Gerenciando emails pelo console no Fedora Core 5

Publicado por Darlan Sales em 23/10/2006

[ Hits: 7.573 ]

 


Gerenciando emails pelo console no Fedora Core 5



Nos servidores Linux que utilizamos nos quais não foi configurado o modo gráfico, é possível enviar e receber e-mails utilizando ferramentas em modo texto. Aliás, o modo texto para clientes de e-mails foi padrão no final da década de 1970, quando surgiu o correio eletrônico como meio de comunicação, até o início da popularização da Internet, em meados de 1990.

Existem várias versões desses utilitários com funcionalidades também diferentes. O fetchmail por exemplo pode ser usado tanto para enviar e-mails internos, quanto para receber ou enviar mensagens para servidores localizados na Internet, utilizando os pacotes SMTP e POP3.

Já o comando pine é utilizado para enviar e receber na rede interna (os antigos network ou group mail), mas também pode ser usado para receber contas POP3. A rede necessita de um servidor sendmail, cuja configuração veremos a seguir. Desta forma ele será capaz de entregar mensagens a seus destinatários, no caso do fetchmail ou do comando mail.

O fetchmail é utilizado prioritariamente para receber e-mails, o que já é grande coisa. Se você deseja receber de uma conta, como as disponibilizadas pelo Yahoo ou Gmail, basta digitar:

# fetchmail -u usuário -p POP3 gmail.com

Onde:
  • -u é a chave para identificar o usuário;
  • -p é a chave para identificar o protocolo;
  • gmail.com é o endereço do qual devem ser baixadas as mensagens

Em redes que utilizamos servidores proxy, o IP da máquina que utiliza fetchmail deve ser liberado, pois esses clientes não possuem suporte para a configuração de endereços proxy, salvo quando a máquina em questão for um servidor. Nesse último caso, o ideal é liberar a máquina para receber e-mails.

Outro cliente de e-mail em modo texto com uma legião considerável de fãs, principalmente os que consideram sua instalação e uso bem mais simples do que o do fetchmail é o pine. Para enviar um e-mail pelo pine, os comandos são:

pine opção [endereço, endereço]

Ou

pinef opção [endereço, endereço]

Para configurar o pine utilize o comando:

# pine -p

Não vamos entrar em detalhes sobre essa configuração, pois o arquivo é praticamente auto-explicativo. O endereço corresponde para onde será enviado o e-mail. A vírgula (,) é utilizada para separar os endereços em mensagens enviadas a mais de uma pessoa. Entre as opções oferecidas pelo pine, podemos mandar e-mails com arquivos anexos utilizando o comando:

pine --attach file endereço

Exemplo:

# pine --attach file teste1.txt [email protected]

Outras dicas deste autor

Update Asterisk

Leitura recomendada

Ativando os links do aMule no Firefox

Finalmente, Gentoo e Arch Linux podem ser mais fáceis!

Ark e problemas com arquivos .rar no Slackware

Criando uma ISO do openBSD 4.1

Tabela ASCII

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts