SSH - Configurando rede entre GNU/Linux

Publicado por andre luiz em 24/10/2012

[ Hits: 5.280 ]

 


SSH - Configurando rede entre GNU/Linux



Uma dica rápida sobre como conectar dois micros que usem GNU/Linux.

1. Instale o openssh-server, com o comando (nos dois micros):

sudo apt-get install openssh-server

2. Descubra seu IP, caso não use o IP fixo, com o comando ifconfig, repare que aparecerão as interfaces: eth0, l0 e wlan0.

Nesta última, aparecerá o endereço de IP da máquina em que você digitou o comando acima. Tendo dois micros: A e B, digite no micro A, o comando ifconfig e saiba o endereço de IP do micro A. Faça a mesma coisa no micro B:

3. Depois, abra o Nautilus e vá em: Arquivos → Conectar ao servidor

Aqui abrirá uma caixa de diálogo que perguntará:
Servidor: Coloque o IP da outra máquina

Exemplo: Se você estiver no micro A, digite o IP do micro B. Algo tipo: 192.168.1.100. E se estiver no micro B, digite o IP do micro A.
  • Em tipo, escolha: SSH
  • Em pasta, pode deixar no: /

Depois, é só digitar o usuário (do micro que você quer acessar, tipo, no micro B há o usuário João, então, do micro A, digite, em usuário, João).

Depois é só digitar a senha do usuário, no caso, a senha do João:


Outras dicas deste autor

Dicionário gratuito para Linux (via Wine): Caldas Aulete.

Criando aliases úteis

Como setar o Windows para iniciar antes que o Linux no GRUB2

Leitura recomendada

Preparando seu Ubuntu 7.04 para tudo em multimídia

VNC como alternativa de login X (para servidores multi-usuários)

Resolvendo o erro: "Another window manager is already running on screen: 0"

sudo: incapaz de resolver máquina mint [Resolvido]

Instalar Ubuntu no Windows 7

  

Comentários
[1] Comentário enviado por yermandu em 24/10/2012 - 11:52h

Parabéns

[2] Comentário enviado por xiloba em 24/10/2012 - 12:16h

Obrigado, Yermandu. Demorei para aprender algo que, agora, parace facílimo.

[3] Comentário enviado por hugoeustaquio em 24/10/2012 - 14:34h

Complementando... Em algumas distros o diretório do 'ifconfig' é o '/sbin/'.
Normalmente ele não está no path de usuários sem privilégio. Então se for o caso, digite pelo caminho completo o comando "/sbin/ifconfig".

Se possível (e eu gosto muito de fazer isso pelo uso de alguns outros comandos) coloquem o '/sbin' no path do seu usuário comum. Vários desses programas não dão suporte a 'alterar' dados do sistema mas recolhem informações sobre ele, o que acaba por ser útil e prático.

Acrescentando mais um tiquinho: essa dica é muito boa pra quem quer que essa troca de arquivos seja criptografada. Pra quem precisa de mais velocidade e menos segurança (trocando arquivos entre duas máquinas linux), dêem uma olhadinha no NFS. Pra quem gostou da ideia apresentada aí e precisa copiar os arquivos pra windows, instale o winscp.

observação: seu ifconfig mostrou 3 interfaces de rede porque você tem uma placa de rede física e está conectado por uma placa wireless. O "lo" é seu "loopback", que serve pra acessos tipo "localhost". Se você espetar um cabo na sua placa de rede, o ip que você precisaria utilizar seria da primeira entrada, não necessariamente o último.

Parabéns pela dica. Você escreve didaticamente (o que é mais difícil do que agrupar conhecimento), publique mais por aqui.
Abraço.

[4] Comentário enviado por xiloba em 24/10/2012 - 17:35h

Muito obrigado, Hugoeustaquio, pela preciosa contribuição aos detalhes que você mencionou. Muito obrigado, mesmo.
Eu não me lembro de ter escrito na dica a ligação entre dois sistemas operacionais Linux(hiperônimo), eu acho que escrevi, especificamente, sobre o Ubuntu.(hipônimo). Creio ter sido o moderador, que me auxiliou na postagem das imagens, quem colocou o nome Linux.
No mais, eu não detenho o conhecimento tão grande no Linux, para por exemplo, fazer o comentário sobre a placa em uma possível ligação através de um cabo. Existe o saber o quê e o saber como. Eu apenas sabia, um pouco, como fazer; sem saber muito bem o quê estou fazendo. Claro que o ideal é possuir os dois saberes, como o amigo Élgio, por exemplo. Há um artigo dele falando sobre criptografia que é algo transcendental: http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Fundamentos-da-criptografia-assimetrica/ .
Eu até tento, mas a quantidade de informação sobre qualquer assunto, na internet, é absurdamente redundante. Você encontra milhares de páginas clonadas, ou com o mesmo enfoque. Há alguns dias, eu tentei aprender um comando que mostrasse a arquitetura do meu pc- não a arquitetura do Ubuntu que uso- e, ao procurar, encontrei milhões de páginas falando para digitar uname -m . Percebe? O cara mostra como fazer algo que não era o que eu queria.
Tentarei aprender um pouco mais, para poder compartilhar com os colegas do fórum. Mais uma vez, obrigado pelas palavras de incentivo e pelo aprendizagem que você me proporcionou. Valeu.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts