Separando a pasta home depois da instalação do GNU/Linux

Publicado por M4iir1c10 em 07/11/2012

[ Hits: 10.911 ]

Blog: https://github.com/mauricioph

 


Separando a pasta home depois da instalação do GNU/Linux



- Quando você começou no GNU/Linux, instalou vários sistemas até achar a distribuição que te serve como uma luva?

- Você gostaria de fazer isso, porém não quer ter o trabalho de fazer backups e mais backups dos seus arquivos?

O que você precisa é dividir a pasta /home da pasta principal (root), assim, quando você quiser modificar a distribuição, apenas modifique a partição root e deixe a /home sem formatar e pronto.

Porém você diz... agora que você me fala disso? Eu tenho vários arquivos super importantes e não tenho como fazer backup.

Ok, então, o que você precisa é dividir o HD sem afetar os arquivos lá contidos.

1. Primeiro, encontre um LiveCD, no caso deste exemplo, vou usar o Ubuntu 12.04.

2. Inicie pelo CD e abra um terminal.

3. Digite:

sudo gparted

Selecione a partição do seu HD e clique no botão para redimensionar a partição. Diminua a partição até um tamanho que seja seguro.

* Para ajudar, o GParted deixa a parte onde os seus arquivos estão em um amarelo bem claro, não ultrapasse esta marca, ou você vai perder seus arquivos. 20GB é mais do que suficiente para a maioria dos usuários.

4. Depois de redimensionar a partição principal, crie uma nova partição no espaço vazio. Ext3 ou Ext4 são os melhores sistemas de arquivos em minha opinião.

5. Reinicie pelo sistema, retire o CD para evitar que reinicie por ele.

6. Abra o gerenciador de arquivos e clique na nova partição para montar.

7. Copie os arquivos para a nova /home:

sudo cp -Rp /home/* /media/o_local_da_partição

Por exemplo: /media/70f0723f-435d6-9309-f141 (é, vai ser um nome feio como esse). Você vai ver um erro relacionado à pasta ".gvfs". Ignore esse erro, não é problema nenhum.

8. Agora que seus arquivos estão lá, NÃO FAÇA A BESTEIRA DE DELETAR A SUA HOME AGORA, antes vamos descobrir o número de identificação da nova partição.

9. Digite no terminal:

sudo blkid

Você deve ver algo como:
/dev/sda1: LABEL="Windows" UUID="6E2EC78B12706D19" TYPE="ntfs"
/dev/sda2: UUID="03aaab64-8101-447e-9059-15802b021341" TYPE="ext4"
/dev/sda3: UUID="22951cb1-9409-42b3-8a1e-bafc63c64ed0" TYPE="ext4"
/dev/sda4: UUID="2065077c-c6cd-4a79-86ed-866caf91875a" TYPE="swap"

Para saber a partição correta, monte ela em /mnt e digite ls para listar os arquivos e pastas.

Caso você já identificou pelo tamanho da partição, então siga em frente e copie o UUID da partição.

No meu caso é: UUID= 03aaab64-8101-447e-9059-15802b021341

10. Modifique o fstab.

No terminal, digite:

sudo cp /etc/fstab /etc/fstab.backup
$ gksu gedit /etc/fstab


Escreva a linha de acordo com o seu caso, no meu fica assim:

UUID=03aaab64-8101-447e-9059-15802b021341    /home    ext4    nodev,nosuid    0    1

11. Mova o diretório antigo e reinicie:

cd / && sudo mv /home /home_old && sudo mkdir /home
$ sudo reboot


12. Depois de reiniciar, e se tudo der certo, apague a pasta de backup e pode usar o seu HD dividido da melhor forma que lhe convém:

sudo rm -rf /home_old

Possíveis problemas

Caso você reiniciou e apareceu uma mensagem a respeito dos pontos de montagem, você escreveu algo errado no fstab.

Não perca a cabeça, escolha a opção de reparar e monte a partição do usuário na pasta /home. Caso você tem o usuário no dispositivo /dev/sda2, digite:

mount /dev/sda2 /home

Depois digite exit e o GNU/Linux vai continuar a inicialização.

Após logar, abra o /etc/fstab e veja onde você escreveu errado, talvez você pegou o UUID da partição errada. Neste caso, não execute o passo 12 e retorne ao passo 9.

Outras dicas deste autor

Trocando o Iceweasel pelo Firefox no Debian 8 - modo alternativo

Plymouth Splash - Testando sem reiniciar o computador

Iniciando servicos pelo Openbox no ArchBang

Atraci - O player de áudio para a nova geração

Plano de fundo aleatório no LightDM

Leitura recomendada

Renomear maiúsculas para minúsculas

FAT32 com acentos

Recuperando arquivos de sistema no Linux com reiserfsck

Quanto de swap devo usar

Gravando arquivos .nrg (do Nero) no Linux

  

Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 07/11/2012 - 22:18h

Muito bom o post para quem precisa manter o conteúdo da home e ainda trocar o sistema. Parabéns.

[2] Comentário enviado por albfneto em 08/11/2012 - 00:38h

um complemento,uma ressalva...

se a distro for outra e vai manter o home, melhor e mais seguro fazer usuarios diferentes, assim será criada a pasta /home/user2..
não tem perigo de confundir as configs....

Ex Vc tem openSUSE com KDE e vai instalar Mandriva com KDE...
os Linux gravam dados de cores, telas, widgets etc... no /home, em pastas escondidas; assim essas configs ficam em /home/usuario/.KDE4

vc tem OpenSUSE, quando coloca o mandriva, pronto.... o .KDE do Mandriva sobrescreve o .KDE4 do OpenSUSE,e foram-se as suas Telas!

se vc fizer usuarios diferentes, vai ficar /home/usuario1/.KDE4 e /home/usuario2/.KDE4, sem perigo de perder nada.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts