OpenSuSE: acesso ao Banco do Brasil

Publicado por Lisandro Guerra em 24/09/2009

[ Hits: 21.422 ]

Blog: https://spartanix.com/

 


OpenSuSE: acesso ao Banco do Brasil



Olá, recentemente tive problemas para acessar o site do Banco do Brasil com o Firefox.

As mensagens de erro no site não batiam com o que eu via no sistema, aí me alertei para duas coisas:
  1. Os pacotes Java que são instalados por padrão não são os da SUN;
  2. A versão instalada era 1.6 e o BB tem tido problemas com essa versão.

Foi só entrar no YaST, pesquisar por "java", desinstalar a versão instalada e logo acima estava disponível para instalar a versão 1.5 da SUN.
Linux: opensuse acesso ao Banco do Brasil
Pronto, tenho internet banking novamente.

Abraço.

Outras dicas deste autor

Telegram Desktop no Linux Mint e Ubuntu

Wi-Fi no Dell Inspiron 1525 - Configurando Broadcom 4312 LP-PHY no Linux Mint 14/15

Arduino - Porta serial não disponível na IDE [Resolvido]

Netflix no Linux Mint, Ubuntu, Fedora e CentOS

LAMP com PHP 7 no Linux Mint 17.3 e Ubuntu 14.04

Leitura recomendada

Problemas de falta de pacotes resolvidos com o aMule

Descobrindo seu IP externo via linha de comando no GNU/Linux

Enviar e-mail pela linha de comando, apenas com uma sequencia

Configurando conexão wireless no Mandriva One e superior (iniciantes)

links2: acessando páginas "impossíveis"

  

Comentários
[1] Comentário enviado por Teixeira em 24/09/2009 - 08:06h

O grande problema dos sites ligados ao governo (inclusive Banco do Brasil, Caixa Econômica e afins) é de utilizar e fazer utilizar recursos que sejam "100% Microsoft", inclusive usar o dialeto java daquela empresa e não o original, bom e AUTÊNTICO Java da Sun Microsystems.
Nem todos os usuários tem condições de fazer esse tipo de "transplante", pois o mesmo não é nada natural ou intuitivo, nem sequer divulgado.
Valeu pela dica, inclusive para os usuários de Windows que simplesmente arrancam os cabelos quando acontece esse tipo de problemas, e não conseguem desses sites ou desses órgãos o suporte necessário.
O software da Caixa Econômica tem uma implicância crônica com o antivirus AVG.
Então o usuário tem que instalar outro antivirus, possivelmente menos eficiente (*) ou rodar sem antivirus algum, o que em termo de Windows é um verdadeiro desastre.

(*) Ao meu ver, antivirus para ser bom e eficiente não tem nada a ver com a marca, ou ainda se é pago ou gratuito, mas sim com a "safra" e com o ponto de vista do usuário.
É uma coisa sazonal: Tem época em que um se destaca sobre o outro em algum aspecto, mas tem época em que um outro lhe é superior. É isso que tem acontecido durante décadas.
Atualmente confio mais no Avira, mas já fui usuário "de carteirinha" do AVG e do Avast. E posso voltar a sê-lo, caso eles se mostrem - para mim - como mais eficientes.

PS.:
Considero que o responsável - ou os responsáveis - por um site deve fazê-lo compatível com A MAIORIA dos browsers que existem no mercado.
No entanto, volta e meia encontramos um site do tipo em questão e que não funciona no Opera, no Mozilla, no Crazy Browser (? etc.
E bem sabemos que o IE é exatamente o que é incompatível com os padrões da W3C. Quem constrói sites sabe muito bem disso, mas parece que ELES não.
A cada dia que se passa, mais me parece que a matriz deles fica em Redmond.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts