Instalando o Bacula-web no CentOS 5.X

Publicado por Daniel Lara Souza em 12/10/2011

[ Hits: 13.827 ]

Blog: http://danniel-lara.blogspot.com/

 


Instalando o Bacula-web no CentOS 5.X



Bacula-web é uma ferramenta de código aberto cujo projeto começou em 2004, originalmente escrito por Juan Luis Frances, que se encontra atualmente na versão 5.1.0-ALPHA. Esta ferramenta é escrita em PHP, html, css e javascript, e é liberado sob os termos da licença GPL.

O Bacula-web serve para monitoramento e relatórios do Bacula, onde temos:
  • Quantos clientes configurados;
  • Total de bytes armazenados em seu catálogo;
  • Total de arquivos armazenados em seu catálogo;
  • O tamanho do banco de dados do catálogo.

Também temos em relação aos Jobs:
  • Jobs em execução;
  • Jobs concluídos;
  • Jobs com falha;
  • Jobs cancelados;
  • Jobs em espera.

Temos o status dos Jobs das últimas 24 horas onde informam:
  • Quantos Jobs em execução;
  • Jobs com falha;
  • Jobs concluídos;
  • Jobs em espera.

Quantos posts de Jobs para cada nível (incremental, diferencial e integral):
  • Total de bytes transferidos;
  • Arquivos transferidos.

Instalando e configurando

Após ter o seu Bacula já instalado e funcionando; chegou a hora de você visualizar os relatórios.

Bom, com o Bacula-web não é necessário estar no mesmo servidor do Bacula, pode ser em outra máquina.

Instalando o PHP e Apache:

# yum install httpd php php-gd php-gettext php-mysql php-pear-DB -y

Iniciando o Apache na inicialização:

# chkconfig httpd on

Baixe a versão alpha do Bacula-web:

# wget http://bacula- web.dflc.ch/tl_files/downloads/bacula-web.5.1.0-alpha.tar.gz

Após isso, vamos descompactar:

# tar -xzf bacula-web-5.1.0-alpha.tar.gz -C /var/www/html/bacula-web

Vamos ajustar o config.php:

# cd /var/www/html/bacula-web/config
# vim config.php


e deixe como no exemplo abaixo:

<?php

$config['language'] = 'en_EN';

#MySQL bacula catalog
$config[0]['label'] = 'Backup Server';
$config[0]['host'] = 'IP';
$config[0]['login'] = 'usuario';
$config[0]['password'] = 'senha';
$config[0]['db_name'] = 'bacula';
$config[0]['db_type'] = 'mysql';
$config[0]['db_port'] = '3306';

?>

Após isso, salve e saia do arquivo.

Ajustando as permissões:

# chown -Rv apache:apache ./bacula-web
# chmod -Rv u=rx,g=rx,o=rx ./bacula-web
# chmod -v ug+w ./bacula-web/templates_c


Reinicie o Apache:

# service httpd restart

E depois acesse:

http://seuip/bacula-web
Linux: 
Instalando o Bacula-web no CentOS 5.X
Bom pessoal, por enquanto é isso; ainda estou finalizando o artigo do Bacula e do Webacula para compartilhar com vocês.

Outras dicas deste autor

Razor-QT no Ubuntu 12.04 LTS

VisualStudioCode no Fedora 30

Instalação NRPE no Xen 6.2

Fedora com Gnome Minimal

LibreOffice 3.6.3 no Fedora 17

Leitura recomendada

Medidor de energia e bateria no Linux

How To: Configurar proxy web em servidor Debian

Compartilhamento no Samba com permissão de grupo

Dicas para iniciantes em Linux

Mapeando unidade de rede entre Windows e Linux

  

Comentários
[1] Comentário enviado por emilioeiji em 14/10/2011 - 09:59h

É o próprio bacula que cria o banco de dados?

[2] Comentário enviado por danniel-lara em 14/10/2011 - 10:11h

Sim , o Bacula-Web se conecta no Banco de dados do Bacula e pega as informações
estou finalizado o meu artigo sobre o bacula , até o final do mês já vai esta ok .



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts