Instalando cvs + cvsd no Ubuntu

Publicado por Denilson Martins em 23/09/2010

[ Hits: 7.900 ]

 


Instalando cvs + cvsd no Ubuntu



O serviço cvsd te deixa configurar usuários sem a necessidade de usar os do sistema, além de é claro, subir repositórios do cvs.

Tive a necessidade de atualizar meus servidores na empresa, e em um deles rodava o serviço de CVS. Era uma máquina um tanto obsoleta e uma distro também (Fedora 5).

Migrei tudo o que tinha para Ubuntu, mas ficou o cvs para resolver, instalei, configurei. Porém não queria que os usuários fossem autenticados como usuários do sistema, tentei de várias maneiras e não consegui, até que encontrei o cvsd (meio na cara né. :) ). Com ele resolvi os problemas, e de quebra não precisei usar mais o xinetd para iniciar o cvs.

Segue a instalação e configuração do mesmo:

# apt-get install cvs cvsd

Na configuração do cvsd aparecerá a mensagem:

Configuring cvsd

A ideia do cvsd é servir repositórios. Especifique uma lista separada por dois pontos ':' de repositórios a serem servidos. A localização desses repositórios é relativa a saída jaula chroot especificada (/var/lib/cvsd) e deve iniciar com uma '/'.

Os repositórios aqui devem ser inicializados manualmente com um comando como 'cvs -d /var/lib/cvsd/myrepos init' e logo após senhas poderão ser definidas com um comando como 'cvsd-passwd /var/lib/cvsd/myrepos anomymous'. Consulte o arquivo /usr/share/doc/cvsd/README.gz para maiores detalhes sobre a criação de repositórios.

Repositórios a serem servidos:

/demo:/myrepos

<Ok> <Cancelar>

Pode ser apagado /demo:/myrepos e colocar o seu repositório, aqui vou chamá-lo de vol. Como na própria mensagem diz, devemos iniciar então o repositório:

# cvs -d /var/lib/cvsd/vol init

Aqui o cvs cria o diretório CVSROOT que contém as informações e configurações do cvs.

Feito isso devemos criar os usuários, também especificado na mensagem:

# cvsd-passwd /var/lib/cvsd/vol nomeUsuario

Agora faz-se necessário configurar o cvsd, pois o mesmo não inicia no Ubuntu, e vendo os logs dele gerado observa-se que a porta está sendo usada, para corrigir isso edite o arquivo do cvsd.

# vi /etc/cvsd/cvsd.conf

Altere "Listen * 2401" para "Listen 0.0.0.0 2401", salve e reinicie o serviço:

# service cvsd restart

Caso já tenha projetos em uso, basta copiá-los para /var/lib/cvsd/vol e dar permissões para os projetos. Exemplo:

# chmod 777 -R /var/lib/cvsd/vol

Podemos ainda criar um script para inserção de novos usuários sem ter a necessidade de digitarmos todo o comando de criação:

#!/bin/bash
echo "Digite o nome do usuario para CVS"
read usuario
cvsd-passwd /var/lib/cvsd/vol $usuario

Feito isso, atualizei meu servidor cvs.

Outras dicas deste autor

Debian - Instalando kernel 32 bits via DVD em máquinas com mais de 4GB de RAM

Ubuntu 10.10 não inicia e cai no initramfs, e agora?... Resolva!

Execução do apt-get --> (ERRRO) Sources Hash Sum Mismatch <-- Correção que funcionou

Como criar um xorg.conf no Ubuntu 9.10

Adicionando impressora de rede instalada em um servidor Linux (CUPS) pelo protocolo IPP

Leitura recomendada

Configução básica de uma rede local, roteando e habilitando o firewall

Configurando servidor DHCP3

O básico sobre "Load average"

Baixar e instalar o Mozilla FireFox 3

Disco de inicialização com GRUB

  

Comentários
[1] Comentário enviado por cctessaro em 26/10/2010 - 21:02h

Salve!
Cara muito bom o artigo....gostei muito!

to so com um pequenino problema :

eu ja exportei a variavel CVSROOT porém quando eu dou um cvs login e digito a senha do usuário a seguinte mensagem me é apresentada :

cvs -d :pserver:cassio@10.10.0.199:/var/lib/cvsd/cassio login
Logging in to :pserver:cassio@10.10.0.199:2401:/var/lib/cvsd/cassio
cvs [login aborted]: unrecognized auth response from 10.10.0.199: cvs [pserver aborted]: /var/lib/cvsd/cassio: no such repository

Seguinte, eu já iniciei os repositorios que eu criei no cvsd.

Alguem poderia me dar um help ???

desde já agradeço a ajuda.

Boa noite!

Cassio Tessaro



[2] Comentário enviado por denilsoneskas em 27/10/2010 - 08:53h

Seguinte, usava o CVS em fedora 5.0(puta obsoleto).
Também quiz utilizar os dados do CVSROOT, pois tinham bastantes usuários cadastrados, porém encontrei o mesmo erro.
Só consegui utilizar fazendo-o do zero, mas os repositórios funcionaram sem nenhum incomodo.
Creio que não ajudou, mas foi a dificuldade que tive.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts