Instalando fontes no Debian

Publicado por Paulo Silva Filho em 05/11/2010

[ Hits: 12.095 ]

Blog: http://psfdeveloper.blogspot.com

 


Instalando fontes no Debian



Estava visitando o meu blog e percebi que, no Debian, as fontes que configurei o blog não apareciam. Percebi isso no Lenny e no Squeeze. Então eu notei que precisaria instalar as fontes no braço.

Foi um trabalho hercúleo. Mas cheguei a uma única linha de comando que instala todas as fontes necessárias para vários aplicativos, para ver websites com fontes diferentes configuradas via CSS, entre outros. Eu pensei em instalar as fontes do Mac OS X no Debian, mas isso tiraria o sistema de suas características convencionais e não poderia ser feito por todo mundo, pois, para quem não tem uma licença do Mac OS X, isso é ilegal.

Para configurar todas as fontes possíveis no Debian, com exceção das muito específicas, como a do Mathematica (software de cálculo numérico), faça o seguinte:

1 - Crie um arquivo texto chamado fonts na sua pasta home ou em qualquer outro lugar (como em /tmp).

2 - Copie e cole o seguinte conteúdo no arquivo criado:

ttf-denemo
ttf-essays1743
ttf-georgewilliams
ttf-linux-libertine
ttf-lyx
ttf-opensymbol
libsdl-ttf2.0-0
ttf-sjfonts
ttf-thai-arundina
ttf-thai-tlwg
ttf-adf-accanthis
ttf-adf-baskervald
ttf-adf-berenis
ttf-adf-gillius
ttf-adf-ikarius
ttf-adf-irianis
ttf-adf-libris
ttf-adf-mekanus
ttf-adf-oldania
ttf-adf-romande
ttf-adf-switzera
ttf-adf-tribun
ttf-adf-universalis
ttf-adf-verana
ttf-aenigma
ttf-alee
ttf-ancient-fonts
ttf-aoyagi-kouzan-t
ttf-aoyagi-soseki
ttf-arabeyes
ttf-arphic-bkai00mp
ttf-arphic-bsmi00lp
ttf-arphic-gbsn00lp
ttf-arphic-gkai00mp
ttf-arphic-ukai
ttf-arphic-uming
ttf-atarismall
ttf-baekmuk
ttf-beteckna
ttf-bitstream-vera
ttf-bpg-georgian-fonts
ttf-breip
ttf-century-catalogue
ttf-dejavu-core
ttf-dejavu-extra
ttf-dejavu
ttf-dejima-mincho
ttf-dustin
ttf-dzongkha
ttf-ecolier-court
ttf-ecolier-lignes-court
ttf-engadget
ttf-evertype-conakry
ttf-f500
ttf-farsiweb
ttf-femkeklaver
ttf-fifthhorseman-dkg-handwriting
ttf-freefarsi
ttf-freefont
ttf-gfs-artemisia
ttf-gfs-baskerville
ttf-gfs-bodoni-classic
ttf-gfs-complutum
ttf-gfs-didot-classic
ttf-gfs-didot
ttf-gfs-gazis
ttf-gfs-neohellenic
ttf-gfs-olga
ttf-gfs-porson
ttf-gfs-solomos
ttf-gfs-theokritos
ttf-goudybookletter
ttf-hanazono
ttf-inconsolata
ttf-bengali-fonts
ttf-devanagari-fonts
ttf-gujarati-fonts
ttf-indic-fonts
ttf-kannada-fonts
ttf-malayalam-fonts
ttf-oriya-fonts
ttf-punjabi-fonts
ttf-tamil-fonts
ttf-telugu-fonts
ttf-isabella
ttf-jsmath
ttf-junicode
ttf-jura
ttf-kacst-one
ttf-kacst
ttf-kanjistrokeorders

3 - Salve o arquivo.

4 - Rode o comando, como root:

# apt-get install `cat fonts`

5 - Espere instalar as fontes, pode demorar um bocado.

Alguns softwares o Debian pedirá para instalar (como a stack TexLive). Se você não os tiver, deixe o apt-get instalar porque esses programas são utilizados para geração de diversos tipos de arquivos e por diversos programas que talvez você já use ou venha a usar (como o Scribus, o OpenCV, ou o Ghostscript/Ghostview). O espaço em disco ocupado pelas fontes e pelos programas associados é imenso, por volta de 1GB, então tenha espaço em disco para fazer tal configuração.

Pronto. Agora você pode navegar, editar documentos no OpenOffice.org ou no AbiWord com fontes alternativas, editar imagens com fontes bonitas no Gimp e no Inkscape, ou ver as fontes em Chinês, Coreano, Árabe ou Hindi em diversos sites na Internet.

Provavelmente o script deve funcionar no Ubuntu ou no Mint, mas nesses sistemas eu acredito que eles não sejam necessários. O Ubuntu já costuma ter instalado, por definição, um grande conjunto de fontes. Pouco vi ou usei o Mint, mas tive essa mesma impressão dessa distro.

Abraços.

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Acerte as horas NOW!

Freecraft, jogo de estratégia estilo Warcraft para Linux

Verificando se há mensagens em sua caixa postal Yahoo

screenFetch - The Bash Screenshot Information Tool

Distro de música - Projeto Musix - Execute MIDI sem dor de cabeça

  

Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 05/11/2010 - 22:18h

Paulo,

dica excelente e favoritada. não tenho costume de instalar muitas fontes pois uso Debian numa máquina desktop, porém, outras pessoas podem passar por aperreios como os que você citou e então pode ser que seja essa a solução.

um abraço.

[2] Comentário enviado por cesarfrrrk em 06/11/2010 - 17:14h

Dica maneira mesmo. E ainda acabei usando a estratégia de escrever tudo o que eu precisava dentro de um arquivo e mandar instalar. Criei no arch o arquivo programas com tudo que eu precisava e pacman -S `cat programas`.

Valeeeu!!

[3] Comentário enviado por vjorge em 09/11/2011 - 16:39h

Boa tarde

Paulo segui tuas orientações, mas quando vou instalar as fontes no debian 6 aparece a seguinte mensagem:

E: Impossível encontrar o pacote ttf-hanazono
E: Impossível encontrar o pacote ttf-inconsolata
E: Impossível encontrar o pacote ttf-jsmath
entre outras....

se vou instalar uma fonte manualmente aparece a seguinte mensagem:

# aptitude -yv install ttf-hanazono
Não foi possível encontrar nenhum pacote cujo nome ou descrição combinasse com "ttf-hanazono"

Pergunto:

Quais mirros deverão estar no /etc/apt/source.list

Abr;



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor HostGator.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Viva o Android

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts