Separando a pasta home depois da instalação do GNU/Linux

Publicado por M4iir1c10 em 07/11/2012

[ Hits: 10.499 ]

Blog: https://github.com/mauricioph

 


Separando a pasta home depois da instalação do GNU/Linux



- Quando você começou no GNU/Linux, instalou vários sistemas até achar a distribuição que te serve como uma luva?

- Você gostaria de fazer isso, porém não quer ter o trabalho de fazer backups e mais backups dos seus arquivos?

O que você precisa é dividir a pasta /home da pasta principal (root), assim, quando você quiser modificar a distribuição, apenas modifique a partição root e deixe a /home sem formatar e pronto.

Porém você diz... agora que você me fala disso? Eu tenho vários arquivos super importantes e não tenho como fazer backup.

Ok, então, o que você precisa é dividir o HD sem afetar os arquivos lá contidos.

1. Primeiro, encontre um LiveCD, no caso deste exemplo, vou usar o Ubuntu 12.04.

2. Inicie pelo CD e abra um terminal.

3. Digite:

sudo gparted

Selecione a partição do seu HD e clique no botão para redimensionar a partição. Diminua a partição até um tamanho que seja seguro.

* Para ajudar, o GParted deixa a parte onde os seus arquivos estão em um amarelo bem claro, não ultrapasse esta marca, ou você vai perder seus arquivos. 20GB é mais do que suficiente para a maioria dos usuários.

4. Depois de redimensionar a partição principal, crie uma nova partição no espaço vazio. Ext3 ou Ext4 são os melhores sistemas de arquivos em minha opinião.

5. Reinicie pelo sistema, retire o CD para evitar que reinicie por ele.

6. Abra o gerenciador de arquivos e clique na nova partição para montar.

7. Copie os arquivos para a nova /home:

sudo cp -Rp /home/* /media/o_local_da_partição

Por exemplo: /media/70f0723f-435d6-9309-f141 (é, vai ser um nome feio como esse). Você vai ver um erro relacionado à pasta ".gvfs". Ignore esse erro, não é problema nenhum.

8. Agora que seus arquivos estão lá, NÃO FAÇA A BESTEIRA DE DELETAR A SUA HOME AGORA, antes vamos descobrir o número de identificação da nova partição.

9. Digite no terminal:

sudo blkid

Você deve ver algo como:
/dev/sda1: LABEL="Windows" UUID="6E2EC78B12706D19" TYPE="ntfs"
/dev/sda2: UUID="03aaab64-8101-447e-9059-15802b021341" TYPE="ext4"
/dev/sda3: UUID="22951cb1-9409-42b3-8a1e-bafc63c64ed0" TYPE="ext4"
/dev/sda4: UUID="2065077c-c6cd-4a79-86ed-866caf91875a" TYPE="swap"

Para saber a partição correta, monte ela em /mnt e digite ls para listar os arquivos e pastas.

Caso você já identificou pelo tamanho da partição, então siga em frente e copie o UUID da partição.

No meu caso é: UUID= 03aaab64-8101-447e-9059-15802b021341

10. Modifique o fstab.

No terminal, digite:

sudo cp /etc/fstab /etc/fstab.backup
$ gksu gedit /etc/fstab


Escreva a linha de acordo com o seu caso, no meu fica assim:

UUID=03aaab64-8101-447e-9059-15802b021341    /home    ext4    nodev,nosuid    0    1

11. Mova o diretório antigo e reinicie:

cd / && sudo mv /home /home_old && sudo mkdir /home
$ sudo reboot


12. Depois de reiniciar, e se tudo der certo, apague a pasta de backup e pode usar o seu HD dividido da melhor forma que lhe convém:

sudo rm -rf /home_old

Possíveis problemas

Caso você reiniciou e apareceu uma mensagem a respeito dos pontos de montagem, você escreveu algo errado no fstab.

Não perca a cabeça, escolha a opção de reparar e monte a partição do usuário na pasta /home. Caso você tem o usuário no dispositivo /dev/sda2, digite:

mount /dev/sda2 /home

Depois digite exit e o GNU/Linux vai continuar a inicialização.

Após logar, abra o /etc/fstab e veja onde você escreveu errado, talvez você pegou o UUID da partição errada. Neste caso, não execute o passo 12 e retorne ao passo 9.

Outras dicas deste autor

Papéis de parede legais e "perdidos"

Como resolver o problema das teclas Alt+F2 e Ctrl+Alt+F2 no Sabayon Linux 4

Iniciando servicos pelo Openbox no ArchBang

Trocando o Iceweasel pelo Firefox no Debian 8 - modo alternativo

Plymouth Splash - Testando sem reiniciar o computador

Leitura recomendada

Atualização do horário de verão automatizada

Montando volume Novell no Linux

Configurando NFS no Fedora 15

Renomear maiúsculas para minúsculas

Resolvendo conflitos entre LPD e xinetd

  

Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 07/11/2012 - 22:18h

Muito bom o post para quem precisa manter o conteúdo da home e ainda trocar o sistema. Parabéns.

[2] Comentário enviado por albfneto em 08/11/2012 - 00:38h

um complemento,uma ressalva...

se a distro for outra e vai manter o home, melhor e mais seguro fazer usuarios diferentes, assim será criada a pasta /home/user2..
não tem perigo de confundir as configs....

Ex Vc tem openSUSE com KDE e vai instalar Mandriva com KDE...
os Linux gravam dados de cores, telas, widgets etc... no /home, em pastas escondidas; assim essas configs ficam em /home/usuario/.KDE4

vc tem OpenSUSE, quando coloca o mandriva, pronto.... o .KDE do Mandriva sobrescreve o .KDE4 do OpenSUSE,e foram-se as suas Telas!

se vc fizer usuarios diferentes, vai ficar /home/usuario1/.KDE4 e /home/usuario2/.KDE4, sem perigo de perder nada.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts