Nepomuk - Desabilitando no KDE

Publicado por Lisandro Guerra em 06/05/2010

[ Hits: 20.224 ]

Blog: https://spartanix.com/

 


Nepomuk - Desabilitando no KDE



Meus caros, percebi que o tal de Nepomuk é um devorador de processamento.

Ao olhar os processos, o campeão de consumo de recursos constava como o "nepomukservicestub nepomukstorage", que é processo filho do "nepomukserver". Os processadores ficam com carga de 70% e temperatura de trabalho em torno de 52°C quando o dito cujo está rodando e cai para 10%, ou menos, de carga e 33°C de temperatura quando desativado.

Resolvi então pesquisar pra ver que negócio era esse e se eu precisava mesmo dele. Quer saber o que é? Leiam meu artigo: Nepomuk - O que é isso?

Qual foi minha conclusão?

Eu não preciso do Nepomuk (por enquanto) e vou ensinar aqui como é fácil desabilitá-lo.

Vamos aos passos:

1) No menu K - Computador abra "Configurações do sistema"
Linux: Nepomuk - Desabilitando no KDE
2) Com a janela aberta selecione a aba "Avançado"
Linux: Nepomuk - Desabilitando no KDE
3) Nas configurações avançadas clique no ícone "Pesquisa na área de trabalho"
Linux: Nepomuk - Desabilitando no KDE
4) Agora desmarque a primeira caixa de seleção onde diz: "Habilitar o Ambiente de Trabalho Semântico do Nepomuk"
Linux: Nepomuk - Desabilitando no KDE
5) Finalmente pressione o botão "Aplicar" e é isso.
Linux: Nepomuk - Desabilitando no KDE
Prontinho, agora o processamento ficou um pouco mais leve. Olha como estava antes:
Linux: Nepomuk - Desabilitando no KDE
Agora, logo depois de desabilitar:
Linux: Nepomuk - Desabilitando no KDE
É isso aí amigos, espero ter ajudado e até uma próxima oportunidade.

Outras dicas deste autor

Mostrando datas passadas e futuras com o comando date

diff - Comando com exemplos

Arduino - Porta serial não disponível na IDE [Resolvido]

andLinux no XP

Dropbox no Linux Mint

Leitura recomendada

Morphon - Editor de arquivos XML

Instalando o VMware Player no Ubuntu 12.04 64 bits

Instalando VMware Workstation 8.0 no openSUSE 12.1

Qmmp - Um tocador parecido com o Winamp

Usando SSH pelo Firefox

  

Comentários
[1] Comentário enviado por andre.vmatos em 06/05/2010 - 12:49h

O Nepomuk só fica ocupando o processador e a memória dessa forma enquanto indexa seus arquivos. Se lhe for interessante te-los indexados, assim como eh pra mim, a melhor opção é selecionar com mais acuracidade o que vc qr indexado (por exemplo, selecionando pastas de música e deselecionando pasta de programas, código fonte, backup, etc), e esperar um pouco, até ele terminar. Após isso, o consumo de CPU ficará praticamente nulo. T+

[2] Comentário enviado por Lisandro em 06/05/2010 - 16:47h

Tem razão, o problema é que no meu caso o fluxo de dados mudando é grande e por consequencia está sempre indexando os novos dados chegando e removendo os dados indexados dos excluidos ou movidos.
Pra mim e pra outros é um transtorno, mas acredito que pra um Desktop normal deve ser tranquilo. Isso é claro se estiver funcionando adequadamente, o que não acontece em todas as distribuições.
Abraço

[3] Comentário enviado por albfneto em 06/05/2010 - 20:48h

eu uso, pq o instalador de pacotes do sabayon usa nepomuk, mas no opensuse estava dando problemas, desativei.
no meu comp não fica pesado não.

[4] Comentário enviado por removido em 26/08/2010 - 00:20h

salvou meu dia, acabei de desativar no FreeBSD, assim que bootar no Slackão eu desativo tbm



Contribuir com comentário