Slackware64: multilib for dummies (usando slackpkg+)

Publicado por Luís Fernando C. Cavalheiro em 02/10/2015

[ Hits: 4.068 ]

Blog: https://github.com/lcavalheiro/

 


Slackware64: multilib for dummies (usando slackpkg+)



Preguiçosos e procrastinadores daqui do Viva o Linux, aqui começa mais uma Dica do Dino® trazendo para todos vocês informações que até mesmo uma criança de seis anos sabe porque ela já nasceu com o manual do Google na genética. Hoje vamos apresentar uma forma de levar uma heresia a consequências mais extremas do que o usual. Recentemente eu publiquei aqui um pedacinho de informação quase sem importância alguma (leia aqui, ó), no qual eu ensino, entre outras coisas, como instalar o slackpkg+ no Slackware.

Essa heresia, na verdade um plugin para a ferramenta oficial slackpkg, surgiu do interesse de alguns slackers de facilitar a gestão e administração de seus sistemas, mas no texto citado ela não foi muito bem explorada. A Dica do Dino® de hoje vai expandir seus horizontes heréticos e mostrar como usar o slackpkg+ para habilitar e gerenciar o multilib em seu Slackware64 de maneira indolor e cômoda. Você verá que após umas edições em um único arquivo e três comandos seu sistema já estará em multilib, e você poderá usar o slackpkg para mantê-lo atualizado! Aos trabalhos?

1 - Configurando o slackpkg+ com o multilib

Para configurar o slackpkg+ é preciso editar o arquivo /etc/slackpkg/slackpkgplus.conf. Abra um terminal e rode o comando:

# vim /etc/slackpkg/slackpkgplus.conf

Precisamos fazer duas coisas aqui: definir o PKGS_PRIORITY e habilitar o repositório do multilib. O primeiro é na verdade uma variável que o slackpkg+ usa para definir a prioridade dos repositórios, um conceito muito semelhante ao apt-pinning das Debian-like. Quando o slackpkg+ encontra essa variável definida em seu arquivo de configuração ele saberá quais repositórios terão preferência sobre os demais na hora de escolher os pacotes a serem instalados. Como usaremos o multilib, ele precisa ter prioridade até mesmo sobre o repositório oficial da distro (definido em /etc/slackpkg/mirrors). Para conseguir isso, adicione a seguinte linha ao arquivo:

PKGS_PRIORITY=( multilib:.* )

É importante deixar um espaço entre os parênteses e os demais caracteres, ou seja, existe um espaço em branco entre o "(" e o "multilib:.*" e entre o "multilib:.*" e o ")". Caso você queira definir prioridades para outros repositórios você deverá colocá-los após a chamada ao multilib. Por exemplo, o meu PKGS_PRIORITY poderia ficar como o seguinte se eu quiser dar prioridade ao multilib e depois aos repositórios de Eric Hameleers (mais conhecido como AlienBOB):

PKGS_PRIORITY=( multilib:.* alienbob:.* restricted:.* )

É importante salientar que a variável TAG_PRIORITY precisa estar definida como off, do contrário isso não funcionará.

A seguir habilite o repositório do multilib. Em primeiro lugar, acrescente uma chamada a ele na variável REPOPLUS. Um exemplo:

REPOPLUS=( slackpkgplus multilib restricted alienbob )

Aqui a chamada ao multilib pode vir em qualquer ponto do texto, basta respeitar o espaço em branco entre os parênteses e a lista como observado em PKGS_PRIORITY. Adicione, ou descomente se ela já existir, a linha:

MIRRORPLUS['multilib']=http://taper.alienbase.nl/mirrors/people/alien/multilib/{13.37,14.0,14.1,current}/

Remova dessa linha as chaves e mantenha apenas a versão correspondente à versão do Slackware64 instalado no seu computador. Por exemplo, para usuários do current a linha ficaria:

MIRRORPLUS['multilib']=http://taper.alienbase.nl/mirrors/people/alien/multilib/current/[/code]

2 - Enfim, os comandos!

Execute os comandos abaixo na ordem em que eles foram listados aqui:

# slackpkg update gpg
# slackpkg update
# slackpkg upgrade multilib
# slackpkg install multilib
# slackpkg upgrade compat32
# slackpkg install compat32


Após rodar o último comando, reinicie seu computador. Parabéns, você acabou de habilitar o multilib no seu Slackware64!

Mas sempre tem um pra perguntar:

- Dino®, você disse que eu poderia gerenciar o multilib com o slackpkg+!

E você pode, Pequeno Aranha! Quando você chamar o comando "slackpkg upgrade", se houver uma atualização nos pacotes multilib ou compat32 elas serão automaticamente instaladas. Em caso de dúvida quanto a isso, STFW manolo!

3 - Tem um Konami Code pra isso?

Olha, Konami Code pra isso não tem não, mas tem um macetinho esperto. Execute o comando:

# sh /usr/doc/slackpkg+-*/setupmultilib.sh

O slackpkg+ fará tudo por você automaticamente. Entretanto, ele não configurará o PKGS_PRIORITY corretamente, necessitando intervenção do usuário para isso.

Conclusão

E meus parabéns a todos os leitores do Viva o Linux, pois aqui terminou mais uma Dica do Dino® e vocês estão um yoctômetro (10E-24 m) mais sábios e versados em GNU/Linux. E depois dessa eu me despeço desejando meses de compilação longa e próspera para todos vocês!

Outras dicas deste autor

Reproduzindo Playlists do YouTube pelo VLC

Guia pós-instalação do Fedora 22 Xfce Spin

Boot no openSUSE Tumbleweed demorando demais: erro "A start job is running for Wait for chrony to synchronize system clock" [Resolvido]

Fontes TrueType da MS e Telegram Desktop no OpenSUSE

Ligando para números 4001, 4004, 0800 e 0300 a partir do Skype

Leitura recomendada

Corrigindo o "erro" com o $HOME/.dmrc no Ubuntu

Erro - apt-get no Ubuntu: ** (appstreamcli): CRITICAL **: Error while moving old database out of the way. AppStream cache update failed [Resolvido]

VMware - Instalando no Ubuntu Linux 8.10 e resolvendo problema "Unable to build the vmmon module"

Dicas para o Hypertext Access (htaccess)

Backup do MBR

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário