pacotes na lista do Synaptic (na verdade é só selecionar o pacote 'kubuntu-desktop' e clicar no menu pop-up dele em 'Marcar para remoção completa' e confirmar a desintalação automática das dependências). Aí é só clicar em 'Aplicar' na barra de ferramentas, bem simples, o Synaptic faz todo o 'trabalho sujo' sozinho.

Eu particularmente tinha desinstalado o KDE, mas depois instalei denovo. O KDE e suas bibliotecas, na minha opinião, é mais completo na parte de multimídia (eu tinha uns DVDs+RW onde gravo a série LOST pra assistir no meu aparelho de DVD na televisão bem confortável no sofá da sala e o GNOME e suas ferramentas não conseguiam reconhecer o disco, eu tentei várias opções, até que fiz do jeito 'Seu Lunga': instalei o KDE só pra poder ler e gravar nesses DVDs, foi só inserir que ele reconheceu e gravei fácil-fácil pelo K3B.

Eu ainda prefiro o GNOME nas tarefas do dia-a-dia, mas tenho descoberto muitas coisas no KDE, se puder ter os dois juntos eu acho melhor, aliás, é por isso que eu digo: "VIVA O LINUX"!

[7] Comentário enviado por izaias em 12/03/2010 - 13:33h

Como vai, Pedro?!

E tem gente que não gosta ou nem quer saber de Linux.
Valeu cara !!!

[8] Comentário enviado por removido em 12/03/2010 - 14:12h

Ah, pra quem usa o Fedora, vale esta dica semelhante do Elder Marco aqui no VOL.

Vejam:

http://www.vivaolinux.com.br/dica/Mudando-do-GDM-para-o-KDM-no-Fedora-10-e-11/

[9] Comentário enviado por JuniorRbn em 11/10/2010 - 17:29h

4) depois de instalado ele fica em "Sistema -> Administração". Na aba "Aparência", escolha o tema do splash "usplash-theme-ubuntu" para voltar ao tema original do Ubuntu, ou deixe "usplash-theme-kubuntu" se preferir o do Kubuntu - eu optei por voltar ao tema padrão do Ubuntu.


Não tou conseguindo achar essa opção

Eu uso Ubuntu 10.10

Inclusive já até tentei intalar complementos para esse programa, o StartUp Manager, como o usplash, mas dá uma mensagem de erro

[10] Comentário enviado por removido em 11/10/2010 - 22:58h

Bem, o Ubuntu 10,10 é novo, saiu ontem, e eu também já estou usando ele.

Este artigo eu fiz pro 9.10, e percebi que a partir da 10.04 algumas funções do StartUp Manager também sumiram!

Vou ter que testar ainda, e depois informo!

[11] Comentário enviado por chaplinux em 25/01/2011 - 13:24h

Na pre-historia do Linux, o KDE e Gnome ja vinhao pre instalados nas distribuicoes do linux. O GDM ou KDM vc escolhia qual ambiente iria rodar... vc tendo instalado um ou outro no seu sistema num tem problema algum. pq ambos quando startados levantam suas bibliotecas.

O que "pesa"? é vc esta no Gnome e usar o K3B para gravar seu DVDS. o K3B pra quem não sabe é o Gravador de CD/DVD do KDE,
ai ele levanta todas a bibliotecas QT que precisar!

Mais com as maquina de hoje, isso é quase não sentido. entao pessoa aproveitem o que tem de melhor nos 2 ambientes. e vc pode ter o 3 ou 4 ambiente no mesmo sistema, como Xface e etc...

Boa Sorte! Seja Livre! Use Linux!

[12] Comentário enviado por Rafael H em 27/04/2011 - 04:17h

concordo com nosso amigo cahplinux , afinal estamos falando de linux!!!



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts