Limitador de conexões para usuários

Publicado por Robert Fernandes Francisco em 16/05/2004

[ Hits: 9.497 ]

 


Limitador de conexões para usuários



Estava testando hoje um script que construí para o HP/UX no meu Debian e funcionou legal.

Com ele posso limitar quantas conexões ativas via telnet um usuário poderá abrir.

Basta inserir o seguinte código no ~/.profile do usuário:

#-----------------------------------------------
# Arquivo: limite
#-----------------------------------------------

# VAR identifica os usuários logados, pega somente a
# posição do login, remove depois os espaços, procura
# pela chave exata que é o login depois conta as incidências

VAR=`who | cut -c1-8 | tr -d "{TEXTO}40" | grep -x "$LOGNAME" | wc -l`

# No exemplo abaixo, está limitado o acesso a 1 conexão
# para liberar 2 conexões, por exemplo, altere o início da
# linha para [ $VAR -gt 2 ], e assim por diante

if [ $VAR -gt 1 ] && [ $LOGNAME != "root" ]
then
clear
echo
echo
echo
echo
echo "$LOGNAME, você estourou o numero de conexões permitidas"
echo "Veja a relação a seguir:"
echo
who -u | grep -x $LOGNAME
sleep 5
echo
echo
echo
echo " Para maiores informações consulte o CPD/DSA ..."
exit
fi

Espero que este script possa ser útil para todos.

Um forte abraço.

Outras dicas deste autor

gtkboard - Jogos de tabuleiro

LILO - texto colorido

Top personalizado (colorido)

Configuração do X no notebook libretto

Gdm com a sua cara

Leitura recomendada

SQUID + Autenticação Segura no AD (NTLM)

Site do RibaFS de volta!

Projeto Root - Protegendo o Apache

Synergy mais seguro

Webinar III - Principais ameaças à aplicações web - Top 10 do OWASP

  

Comentários
[1] Comentário enviado por fftrebor em 17/05/2004 - 16:00h

Esquecí de dizer que isto também vale para o SSH, e parar alguns emuladores que instalei no meu Debian.

Na realidade este script é voltado para aqueles usuários que não cairão no sistema operacional, sendo direcionados automaticamente para uma aplicação.

Com isto, este script obriga o usuário a encerrar a conecção caso ele vá se deslocar para outro lugar na empresa, onde lá será necessário abrir uma nova conecção.

De cara, isto já resolve aquela situação do usuário que esquece sua senha ativa, para que qualquer abelhudo se utilize de suas permissões de acesso para bagunçar qualquer coisa na base de dados ou mesmo bisbilhotar.

[2] Comentário enviado por jeffestanislau em 20/05/2004 - 08:23h

Grande Robert!!!
Realmente este script é muito... parabéns!!!

[3] Comentário enviado por fftrebor em 26/05/2004 - 08:09h

Aí gente!!!!!

Não sei porque, o meu script foi alterado quano o inserí aqui.

Por favor, todos que queiram usar ele, depois de copiar, troque o "
Estava testando hoje um script que construí para o HP/UX no meu Debian e funcionou legal.

Com ele posso limitar quantas conexões ativas via telnet um usuário poderá abrir.

Basta inserir o seguinte código no ~/.profile do usuário:

#-----------------------------------------------
# Arquivo: limite
#-----------------------------------------------

# VAR identifica os usuários logados, pega somente a
# posição do login, remove depois os espaços, procura
# pela chave exata que é o login depois conta as incidências

VAR=`who | cut -c1-8 | tr -d "{TEXTO}40" | grep -x "$LOGNAME" | wc -l`

# No exemplo abaixo, está limitado o acesso a 1 conexão
# para liberar 2 conexões, por exemplo, altere o início da
# linha para [ $VAR -gt 2 ], e assim por diante

if [ $VAR -gt 1 ] && [ $LOGNAME != "root" ]
then
clear
echo
echo
echo
echo
echo "$LOGNAME, você estourou o numero de conexões permitidas"
echo "Veja a relação a seguir:"
echo
who -u | grep -x $LOGNAME
sleep 5
echo
echo
echo
echo " Para maiores informações consulte o CPD/DSA ..."
exit
fi

Espero que este script possa ser útil para todos.

Um forte abraço.

" por uma contra-barra (ou barra invertida como estou acostumado a chamar).

Coisas que acontecem sabem ...

[4] Comentário enviado por fftrebor em 26/05/2004 - 08:12h

não to dizendo ... o que quero dizer e estou sendo barrado é:
troque a palavra TEXTO que está entre CHAVES, inclusive as chaves, por uma contrabarra (barra-invertida).

a sintaxe correta é assim: abre-aspas contra-barra 040 fecha-aspas

tudo junto, sem espaços.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts