Removendo mensagem do openrc-run no Gentoo

Publicado por Luiz Santos em 13/09/2016

[ Hits: 3.086 ]

Blog: https://www.vivaolinux.com.br/~luiztux

 


Removendo mensagem do openrc-run no Gentoo



Esta dica vai para quem atualizar o OpenRC para a versão 0.21.3, no Gentoo.

Nesta versão, os desenvolvedores decidiram "deixar" o software um pouco mais falante, colocando mais verbose nos processos, mesmo que você não tenha definido a opção rc_verbose no arquivo "rc.conf".

Para entendermos um pouco do que está acontecendo, desde a versão 0.13 do OpenRC, em meados de 2013, os desenvolvedores precisaram criar um novo script que chamasse os processos do sistema, pois estes, gerenciados pelo OpenRC, estavam conflitando com o minicom que possui um binário de mesmo nome, runscript.

Este, por sua vez, está disponível em inúmeras distros, incluindo o Debian, que solicitou aos desenvolvedores do Gentoo que criassem um novo nome para o processo. E por que solicitaram? Ora, o OpenRC estava disponível como init no Debian, o que começou a causar todo este problema (alguns discordam).

Sendo assim, no final do ano de 2013, nasceu o openrc-run. Entretanto, no Gentoo, alguns processos foram mantidos com o runscript por retrocompatibilidade e se você habilitasse o verbose, receberia algumas mensagens sobre isto.

O caso é que agora, o OpenRC-0.21.3 está "botando a boca no trombone" e caguetando tudo. Por conta disto, você será recebido com uma enxurrada de informações, mais do que o normal. Uma destas, em particular, é um alerta informando que alguns softwares que inicializam com o sistema utilizam o script runscript e que você deve atualizar para o openrc-run.

No entanto, mesmo com estes avisos, os programas serão iniciados sem qualquer tipo de erro. Mas, se você é daqueles que, como eu, tem TOC em relação à softwares em geral, não vamos gostar de ver todos aqueles avisos no nosso processo de boot e shutdown, não é? Por isto, deixarei duas soluções. É super simples e não precisa escrever uma linha de código.

Procedimentos

Antes de tudo, faça um backup do conteúdo do diretório "init.d".

Feito o backup, precisamos saber quais scripts utilizam o runscript. Para isto, o simples comando abaixo resolve:

grep '^#!/sbin/runscript' /etc/init.d/*

Ok. Com a informação em mãos, troque apenas a linha do "shebang", de: #!/sbin/runscript

Para:

#!/sbin/openrc-run

Para simplificar o processo, você pode fazer o seguinte:

# sed -i 's_#!/sbin/runscript_#!/sbin/openrc-run_' /etc/init.d/*

Nada mais fácil, não? Se não quiser trocar tudo, veja quais processos o OpenRC informa sobre o runscript e troque apenas estes. Mas claro, habilite o "rc_logger" no "rc.conf", para que você possa ver as informações.

Mas, se você não quiser modificar nada, silencie o OpenRC com este pequeno patch, disponibilizado por um user do Gentoo:

--- openrc-0.21/src/rc/openrc-run.c   2016-05-24 22:02:35.000000000 +0300
+++ openrc-0.21/src/rc/openrc-run.new.c   2016-05-26 17:20:47.421229738 +0300
@@ -1173,8 +1173,8 @@
    if (argc < 3)
       usage(EXIT_FAILURE);

-   if (runscript)
-      ewarn("%s uses runscript, please convert to openrc-run.", service);
+   /* if (runscript) */
+   /*    ewarn("%s uses runscript, please convert to openrc-run.", service); */

    /* Change dir to / to ensure all init scripts don't use stuff in pwd */
    if (chdir("/") == -1)

Nomeie o arquivo com o nome que quiser, mas com a extensão ".patch" e salve-o no diretório /usr/portage/patches/sys-apps/open-rc/. Após isto, reinstale o OpenRC e você verá que ele estará mais silencioso.

Até!

Outras dicas deste autor

Checklist para problemas com WiFi

Leitura recomendada

Resturar (recuperar) tela de login do Ubuntu [Resolvido]

NVIDIA X Server não abre no openSUSE [Resolvido]

Maximizando o uso da lixeira

Compartilhando sua internet com NAT automaticamente

Resolvendo definitivamente o problema de acentos no Samba

  

Comentários
[1] Comentário enviado por zenull em 18/01/2017 - 12:27h

Muito bom. Informação me foi útil!



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts