Migrar Samba 4 entre servidores CentOS 7

Publicado por Fabio Claudino em 26/03/2018

[ Hits: 1.214 ]

 


Migrar Samba 4 entre servidores CentOS 7



Olá a todos.

Depois de muito passar aperto na migração entre dois servidores Samba com CentOS 7, resolvi passar para vocês esse tutorial de como fazer esta migração de forma rápida, fácil e eficiente.

Presumindo que já tenham o servidor antigo rodando e o servidor atual instalado.

Os procedimentos listados abaixo, foram retirados de alguns fóruns e do pouco conhecimento que detenho.

Sem mais delongas, bora trabalhar!

Servidor novo:

# yum update
# yum install samba
# service smb stop
# service nmb stop


Faremos uma cópia de segurança em alguns arquivos do /etc. São eles:

# cp passwd passwd.orig
# cp passwd- passwd-.orig
# cp group group.orig
# cp group- group-.orig
# cp shadow shadow.orig
# cp shadow- shadow-.orig
# cp gshadow gshadow.orig
# cp gshadow- gshadow-.orig
# cp samba samba.orig
# cp /var/lib/samba/private/passwd.tdb /var/lib/samba/private/passwd.tdb.orig


P.S.: não podemos renomear os arquivos, pois quando precisar copiar os outros arquivos do servidor antigo, o sistema informará que não existe usuário para cópia por não encontrar a pasta passwd e shadows.

Ainda no servidor novo e na pasta /etc, vamos copiar os arquivos do servidor remoto.

# scp root@servidor_antigo:/etc/passwd* .
# scp root@servidor_antigo:/etc/group* .
# scp root@servidor_antigo:/etc/shadow* .
# scp root@servidor_antigo:/etc/gshadow* .
# scp -r root@servidor_antigo:/etc/samba .
# scp root@servidor_antigo:/var/lib/samba/*.tdb /var/lib/samba/


No servidor antigo digite:

# pdbedit -Lw

Este comando lista os usuários cadastrados no tdbsam.

No servidor novo, digitar o mesmo comando acima e verificar se a lista de usuários estão iguais entre os servidores.

Depois de copiado os arquivos, iremos verificar e alterar a SID do computador novo pelo antigo.

No servidor antigo digite:

# net getlocalsid

Aparecerá algo do tipo:

SID for domain NOMEDOSERVIDOR is: S-1-5-21-11531191770-252211568-123456789

No servidor novo digite:

# net getlocalsid

Aparecerá algo do tipo:

SID for domain NOMEDOSERVIDOR is: S-1-5-21-11531191770-123456789-987654321

Notem que os SIDs são diferentes, iremos setar o SID do servidor novo com o mesmo SID do servidor antigo:

# net setlocalsid S-1-5-21-11531191770-252211568-123456789 (SID é o do servidor antigo)
# net rpc getsid
# net getlocalsid

Deverá aparecer o mesmo SID do servidor antigo:

SID for domain NOMEDOSERVIDOR is: S-1-5-21-11531191770-123456789-987654321

Pronto. Agora vamos nos finalmentes.

Precisamos desabilitar o SELINUX:

# vi /etc/selinux/config

# This file controls the state of SELinux on the system.
# SELINUX= can take one of these three values:
#     enforcing - SELinux security policy is enforced.
#     permissive - SELinux prints warnings instead of enforcing.
#     disabled - No SELinux policy is loaded.
SELINUX=disabled
# SELINUXTYPE= can take one of three two values:
#     targeted - Targeted processes are protected,
#     minimum - Modification of targeted policy. Only selected processes are protected.
#     mls - Multi Level Security protection.
SELINUXTYPE=targeted

Deixar a opção SELINUX=disabled.

Depois de tudo...

# reboot

Uma dica: nem sempre o smb e o nmb, são iniciados com o sistema. Aconselho instalar o programa ntsysv para habilitar estes dois processos na inicialização.

Espero ter ajudado com minha peleja!

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

IPtables/Squid transparentes - Bloqueando Facebook em HTTP/HTTPS por horários

Configurando o X Window System

Configuração da placa Ati Radeon 7000 com saída RCA para TV

Gerenciando processos no Linux

Apt-spy - Otimizando o sources.list

  

Comentários
[1] Comentário enviado por frodrigues em 15/10/2019 - 10:20h

Bom dia cara, blz?

Preciso migrar o file server de um servidor com CentOS para outro servidor com CentOS.

Você tem algum tutorial que possa me ajudar? Sou novo no Linux.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts