Removendo por completo o snappy do Ubuntu 20.04

Publicado por Ruan em 01/11/2020

[ Hits: 724 ]

 


Removendo por completo o snappy do Ubuntu 20.04



Uma das inúmeras vantagens do GNU/Linux é a liberdade que o usuário possui com o sistema. Nesse sentido, eu posso remover certos componentes do sistema, alterar funcionalidades, e modificar outros recursos.

Nessa dica, vamos aprender a desinstalar por completo o snappy do Ubuntu 20.04, e a instalar o GNOME Software Center no lugar da Snap Store. :-)

Primeiramente, o ideal é realizar os procedimentos abaixo em uma instalação limpa do Ubuntu. Entretanto, pode ser feito também em uma instalação mais antiga sem nenhum problema!

1) Removendo pacotes snap

Para iniciarmos, digite os comandos abaixo:

sudo snap remove snap-store
sudo snap remove gtk-common-themes
sudo snap remove gnome-3-34-1804
sudo snap remove core18
sudo snap remove snapd

Se você instalou outros pacotes snap, verifique pelo comando:

snap list

E depois remova-o(s) com o comando:

sudo snap remove <pacote1>
sudo snap remove <pacote2> ...

2) Desmontando /snap/core/XXX

Verifique se existe o diretório /snap/core. Se existir, pegue o ID de dentro de /snap/core (ls /snap/core) e rode o comando abaixo:

sudo umount /snap/core/XXX

Onde:
  • XXX => ID encontrado de dentro do diretório "core"

3) Adeus Snappy!

Agora, vamos desinstalar o snappy da máquina pelo apt-get! :-)

sudo apt autoremove --purge snapd

Limpando cache e arquivos deixados pelo snap:

rm -rf ~/snap
sudo rm -rf /snap /var/snap /var/lib/snapd

4) GNOME Software Center

Depois de todos os passos, o seu Ubuntu ficou sem nenhuma loja de softwares.

Nesse caso, você pode usar apenas a linha de comando com o apt-get para manipular pacotes, caso deseje.

Se preferir interface gráfica, temos a opção de usar a loja de aplicativos do GNOME. Para instalar:

sudo apt install --no-install-recommends gnome-software

Pronto! Agora é só aproveitar o Ubuntu usufruindo do bom e velho apt-get! :-)


Outras dicas deste autor

Personalizando seu prompt facilmente

Compilando o libquicktime SlackBuild no Slackware 64 bits

Montando um disco virtual (.vdi) no sistema hospedeiro

Apple Swift no Slackware 14.2

NVIDIA e Debian 10: resolvendo o problema com lentidão e travamento com GNOME

Leitura recomendada

CentOS 6.5 (com Intel i915) - Erro após upgrade: "server terminated with error (2); no screens found" [Resolvido]

Instalação e configuração sshd

Java JRE 7 - Instalação no GNU/Linux

Integrando AppImage no Debian, Ubuntu e Linux Mint

Evitando a criação dos arquivos CORE

  

Comentários
[1] Comentário enviado por clodoaldops em 01/11/2020 - 21:50h

Última vez que tentei acabei quebrando sistema
Tentarei sua dica para ver como ficará

[2] Comentário enviado por ru4n em 02/11/2020 - 10:37h


[1] Comentário enviado por clodoaldops em 01/11/2020 - 21:50h

Última vez que tentei acabei quebrando sistema
Tentarei sua dica para ver como ficará



Testei em uma VM e deu tudo certo. Mas recomendo fazer na versão 20.04, não garanto que funcionará na 18.04 ou na 20.10...

[3] Comentário enviado por cizordj em 02/11/2020 - 18:34h

Gostei da dica, mas e aquela história de que o apt install puxaria um pacote do snap? Como fica?

[4] Comentário enviado por ru4n em 02/11/2020 - 18:57h


[3] Comentário enviado por cezargaiteiro em 02/11/2020 - 18:34h

Gostei da dica, mas e aquela história de que o apt install puxaria um pacote do snap? Como fica?


Provavelmente o apt vai tentar o instalar o pacote snapd novamente como dependência, embora possa fazer a mesma configuração que o Mint faz:
echo -e 'Package: snapd\nPin: release a=*\nPin-Priority: -10' | sudo tee /etc/apt/preferences.d/nosnap.pref

Com essa configuração, o snapd fica indisponível para instalação no sistema, e os pacotes que necessitam do snapd não vão ser instalados (só sei do chromium que obriga instalar pelo snap)

[5] Comentário enviado por mauricio123 em 04/11/2020 - 21:21h


Mas resolve para quem não quer usar o snap.

___________________________________________________________
[code]Conhecimento não se Leva para o Túmulo.
https://github.com/MauricioFerrari-NovaTrento [/code]

[6] Comentário enviado por novators em 03/01/2021 - 23:53h

Ruan, achei seu topico pesquisando sobre como remover o snapd no Ubuntu.

Com relação a este procedimento, poderia me esclarecer algumas dúvidas?

1) Realizando esta remoção, terei algum problema com a atualização do sistema, uma vez que "as atualizações dos pacotes snap são verificadas rotineiramente e instaladas automaticamente"?
2) Os pacotes que tenho snap hj são: Terei de reisntalar algum?

Name Version Rev Tracking Publisher Notes
canonical-livepatch 9.5.5 95 latest/stable canonical&#10003; -
core 16-2.48 10577 latest/stable canonical&#10003; core
core18 20201210 1944 latest/stable canonical&#10003; base
exercism SNAPSHOT-ba48dcd 5 latest/stable exercism -
gnome-3-34-1804 0+git.3556cb3 60 latest/stable/… canonical&#10003; -
gtk-common-themes 0.1-50-gf7627e4 1514 latest/stable/… canonical&#10003; -
snap-store 3.38.0-59-g494f078 518 latest/stable/… canonical&#10003; -
snapd 2.48.1 10492 latest/stable canonical&#10003; snapd

Agradeço imensamente a ajuda.

Obrigado.

[7] Comentário enviado por ru4n em 14/01/2021 - 11:03h

Olá novators!

Vamos lá!
1) A princípio, quando vc remove o daemon snapd do sistema, seu SO fica livre de qualquer dependência e pacotes snap. Ou seja, as atualizações serão focadas apenas em pacotes gerenciados pelo apt-get.

2) O correto seria remover os pacotes que vc instalou manualmente pelo snap, e depois por último, remover os pacotes do core, como demonstrado nessa dica.

Pelo que eu vi, foi habilitado o livepatch no seu sistema. Eu recomendaria desativá-lo primariamente antes de remover o snappy por completo do sistema.

O ideal é não ter que reinstalar nenhum pacote snap, visto que essa dica deixará o seu Ubuntu livre de qualquer solução snap.



Contribuir com comentário