Otimizando o squid: Abortando solicitações interrompidas

Publicado por Fabio Soares Schmidt em 30/06/2011

[ Hits: 8.810 ]

 


Otimizando o squid: Abortando solicitações interrompidas



Quando um cliente faz alguma requisição e essa é abortada antes de sua conclusão, o Squid tenta completar essa tarefa e obter o conteúdo. Isso pode levar a banda disponível e outros recursos, como memória, processamento e disco rígido a serem desperdiçados. Para tratar esse problema, temos as seguintes diretivas:

quick_abort_min
(valor default: 16KB)

Se o conteúdo for igual ou menor do que o valor acima, o Squid continuará a baixá-lo.

quick_abort_max
(valor default: 16KB)

Se o conteúdo for igual ou maior do que o valor acima, o Squid irá interromper a requisição imediatamente.

quick_abort_pct.
(valor default: 95%)
Se o percentual do conteúdo for igual ou maior do o valor acima, o Squid continuará a baixá-lo. Se quisermos abortar todas as requisição incompletas, devemos setar o valor das duas primeiras diretivas para 0, se quisermos definir um valor ilimitado, devemos setar o valor para -1.

Os dois primeiros valores são setados em Kilobytes (KB) e o último em percentual. Se reduzirmos esses valores, iremos economizar banda e os outros recursos do equipamento, porém, se aumentarmos consequentemente podemos aumentar também nosso HIT ratio. Felizmente, podemos aplicar diferentes valores para vários conteúdos. No exemplo abaixo, vamos aumentar os valores para a acl windowsupdate :

acl windowsupdate dstdomain "/etc/squid3/sites/windowsupdate.txt"
quick_abort_min -1 windowsupdate
quick_abort_max -1 windowsupdate


Outras dicas deste autor

Zimbra - Copiando base de SPAM/HAM para outro servidor

Cyrus IMAP: Muitas mensagens "fetching user_deny" no log

Cyrus Aggregator - Serviço Sieve não conecta no Backend [Resolvido]

Dovecot - Mover Spam automaticamente para a pasta desejada

Forçando cache do Windows Update com Squid (Atualizado)

Leitura recomendada

Obra de referência do Linux ganha segunda edição

Instalando modem ZTE MF645 Vivo 3G no Ubuntu 8.04

Usando lynx com proxy autenticado

Google Earth fechando sozinho no Lubuntu 14.04.4 LTS [Resolvido]

Sim-ICQ no Fedora Core 3

  

Comentários
[1] Comentário enviado por linuxmrc em 30/06/2011 - 15:52h

o squid é bom mas esta me deixando malucoo...ja procurei sobre o assunto ja olhei varios tutoriais e mesmo assim não foi...o que eu quero é fazer cache do windows update..ele não fica em cache...ja configurei o squid com autenticação, os update ficam muiito lento...agora em modo transparente ele não fica lento mas não fica no cache...

essa dica sua ajudaria nesse aspecto....valeu

[2] Comentário enviado por rogeriojlle em 30/06/2011 - 20:02h

@linuxmrc
essa solução funcionou pra mim:
http://www.lucianopinheiro.net/portal/?q=node/139
não esqueça de olhar os comentários, possui informações relevantes....

[3] Comentário enviado por fs.schmidt em 30/06/2011 - 22:49h

Olá, as diretivas quick_abort ajudam sim a forçar o cache do windows update, mas deve ser combinado com outras diretivas, tem uma dica minha aqui no vivaolinux ok?

Parametros que utilizo:

#politicas de reposicao
memory_replacement_policy heap GDSF
cache_replacement_policy heap LFUDA

#Tamanho maximo do objeto para ser armazenado em cache
maximum_object_size 300 MB

range_offset_limit -1 windowsupdate
quick_abort_min -1 windowsupdate

Se utilizar a policita padrão de reposição do squid (LRU), não irá funcionar, se parametrizar o range_offset e quick_abort sem especificar acl irá fazer isso para todos os acessos, matando sua banda. No acima, apenas tenho uma acl dstdomain com os dominios do microsoft.com e windowsupdate.com.

Obs.: Eu combino isso com delaypool, sem o wsus as maquinas atualizam em qualquer horário, por isso precisei controlar a banda.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts