Qual a vantagem de se utilizar o Linux?

Publicado por JOEL ANTENOR DA ROCHA CARVALHO em 10/02/2011

[ Hits: 19.143 ]

 


Qual a vantagem de se utilizar o Linux?



Atualmente, em grande parte dos computadores pessoais, os tão conhecidos PCs, se tem instalado o sistema operacional Windows, em suas diferentes versões 98, Vista, XP e o Windows 7 e pouco se da importância ao Linux.

Mas, eventualmente o Linux está ganhando seu espaço, já que a diferença existente entre os dois sistemas é basicamente pequena. A grande utilização do Windows está entrelaçada em uma questão natural de costumes. Já levando em consideração as tarefas que esses sistemas são capazes de realizar os dois são praticamente iguais.

No Linux pode se trabalhar edições de textos, vídeo, áudio com toda facilidade como se pode trabalhar no Windows. A outra vantagem em que o Linux bate o Windows é no preço. O Linux tem custo praticamente zero, enquanto o Windows na sua versão Seven chega a custar até R$ 600, em média. Um dos sistemas do Linux mais utilizados é o Ubuntu.

No quesito segurança o Linux também sai na frente, não porque ele seja totalmente imune aos vírus, mas por ele não executar os vírus tão facilmente como se executa no Windows.

Dentre de tantas vantagens citadas, você deve está perguntando, porque ainda existem tantos computadores que utilizam o Windows!? Essa questão é simplesmente fácil de responder, enquanto os usuários necessitam cada vez mais de softwares capazes de realizar diversas tarefas, as empresas e operadores, as grandes criadoras de softwares fabricam apenas softwares executáveis no Windows, oferecendo assim uma colherzinha de chá à Microsoft de Bill Gates.

Por: Joel Antenor da Rocha Carvalho - Técnico em administração pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí - IFPI. Acadêmico de Geografia pela Universidade Estadual do Piauí - UESPI. Instrutor de cursos de informática, Serviços em manutenção de PCs.

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Servidor Jabber rapidinho do Debian 4.0 Linux

Criando um servidor Teamspeak3

Internet Explorer rodando no Ubuntu

Compilando o Mono para atualização da versão 2.4

Pssh - Compartilhando o shell de forma fácil

  

Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 10/02/2011 - 18:55h

Infelizmente também, o que faz a "massa" usar o Ruindows, é a cultura, onde para a maioria das pessoas o Linux é "dificil" e o Windows é mais fácil.

[2] Comentário enviado por luiz felipe fm c em 10/02/2011 - 23:09h

Cara, eu voltei a usar Windows, depois de anos com o Linux na máquina, com dualboot no começo e depois quase dois anos só com o Ubuntu, pois não conseguia mais desenvolver os meus trabalhos com a mesma qualidade que eu desenvolvia no Windows pela falta de softwares, como você citou no texto.
Acho que a maior falta pra mim é o pacote Adobe, o Photoshop e o Dreamweaver são importantes demais pra mim e, sem dúvida, o Gimp e o Eclipse não substituem eles, pois são todos softwares com focos diferentes, cada um com os seus prós e contras.
Acho que o Linux seria perfeito pra mim, principalmente a distro Fedora, caso existisse o pacote Adobe pra ele. Usar o Wine é impossível, os trabalhos que eu desenvolvo são importantes demais para que um bug simplesmente feche o trabalho que eu acabei de fazer.

Bom post, abraços.

[3] Comentário enviado por jborda em 11/02/2011 - 08:55h

Está quase tudo certo o que você disse, apenas o valor que não se aplica, pois em sua imensa maioria os usuários das janelinhas usam o software pirata.

Abraços!

[4] Comentário enviado por removido em 11/02/2011 - 09:09h

sempre a mesma resposta no linux não tem adobe+photoshop+dreamweaver e vou incluir o visual studio, pronto está formado os softwares que se deixarem de existir "centenas" de pessoas estarão desempregadas pois não sabem utilizar mais nada alem desses......é incrivel a diferença de profissionais de linux e windows "não são todos" , mais a grande maioria se encaixa nesse perfil........





Abraços

[5] Comentário enviado por albfneto em 12/02/2011 - 13:29h

vou de novo comentar. o problema de todo mundo usar windows, é mercado e amplitude...

se vc tem dor de cabeça.toma aspirina, e não um remedio milenar da medicina chinesa que vc não conhece! Aspirina tá em toda farmácia, medicamento chinês, não!

a maior parte dos comps. vem com windows, as pessoas aprendem a usar windows nas escolas, nas lan-houses etc...

sobre os vírus...

CITAÇÂO: Não porque ele seja totalmente imune aos vírus, mas por ele não executar os vírus tão facilmente como se executa no Windows. uma pequena correcção.

Linux é IMUNE, sim, aos vírus de Windows! Em Linux o que pode existir são ataques de força bruta ou invasões, e os vírus de linux são alguns poucos rootkits muito raros, e não de Windows, são de lInux! e memso esses freq. não executam, aí sim, porque precisa de permissão de root. Ou seja, resumindo... virus de windows, não funcionam em linux, nem com senha de root.

[6] Comentário enviado por meinhardt_jgbr em 13/02/2011 - 11:24h

Joel,

Entendo este cenário de uma forma um pouco diferente. Primeiro, quem precisa de um Sistema Operacional (S.O.) ou hardware para realizar determinado tipo de trabalho deve buscar a solução adequada. Neste caso se a atividade requer produção gráfica ou de editoração de vídeo diferenciada sem dúvida se deve usar aqueles aplicativos mais adequados e por consequencia o S.O. onde este tipo de aplicativo estiver disponível. Nada errado nisto. Se o usuário, seja ele individual ou empresarial necessita apenas uma suite de produtividade de escritório, acesso a Internet, capacidade de armazenamento e manipulação / gerenciamento de bases de dados, o seu grau de liberdade de escolha já fica um pouco mais amplo. Se você usa PC para jogos, acesso a internet e usa basicamente para acessar redes sociais, novamente suas opções ficam de alguma maneira mais restritas.
Isto tudo é chover no molhado, pois todos sabemos disto e pelo menos por enquanto não existem argumentos válidos contra. Se você tem recursos econômicos necessários, não deve ficar restrito ao uso de meias soluções. Basta fazer o investimento correto e adquirir o hardware e o software adequado, incluindo nele o S.O.
A popularização e disseminação do Linux sem dúvida hoje em dia é muito diferente daquilo que foi a cinco anos atras, imensamente maior que a dez anos, etc. A razão disto é a divulgação, e principalmente a modificação das distribuições, tornando instalação e uso mais amigáveis.
É algo análogo ao uso de um determinado idioma. Existe algo contrario ao uso do Portugues, do Ingles, do Japones, do Chines, do Russo, do Espanhol, Italiano, etc ?
Claro que não, cada um tem sua aplicação e sua "massa" de usuários. O ideal para a comunicação global obviamente seria uma língua única que inclusive já foi criada (o Esperanto) usando facilidades de vários destes idiomas por Zamennhoff. Funcionou ou foi popularizado? Não!!!
Faltou a demanda. Talvez em alguns anos isto venha a ocorrer.

A dicotomia Microsoft / Software Livre fica restrita àquela famosa relação custo beneficio. Se é possível usar Linux pelo preço de uma gravação da mídia adequada (CD ou DVD) algo que pode ficar em torno de R$ 5,00, ou algum dos windows que custa R$10,00 comprando do Capitão Gancho, a diferença não é muito grande. A massa não dá bola para a segurança, na verdade nem sabe o que é isto e só vai começar a se preocupar quando for afetado por algum vírus e precisar re-instalar tudo e possivelmente até a reformatar o pc com perda total de seus dados que ficam em geral restritos a fotos, musica pirateada, vídeos, agenda de contatos e redes sociais, etc. Nada de tão grande importância assim, se já não houve a preocupação em fazer copias de segurança (que a maioria tampouco sabe o que é e para que serve ou os que sabem não dão bola).

Não estou levando em consideração o conhecimento prévio que vem atrelado ao uso disseminado em sistemas fornecidos de fabrica que obviamente é muito mais favorável ao windows, nem ao preconceito de que Linux é diferente e muuuito mais difícil.
É a mesma questão do idioma.
Alias todo o ramo de conhecimento implica na sua curva de aprendizado. Para o Chines, o Portugues é muito mais difícil que a sua língua materna.

Vejo a migração para o Linux, apenas uma questão de necessidade do usuário. Se você tem recursos limitados, seu equipamento já está bem defasado para usar algum dos windows e a grana para um upgrade é curta, com certeza trocando para algumas distros Linux vai dar vida nova ao seu equipamento. Possivelmente, dependendo das características do seu hardware você não vai conseguir rodar as distros que tem produção gráfica diferenciada, efeitos especiais, etc, precisando ficar com alguma das alternativas minimalistas que entretanto apesar do nome não deixam quase nada a dever em termos operacionais.

Nem vamos perder nosso "Latin" e falar em anti-pirataria ou uso de software e S.O. legalizado em um pais onde a ética, honestidade, responsabilidade, legalidade e consciência politica e social são conceitos longínquos e relativos.
Na terra onde o negócio é ser mais esperto e levar vantagem em tudo como o velho "Gerson", fica até feio você confessar que gastou tanto ou mais na compra de sistema operacional e os programas mínimos necessários que na compra do equipamento.
Não será preciso nem conveniente tergiversar sobre isto, basta ver alguns resultados das ultimas eleições onde corruptos notórios foram re-conduzidos ou outros foram eleitos na base da gozação como o caso do "Cacareco" renovado que não vou dar nome para não ofender ao nobre deputado.

Sem dúvida com a nova geração de distros, muito mais amigáveis, simples de usar e instalar, com produção gráfica primorosa e a inclusão digital vão levar a popularização do Linux. É apenas uma questão de tempo.

[7] Comentário enviado por rbm em 13/02/2011 - 17:25h

As vezes fica meio xato isso qual e melhor qual pior ... Mais eis a questão uso linux ( UBUNTU) pra dia dia e sou praticamente obrigado a usar windows pelo mesmo motivo que muitos > adobe,adobe.adobe como resolver isso ja tentei usar varios programas no linux para o mesmo fim sem sucesso . axo que se a comunidade linux geral se precupace em ver realmente oque falta pra ser completo iamos seguir mais rapido nao presisamos de 1000 distribuições uma diferente da outra ou ate mesmo uma igual que só mude o nome..

[8] Comentário enviado por joel carvalho em 15/02/2011 - 10:21h

Muito obrigado pelos comentários, adorei conhcer suas opiniões, que são extremamente convenssiveis.

Abraços!!

[9] Comentário enviado por odone.machado em 15/02/2011 - 10:51h

Caro raphaelbessoni , somos dois, em casa só uso linux e na máquina do meu trabalho é windows o dia todo. A melhor parte do dia é chegar em casa e ligar meu pc com ubuntu. Para quem trabalha com aplicativos que só rodam bem no windows, a sugestão é o bom e velho dual boot ou uma vm se pc tiver uma configuração que possibilite a execução de seus programas em ambiente virtual. Não precisamos ficar com o windows o tempo todo mas apenas para o necessário :-)

[10] Comentário enviado por arieldll em 15/02/2011 - 17:29h

Como vários colegas acima citaram, adobe adobe adobe... Quando desenvolvo os websites não utilizo flash nem dreamweaver, justamente por que trabalho em cima do ubuntu. O negócio é tentar fazer o máximo com javascript e html. A saída será essa...

[11] Comentário enviado por jcpalanca em 15/02/2011 - 19:54h

Cadê as vantagens ?
Você citou duas e diz "Dentre de tantas vantagens citadas..." ?
Amigos, talvez a maior das vantagens, dentre tantas que não foram citadas aqui, é a vantagem da liberdade, da moral e ética. Esta a micro$oft não tem.
No mundo linux nada que você não queira é empurrado goela a baixo !!!!

[12] Comentário enviado por login123 em 25/01/2012 - 18:08h

Como usuário comum,sem conhecimento de programação(Sei apenas fazer manutençao no meu pc e resolver broncas pequenas).Acho que os desenvolvedores de softwares deveriam investir mais seu tempo pra que pudessemos transformar de forma simples programas originalmente feitos pro OSWindows; para OSLinux! As pessoas comuns não estão interessadas em OS e sim, nos aplicativos que precisam no dia a dia. Existem formas de transformar aplicativos Windows em Linux, mas se vc não entender de códigos de programação=esqueça!

O que está faltando pro Linux ser popular,(sair do universo acadêmico e entrar nas casas) é a disponibilidade de drivers pras máquinas e aplicativos! Já que a interface é parecida com Windows.

Outro dia, um colega pediu pra mim Formatar o pc dele, com Linux instalado,ele disse que gostou até do OS, mas queria mudar porque não rodava o jogo Point Blank.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts