Transparência real no X

Publicado por m4rk em 02/10/2006

[ Hits: 7.082 ]

 


Transparência real no X



O Xorg 6.8 oferece suporte a transparência real, feita por hardware. O sistema ainda não é totalmente estável, mas vale dar uma olhada ;)

Foi usado o Slackware Linux 10.0 e o Xorg 6.8.1. No Slackware usei os pacotes não-oficiais disponíveis em www.linuxpackages.net, que funcionam perfeitamente. A versão utilizada foi a 6.8.1, que acompanha já o transset, responsável pela transparência nas janelas (explicado adiante).

Depois de instalar os novos pacotes do X, edite o arquivo xorg.conf em /etc/X11/ e troque, na seção "InputDevice", o driver do teclado, colocando "kbd", ficando assim:

Section "InputDevice"
   Identifier     "Keyboard1"
   Driver         "kbd"

Caso não faça isso, o X não irá iniciar, portanto, depois de instalado, não esqueça de fazer essa modificação.

Agora acrescente estas linhas abaixo em qualquer lugar do arquivo, para podermos usar a transparência e sombras:

Section "Extensions"
     Option "Composite"            "Enable"
EndSection

Após isso, inicie normalmente o X. Nada de diferente, né? Precisamos agora aplicar dois comandos, para termos sombras e janelas transparentes com efeitos de esmaecer... primeiro abra um terminal qualquer (xterm, konsole, rxvt, etc) e digite:

# xcompmgr -cf &

Não se esqueça do & no final da linha, que irá passar o xcompmgr para funcionar em background, deixando o terminal livre para o próximo comando.

Já está habilitado sombras e efeito esmaecer, agora, para aplicar o efeitos de janelas transparente:

# transset .5

Com o parâmetro .5, estamos definindo uma transparência de 50%... note que após o comando irá surgir uma "mira" no ponteiro do mouse... clique na janela que queira deixar transparente e pronto!

Repita para quantas janelas quiser... Para desabilitar todos os efeitos, digite em qualquer terminal:

# killall xcompmgr

Assim "matamos" o processo que habilita estas funções. Se você quiser, pode reativar as transparências acionando novamente o xcompmgr.

Adianto que, talvez o X "congele" algumas vezes, já que tais efeitos são ainda experimentais, não sendo totalmente estáveis, necessitando de um Ctrl+Alt+Backspace de vez em quando ;).

OBS: Testado no xorg 6.9.0 com sucesso! Apenas ficando um pouco lento, pois ainda não estava com o devido driver da minha placa de vídeo instalado.

Reproduzida da Slackware Zine #5.5 -www.slackwarezine.com.br

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Usando aMSN com plugin MUSIC com suporte ao JUK

Como descobrir qual distribuição Linux que está instalada

Alternando entre dois diretórios eficientemente

Selecionar versão do Python no Funtoo

Horário de verão 2009/2010

  

Comentários
[1] Comentário enviado por yetlinux em 03/10/2006 - 21:21h

Faltou um screenshot. :(

[2] Comentário enviado por auditor em 29/11/2006 - 12:21h

foi mal..depois coloco...



Contribuir com comentário