Métodos para descobrir modelo da placa-mãe no Linux

Publicado por Xerxes Lins em 08/04/2009

[ Hits: 106.939 ]

Blog: https://voidlinux.org/

 


Métodos para descobrir modelo da placa-mãe no Linux



Uma dúvida comum dos usuários iniciantes de Linux: como ver o modelo da minha placa-mãe?

Método 1: dmidecode

Procure por "dmidecode" em seus repositórios e instale-o, e se não o encontrar, acesse:
Use o comando:

# dmidecode | more

Surgirão várias informações, vá teclando ENTER até achar a sessão "Base Board Information", ela contém as informações da sua placa-mãe.
Linux: Métodos para descobrir modelo da placa-mãe no Linux
"Manufacturer" é o fabricante e "Product Name" é o modelo. Para sair, tecle a letra "q".

Método 2: hardinfo

Procure por "hardinfo" nos seus repositórios, se não encontrar acesse:
Instale o aplicativo HardInfo. Execute-o e procure por Device -> DMI.
Linux: Métodos para descobrir modelo da placa-mãe no Linux
Observe em Board, à esquerda, as informações da sua placa-mãe. "Name" é o modelo e "Vendor" é o fabricante.

Método 3: lshw

Procure por "lshw" em seus repositórios, se não o encontrar acesse:
Instale o aplicativo lshw. Use o comando:

# lshw -class system
Linux: Métodos para descobrir modelo da placa-mãe no Linux
"Product" é o modelo e "Vendor" é o fabricante.

Espero que essa dica isso seja útil para alguém.

Outras dicas deste autor

Mini pós-instalação do Lubuntu

O Everest do Linux

Teclas de função no Xfce para comandar o volume

Xubuntu + LXDE

Conversor WinFF no Fedora

Leitura recomendada

Configurando mouse Microsoft Intellimouse 4.0 no Debian ETCH

Como bloquear o Ultrasurf

Flash player em plataforma 64 bits (instalando com .deb)

Trabalhando com transações com PHP e MySQL

Instalando o Java no Fedora

  

Comentários
[1] Comentário enviado por arauto_ em 08/04/2009 - 19:29h

Muito interessante você ter postado estes comandos. O primeiro comando eu nunca tinha ouvido falar, aproveitei então, e fui logo procurá-lo na minha distribuição. Que bom, ele já vem no slackware!!!

[2] Comentário enviado por xerxeslins em 08/04/2009 - 21:12h

=]

O bom do Slackware é que ele vem com um monte de coisas legais na instalação full

[3] Comentário enviado por jborda em 09/04/2009 - 09:00h

Cara, muito bom...gostei mesmo(do primeiro comando)...

Aqui na empresa no servidor Red Hat EL4, já vem por padrão...

Gostei muito e já até decorei <b>dmidecode</b> hehehe

[4] Comentário enviado por removido em 09/04/2009 - 12:58h

Muito interessante !!!!!!! mostrou todos os detalhes inclusive. o dmidecode veio por padrão no openSUSE 11.1

[5] Comentário enviado por dbahiaz em 09/04/2009 - 19:08h

Gostei, deu pra ver tudo mesmo do bios

[6] Comentário enviado por sandromt em 13/04/2009 - 10:41h

Muito bom esse primeiro comando "dmidecode", ele mostra tudo que tem na placa-mãe, excelente, valeu!!

[7] Comentário enviado por pools em 15/07/2009 - 14:13h

Muito boa dica!
No ubuntu o lshw e o dmidecode já vêm instalados por default.


Até mais!

[8] Comentário enviado por ricardoperera em 16/01/2010 - 13:13h

Parabéns, muito boa a dica e é muit útil também =D !! Até mais!

[9] Comentário enviado por agnaldo-marinho em 31/01/2011 - 11:24h

Boa Dica!
Nunca havia usado o "demidecode", muito bom mesmo.. valeu!

[10] Comentário enviado por removido em 07/09/2011 - 23:06h

Muito bom. Usava sudo lshw | grep product

[11] Comentário enviado por resolvemicro em 26/07/2016 - 09:32h

Parabéns, muito boa a ajuda e a dica.
www.resolvemicro.com.br

[12] Comentário enviado por marco_sistemas em 20/07/2018 - 22:25h

Ajudou muito, obrigado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts