O comando YES

Publicado por Frederico Madeira em 02/01/2009

[ Hits: 15.901 ]

 


O comando YES



O yes é um programa que é instalado pelo pacote coreutils e sua função é retornar repetidamente um caractere ou ainda uma expressão de forma repetida até que o processo seja morto.

Você já tentou copiar/mover milhares de arquivos de uma pasta para outra onde na pasta de destino já existam uma parte destes arquivos? Pois é, ao tentar fazer isso, ele irá perguntar se você deseja sobrescrevê-lo. Procurei vários argumentos dos comandos cp e mv e não encontrei uma forma de usar o yes to all (sim para todos).

Para minha sorte o Linux traz uma solução muito criativa que pode ser usada para este e para outros casos, é o comando yes.

Este comando foi criado para repetir caracteres ou expressões repetidamente até que seja morto. Se utilizado sem nenhuma expressão, ele retornará y.

Por exemplo:

yes

Retornará seqüências de y.

yes n

Retornará seqüências de n.

Desta forma, se quisermos o equivalente ao yes to all, podemos usar o seguinte comando:

yes | cp -R /dir1 /dir2

ou ainda se quisermos no to all:

yes n | cp -R /dir1 /dir2

Abraços.

Frederico Madeira
www.madeira.eng.br

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Desinstalar o KDE do seu Linux (apt)

Guia de otimização para o Ubuntu

Tecle: "Ctrl+Alt+Del" e abra o monitor do sistema Ubuntu

Instalação do Metasploit Framework

Documentário: INPROPRIETÁRIO: O Mundo do Software Livre

  

Comentários
[1] Comentário enviado por alessandro_ufms em 02/01/2009 - 12:07h

O que pode estar acontecendo é que o sistema possui um alias para os comandos cp e mv com o parametro -i. Sem esse parametro o cp nem o mv pergunta se quer sobre-escrever os arquivos.

[2] Comentário enviado por eldermarco em 02/01/2009 - 12:18h

De qualquer maneira, é um comando interessante. Vlw pela dica.


[3] Comentário enviado por pedroarthur.jedi em 04/01/2009 - 16:23h

O cp tem o parametro -f para esses casos...

O yes consome um bom tempo de processamento, sendo usado para testar MacBooks que esquentavam muito... http://web.archive.org/web/20070210135333/http://techpaedia.com/apple/2006/08/27/testing-your-macboo...

[4] Comentário enviado por vitinho217 em 04/07/2014 - 09:03h

Eu estava procurando o no to all, valeu !



Contribuir com comentário