Uma dica importante para quem quiser migrar para o Linux

Publicado por retro em 23/07/2020

[ Hits: 615 ]

 


Uma dica importante para quem quiser migrar para o Linux



Há vários posts nessa página de pessoas perguntando coisas como:

"qual é a distro perfeita para meu PC/notebook?"

Então a pessoa mostra lá a configuração da máquina. Então vem vários comentários mostrando umas recomendações. Mas uma coisa que aconselho muito a ser feita, é testar cada distro em uma máquina virtual. Você pode pesquisar por distros, assim como eu fiz, eu emulei o Ubuntu em uma máquina virtual, depois emulei o Debian.

Foi fazendo várias comparações que cheguei a conclusão que o Debian é muito bom pra mim, ainda mais que eu vou querer ter um cargo de programador (quero programar em assembly x86 ou o assembly 6502). Então é bastante importante testar em uma máquina virtual. Ou você cria um disco para cada distro, ou particiona, ou testa uma distro de cada vez, que foi como eu fiz em meu antigo notebook, já que ele tinha um HD menor que 70GB.

Então você faz várias comparações, como tempo de boot, consumo de RAM, aplicativos que vêm junto, interface gráfica, consumo de espaço em disco entre outros. É necessário analisar muito bem e ter CERTEZA de que você irá querer usar tal distro.

Cada um tem uma distro apropriada, como os gamers que podem usar entre SteamOS, Pop! _OS, Manjaro entre outras, sendo que na verdade é possível jogar com várias outras distros, mas tem o detalhe dos drivers, por exemplo, é meio difícil encontrar drivers da AMD (minha placa de vídeo) logo para o Debian.

Então se você tiver certeza de usar uma distro mas você for bem iniciante, é bom deixar um dual boot com o seu antigo Windows (vulgo Janelas) para aí não ter dor de cabeça se você quiser até mesmo mudar de distro, pois existe em torno de 600 distros ou mais no linuxverso.

Resumindo, você irá escolher uma distro nessas etapas:

  1. Pesquisar uma ótima distro para a sua finalidade
  2. Testar em uma máquina virtual
  3. Comparar com outras para ter certeza de que você realmente quer a que você escolheu primeiro
  4. Criar o pendrive/CD bootável (peraí, quem usa CD em pleno 2020!?)
  5. Fazer o dualboot para se acostumar com uma distro em uma máquina real
  6. Usar a distro definitivamente

Ou seja, nem é tão difícil assim (pelo menos no meu ponto de vista).

Tenham uma ótima quarentena e vejo vocês no próximo post :^)

Outras dicas deste autor

Como personalizar o seu Blackbox (básico)

Leitura recomendada

Instalando Firebird 2 com rfunc no Debian

CDR em Postgres no Elastix 2.4.0

Gmanedit - Editando, criando e contribuindo com documentação

Mudando horário no GNU/Linux de forma rápida

O comando "nice"

  

Comentários
[1] Comentário enviado por clodoaldops em 23/07/2020 - 17:25h

Eu sempre testava cd/dvd/pendrive e depois instalava numa "partição de testes"
Nunca usei virtualização pq queria "sentir" o sistema instalando e rodando no PC
Até hoje tenho uma "partição de testes"
Diferença é que não tenho mais Windows no meu laptop
Bela, dica!

[2] Comentário enviado por retro em 23/07/2020 - 17:52h


[1] Comentário enviado por clodoaldops em 23/07/2020 - 17:25h

Eu sempre testava cd/dvd/pendrive e depois instalava numa "partição de testes"
Nunca usei virtualização pq queria "sentir" o sistema instalando e rodando no PC
Até hoje tenho uma "partição de testes"
Diferença é que não tenho mais Windows no meu laptop
Bela, dica!



obrigado!

[3] Comentário enviado por mauricio123 em 23/07/2020 - 22:14h


Testar em uma máquina virtual

Quero ver fazer isso num dual core igual o meu. Dá trauma isso.

O jeito é testar numa partição de testes ou no próprio modo live.

___________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.

[4] Comentário enviado por retro em 23/07/2020 - 22:22h


[3] Comentário enviado por mauricio123 em 23/07/2020 - 22:14h


Testar em uma máquina virtual

Quero ver fazer isso num dual core igual o meu. Dá trauma isso.

O jeito é testar numa partição de testes ou no próprio modo live.

___________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.


duvido
se eu consegui rodar ubuntu 20.04 de boas em meu antigo notebook com celeron n4000 dual core com apenas 1ghz, não acredito que você não consiga rodar no seu

[5] Comentário enviado por mauricio123 em 24/07/2020 - 15:28h


Até dá, mas compensa instalar, depois testar, configurar a sis que é a zica pior, e por aí vai. O que eu consegui melhor foi distros minimalistas e do Windows XP pra trás. Depois, abandonei. Com certeza um antix ou mx linux rodaria, mas não insisti. A virtualização não depende só do processador. Se você consegue é porque a placa de vídeo ajuda. A minha não.
___________________________________
Conhecimento não se Leva para o Túmulo.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts