TimeShift no Slackware

Publicado por Mauricio Ferrari em 04/06/2020

[ Hits: 1.035 ]

Blog: https://github.com/MauricioFerrari-NovaTrento

 


TimeShift no Slackware



O TimeShift é um programa usado para fazer restaurações de sistema do Linux. O programa faz instantâneos (snapshots) incrementais do sistema de arquivos em intervalos regulares definidos pelo usuário e esses instantâneos podem ser restaurados mais tarde para trazer o sistema para o estado exato em que estava no momento em que o snapshot foi tirado.

É possível fazer sua instalação em várias distribuições Linux, inclusive no Slackware. Para fazer a instalação do TimeShift no Slackware, eu usei um instalador com a extensão ".run". Ele pode ser baixado desse link:
O instalador que eu usei no meu caso foi esse:
Em um terminal como superusuário faça o seguinte procedimento:

# chmod +x timeshift-v19.01-amd64.run
# ./timeshift-v19.01-amd64.run


Ao finalizar, ele não resolverá as dependências para você, mas irá mostrar quais são essas dependências:
Linux: TimeShift no Slackware
Ao resolver as dependências, abra o programas e faça os ajustes necessários nas configurações que ele estará pronto para o uso.
Linux: TimeShift no Slackware
Até a próxima.

Outras dicas deste autor

Google Earth Pro no Debian, Ubuntu, Linux Mint e derivados

Copiar apenas os arquivos e não os diretórios

Tenha um Relógio no seu Google Chrome

Criando Atalhos para Diretórios Ocultos no Linux

Ctrl+C e Ctrl+V no Terminal Linux

Leitura recomendada

Instalar Java no Debian

Alltray - seus programas favoritos em sua system tray

recordMyDesktop - Erro: Atraso no áudio [Resolvido]

Fresh Player no Ubuntu (Pepper Flash)

squid: ERROR: no running copy

  

Comentários
[1] Comentário enviado por Creto em 04/06/2020 - 18:19h

O BigLinux 20.04 está usando o Timeshift também, a instalação em partição BTRFS que é feito por padrão o BigLInux faz com que o timeshift seja muito funcional nele, e também é muito bom saber que o Slackware faz esses snapshots.
Isso está sendo uma mão na roda aqui pro Creto que quebra tudo de 2 em 2 dias ;-)

Uso GNU/Linux sou livre, papa-chibé e açai (mas é açai mesmo aqui do Pará)

[2] Comentário enviado por mauricio123 em 04/06/2020 - 21:36h


[1] Comentário enviado por Creto em 04/06/2020 - 18:19h

O BigLinux 20.04 está usando o Timeshift também, a instalação em partição BTRFS que é feito por padrão o BigLInux faz com que o timeshift seja muito funcional nele, e também é muito bom saber que o Slackware faz esses snapshots.
Isso está sendo uma mão na roda aqui pro Creto que quebra tudo de 2 em 2 dias ;-)

Uso GNU/Linux sou livre, papa-chibé e açai (mas é açai mesmo aqui do Pará)


Sim esse timeshift é uma excelente solução de restauração do sistema para todas as plataformas linux.

[3] Comentário enviado por clodoaldops em 05/06/2020 - 08:51h

TimeShift é programa obrigatório para qualquer distribuição. Já salvou minha pele no Ubuntu, LinuxMint, Fedora, Debian. Principalmente para quem é fuçador ou iniciante.

*****************
Meu Blog: https://dicaslinuxmint.blogspot.com/

[4] Comentário enviado por mauricio123 em 05/06/2020 - 10:41h


[3] Comentário enviado por clodoaldops em 05/06/2020 - 08:51h

TimeShift é programa obrigatório para qualquer distribuição. Já salvou minha pele no Ubuntu, LinuxMint, Fedora, Debian. Principalmente para quem é fuçador ou iniciante.

*****************
Meu Blog: https://dicaslinuxmint.blogspot.com/


O Slackware sempre dava problemas graças a minha inexperiência. Se eu tivesse instalado ele antes não teria feito tantas formatações. Hoje, tenho ele por precaução.



Contribuir com comentário