Múltiplos terminais virtuais com GNU Screen

Publicado por Alexandre Mulatinho em 17/01/2014

[ Hits: 5.891 ]

Blog: http://alex.mulatinho.net

 


Múltiplos terminais virtuais com GNU Screen



Se você gosta de utilizar o terminal de comandos do GNU/Linux, sabe que é necessário gastar alguns minutos personalizando-o, também é muito útil usar o recurso de abas para poder fazer várias atividades ao mesmo tempo. O que muitas pessoas não sabem, é que existe o recurso do comando screen criado pelo projeto GNU.

- O que é o GNU Screen?

O Screen é um multiplexador de terminais que permite ao usuário, em uma mesma sessão, abrir várias janelas e realizar atividades paralelas.

Este recurso é um pouco subestimado, pois a maioria das atividades de usuários comuns são feitas na sua máquina local e, então, basta utilizar um terminal com suporte a abas para obter o mesmo efeito: vários terminais com diferentes sessões e atalhos que permitem a movimentação entre si, a fim de realizar várias atividades.

A diferença do GNU Screen, é que as janelas que ele cria estão dentro de uma mesma sessão e isso é muito útil, por exemplo, numa sessão remota via SSH, em vez de o usuário acessar várias vezes o servidor para realizar atividades paralelas, como faria normalmente. O GNU Screen permite um único acesso e várias janelas diferentes, onde é possível realizar várias atividades em conjunto na mesma sessão.

- Parece bom! Como uso o GNU Screen?

É fácil, basta digitar screen e ele já começa a rodar. Abaixo, veremos alguns argumentos interessantes que tornam ainda mais eficiente essa solução.

screen

Inicia a sessão multiplexada, praticamente você recebe um novo prompt.

screen -ls
There is a screen on:
        31248.pts-2.sf064515    (Attached)
1 Socket in /var/run/screen/S-mulatinho.

Pode ser visto acima o nome da sessão "31248.pts-2.sf064515" screen rodando.

screen -r NomeDaSessao

Puxa uma sessão que está solta para a tela atual.

- Ótimo! Funcionou, mas onde está a multiplexação?

A partir do momento em que você está dentro do multiplexador screen, as coisas mudam um pouco de figura, e todo o gerenciamento é feito utilizando a sequência de caracteres: Ctrl+Alt+<OPÇÃO>

Vamos ver algumas opções:
    
 c   - [create] cria uma nova janela;
 n   - [next] modifica a janela para a próxima da lista;
 X   - [delete] deleta uma janela;
 A   - [rename] renomeia uma janela;
 S   - [split] divide janelas na mesma tela (várias janelas na tela atual);
 TAB - [split next] alterna entre as janelas dividas;
 [   - [scrollback] permite subir a tela para ver mais acima e copiar dados;
 ESC - [cancel] cancela alguma opção.
   
   
Então, ao rodar o comando screen, você receberá um novo prompt de comando e, só então, poderá digitar no seu teclado a sequência Ctrl+Alt+c e ver que uma nova janela foi criada e depois Ctrl+Alt+n, para navegar entre as janelas e poder realizar várias atividades.

Você verá que utilizando as opções acima e, com um pouco de prática, o uso do GNU Screen te tornará muito mais eficiente no terminal. Tente um pouco e veja você também!


Quer mais detalhes de utilização com imagens e tudo mais?

Acesse meu blog: Mulatinho Weblog

Outras dicas deste autor

Como gerar e instalar pacotes no Slackware

Git - Rotina de comandos úteis

Visualizando threads de um processo no Linux

Leitura recomendada

Ao instalar KDE4 no Debian Lenny startx não funciona [solução]

Lista de comandos Linux

CUPS-PDF: erro "cups-pdf failed" [Ubuntu 9.04]

Tor Browser no Ubuntu, Debian e derivados

Arch Linux personalizado - Parte III

  

Comentários
[1] Comentário enviado por mulatinho em 17/01/2014 - 17:39h

Opa! O revisor do texto corrigiu alguns erros de português mas errou ao corrigir a tecla de atalho. Onde lê-se

CTRL + ALT + <OPÇÃO> (não funciona no GNU Screen)

Substituir por

CTRL + A + <OPÇÃO> (funciona perfeitamente)

Valeu! :-)



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts