Solução IM para seu Cyber Cafe

Publicado por Rafael Silva de Santana em 12/11/2007

[ Hits: 7.072 ]

 


Solução IM para seu Cyber Cafe



Você possui um Cyber Cafe ou até mesmo uma Lan House movida a Linux e já se deparou com algumas reclamações de usuários com respeito ao IM aMSN, que sempre grava o último log registrado e por muitas vezes, esses usuários acabam até sem querer também salvando sua própria senha na máquina em que utilizaram. O problema começa aí, um outro usuário acaba logando no aMSN e fica com imagem e texto de exibição do usuário anterior.

Isso foi o que aconteceu com uma pessoa que requisitou meus serviços e então eu bolei um jeito simples e objetivo que acabou virando dica para o VOL, segue abaixo a solução.

Crie um arquivo texto sem extensão alguma, no meu caso para simples teste o arquivo se chama "bsh" e inclua seu conteúdo que segue abaixo:

#!/bin/bash

var1=`cat /home/CYBERCAFE/.amsn/profiles | wc -l`
sed -i ""2,$var1""d /home/CYBERCAFE/.amsn/profiles

/usr/bin/amsn

Agora preste atenção no diretório CYBERCAFE, pois, você deverá substituir para o usuário geral da lan ou máquina onde seus usuários logam. Feito isso, acesse como "root" o diretório onde você criou o arquivo e mova-o para o diretório de execuções de nosso querido "OS", da seguinte maneira:

# mv -rf bsh /usr/bin/

Logo após, dê autorização de execução para nosso pequeno patchzinho, assim:

# chmod +x /usr/bin/bsh

Pronto, agora é só chamá-lo criando um lançador específico para esse arquivo e adicionar o mesmo ícone do aMSN, siga o padrão do seu ambiente gráfico.

NOME: aMSN
COMANDO: bsh
COMENTÁRIO: MSN Messenger for Linux
SEM ÍCONE: escolha o do aMSN ou aquele que desejar.


Todas as vezes que executar o aMSN utilizando este lançador, ela abrirá sem nenhum log registrado.

Espero que está dica seja de grande ajuda para a comunidade.

Viva o Linux, Viva a Liberdade!

Outras dicas deste autor

WMA no XMMS

Slackware & HD SATA

USB no VirtualBox

Audacious para Ubuntu

A arte dos nicknames

Leitura recomendada

Linux Omni-bot Autosetup 2011, programinha que facilita o uso do Omni-bot

Descobrir o MAC address de um IP com arping

Como realizar consultas em vários servidores simultaneamente

Script de backup + envio de e-mail

Removendo linhas duplicadas de um arquivo texto

  

Comentários
[1] Comentário enviado por tenchi em 12/11/2007 - 17:14h

Ah, só lembrando que no bash há uma variável muito útil, chamada $HOME, que substitui o caminho para a pasta pessoal do usuário.

[2] Comentário enviado por mrCliQ em 13/11/2007 - 14:16h

:D Muito bom Rafael, lembrando que a pessoa que você ajudou foi eu :D, brigadão mano e parabens pela otima dica

[3] Comentário enviado por rena7o em 13/08/2008 - 12:12h

Aqui não deu certo
Estava olhando aqui e aqui não tem um diretorio chamado profiles em /home/mousejow/.amsn/
o que tem é um arquivo somente texto chamado 'profiles'
será por isso que não está dando certo?!

valeu

[4] Comentário enviado por fulllinux em 13/08/2008 - 13:40h

"profiles" não é um diretório e sim um arquivo texto... ok =]

Aplico essa solução em lan's e escolas de informática!

[5] Comentário enviado por jrinformatica em 10/12/2008 - 16:49h

Valeu, a sua Dica é muito, já tinha utilizado a anterior do nosso amigo, mas toda hora tinha que aceitar o contrato de licença e personalizar o aMSN.


[6] Comentário enviado por felipetsales em 28/07/2010 - 20:28h

Olá. Estou usando a sua dica, porém, algumas vezes continua gravando foto e mensagem pessoal. Não é sempre, mas acontece uma vez ou outra.
Fiz tudo corretamente, como explicado acima. Criei o arquivo, mudei o nome de usuário para o usuário geral, salvei no diretório /usr/bin, dei permissão para execução e criei o lançador na área de trabalho conforme explicado. O que pode estar acontecendo?
Utilizo o Ubuntu 10.04 e o aMSN 0.98.3.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts