Resolvendo problemas com a backlight (luz de fundo) de notebooks com driver Intel

Publicado por Willian em 22/10/2018

[ Hits: 746 ]

Blog: http://127.0.0.1

 


Resolvendo problemas com a backlight (luz de fundo) de notebooks com driver Intel



Este material todo pode ser encontrado em vários lugares, porém de forma espalhada pela vasta web, tento aqui condensar as opções mais relevantes para o kernel, visando resolver o problema de acesso aos controles da iluminação da LCD em notebooks com vídeo suportados pelo driver Intel.

O processo discutido aqui gira em torno de enviar um valor numérico diretamente para os arquivos virtuais responsáveis pela luminosidade da tela dentro de /sys/class/backlight/ portanto não vou elaborar sobre ferramentas como xbacklight e lux por exemplo. O objetivo é usar algo equivalente a:

# echo 666 > /sys/class/backlight/intel_backlight/brightness
ou
# echo 6 > /sys/class/backlight/acpi_video0/brightness

e como resultado a luminosidade ser ajustada para o valor especificado. O valor máximo pode ser obtido do arquivo virtual max_brightness.

# cat /sys/class/backlight/acpi_video0/max_brightness
ou
# cat /sys/class/backlight/intel_backlight/max_brightness

As opções listadas devem ser passadas ao kernel, darei o exemplo de como fazer no GRUB, pois é o mais comum atualmente.

No Debian e baseados no Debian:

Edite o arquivo /etc/default/grub adicionando os parâmetros da lista dentro das aspas da linha:

GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT=""

Esses parâmetros devem ser adicionados, portanto qualquer coisa que exista por lá deve ser mantida e adiciona-se o parâmetro separado por um espaço, por exemplo:

GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT="quiet acpi_osi= compact unicornio-cor-de-rosa"

Uma vez editada a linha salve e execute:

# update-grub

Caso não haja nenhum erro, reinicie o sistema e reze pra dar certo.

Em outros sistemas o princípio é similar ou resume-se em editar o arquivo de configuração do GRUB diretamente [/boot/grub/grub.cfg] e adicionar os parâmetros numa linha similar a esta:

linux /boot/vmlinuz-4.9.0-3-amd64 root=UUID=0800333-0666-0999-1332-b357aab0bada ro quiet acpi_os= compact viva.o-linux=1'

Existe bastante material na web sobre como passar opções ao kernel, porém acrescentei aqui para tornar a dica mais completa. Pesquise sempre.

Finalmente a lista dos parâmetros que podem ou não dar algum resultado, eu os listo aqui na esperança que pelo menos um deles funcione para você, boa sorte.
  • acpi_backlight=video - força a criação do diretório virtual /sys/class/backlight/acpi_video0/ que em muitos casos funciona ao passo que o /sys/class/backlight/intel_backlight/ não.
  • acpi_osi= - pode também ser usada como acpi_osi=Linux ou ainda como acpi_osi=Windows e também acpi_osi="!Windows 2012". Esta opção responde à BIOS dizendo qual é o seu sistema operacional - ou mente no caso de acpi_osi=Windows - fazendo com que ela disponibilize certos controles específicos para determinado sistema.
  • video.use_native_backlight=1 - faz quase o oposto de acpi_backlight na maioria dos casos. todos os abaixo seguem o mesmo princípio. a ideia é tentar oferecer acesso à intel_backlight ou acpi_video0.
  • video.use_native_backlight=0
  • video.use_bios_initial_backlight=0
  • acpi_backlight=vendor
  • acpi_backlight=none
  • acpi_backlight=native

Muita luz para todos vocês.

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Autenticação "nsca" no Squid com pacote do slackware

Adicionando programas no menu do Xfce

Instalação do tigervnc com certificado SSL

Configurando SIS 671|72 no Ubuntu 14.04

Como instalar Webmin no Debian/Ubuntu e derivados

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts