Iniciando em Linux: Distribuições X Conhecimento

Publicado por Fabio Maran em 12/05/2008

[ Hits: 5.051 ]

Blog: http://movimentolivre.zip.net

 


Iniciando em Linux: Distribuições X Conhecimento



Hoje existem vários artigos ou tutoriais que mostram as distribuições voltadas a quem esta começando. Mas será este o caminho certo? Escolher primeiro uma distribuição? Ou deveríamos entender primeiro o que é Linux? Tentar ter uma noção básica?

Distribuições X Conhecimento

Hoje se tem inúmeras distribuições voltadas a quem esta começando, muitas delas se focam nisso, em deixar tudo mais fácil a quem nunca teve contato com o Linux, mas será este o jeito certo de se começar?

Hoje vemos distribuições lançando uma versão atrás da outra, e cada vez elas deixam mais de lado o antigo espírito do Linux, e se preocupam cada vez mais em facilitar nossa vida.

Mas por que será que a cada dia mais querem facilitar nossa vida? Será que os usuários tem se acomodado mais a cada dia?

Além de que vemos por ai, vários artigos ou tutoriais que dizem: "Use está é mais voltada para o seu perfil, ou use aquela." Mas o que deveríamos na verdade dizer é:

"Use Linux!"

Será que quem começa escolhendo primeiro uma distribuição antes de entender o básico, consegue solucionar problemas básicos?

Hoje eu vejo muito isso, não só aqui no VOL mas em inúmeros lugares, os usuários estão cada vez se acomodando mais, e quando pinta um problema, que muitas vezes é bem simples de resolver, já se cria aquele fuzuê todo.

Pode parecer bobagem, mas se pararmos para pensar e prestar atenção é isso que esta acontecendo com novos usuários. ;(

Eu que uso Linux há pouco tempo já consigo perceber isso, imagine quem usa isso há um grande tempo já.

Acho legal até o Linux se voltar a desktop, mas creio que tudo tem que ter seu meio termo. E o grande incentivo que deveríamos dar a quem está começando não é a de qual distribuição usar, deveríamos passar a idéia do que é o Linux, encaminhar quem está começando aos fundamentos básicos deste sistema, independente de qual distribuição depois ele queira usar.

É de grande tristeza ver hoje este espírito Linux ir se dissipando aos pouco, hoje dificilmente conseguimos ver pessoas com aquele antigo espírito, hoje só consigo ver pessoas querendo soluções sem ao menos antes saber qual é o problema oO.

Isto é apenas minha opinião, de um usuário que ainda preza o conhecimento, antes de qualquer facilidade que ofereçam.

E vocês o que acham sobre este assunto: Distribuições X Conhecimento?

Abraços a todos, Maran.

Outras dicas deste autor

Plugins, codecs e muito mais para Debian ou Ubuntu

Descompactando qualquer tipo de arquivo (Debian/Derivados)

Explorando seu hardware I

Audit no Samba

Convertendo alguns arquivos

Leitura recomendada

NTFS sem gambiarra

Usando o Return Query

Roteamento dinâmico

Instalando o X-lite

Instalando o Auto CAD R14 no linux

  

Comentários
[1] Comentário enviado por michelazzo em 12/05/2008 - 12:28h

Olá Fábio,

Fiquei numa dúvida cruel diante de meus anos de software livre lendo o seguinte parágrafo:

"Hoje vemos distribuições lançando uma versão atrás da outra, e cada vez elas deixam mais de lado o antigo espírito do Linux, e se preocupam cada vez mais em facilitar nossa vida. "

Sempre acreditei que o "espírito do Linux" é ser código aberto licenciado sob GPL, a qual permite e inclusive incentiva a criação derivada de software. Assim sendo, qual é o "espírito do Linux" que está sendo deixado de lado?

Sds


[2] Comentário enviado por elthon_abreu em 12/05/2008 - 12:59h

Não acredito que o Software pra ser livre precisa ser uma complicação, muito menos o GNU/LINUX. Acredito que a facilidade de uso é na verdade um atrativo, nem todo mundo tem saco e/ou conhecimento pra ficar compilando kernel, principalmente no âmbito empresarial. Imagina só ter que ficar ensinando os empregados a ficar utilizando shell... O sistema operacional tem o propósito de facilitar a operabilidade da máquina não o contrário, e isso serve tanto pra Windows, quanto pra GNU/LINUX e até pra OSX...

Abs.

[3] Comentário enviado por evaldo1 em 12/05/2008 - 15:49h

A despeito do pouquíssimo conhecimento que tenho em Linux, vivo andando atrás de informações que possam ser convertidas em conhecimento. O Linux é o caminho perfeito para isso. Entretanto, trabalho e convivo com pessoas que querem fazer no Linux o que faziam no Win, ou seja, ver seus vídeos, ouvir suas músicas, ler e-mail, navegar na internet, jogar, editar seus textos, produzir em outras áreas do conhecimento. Essas pessoas não estão dispostas a conhecer o que eu quero conhecer. Eu gosto de acessar aplicativos pelo terminal, só pra aprender, mas quero que minha mãe encontre o programa em um atalho pra que ela não fique perdida na tela.
Linux trouxe liberdade, tanto para aqueles que buscam conhecimento na área da tecnologia da informação quanto para aqueles que buscam e produzem conhecimento em qualquer outra área.
Gosto do Linux por ser assim, sou livre pra aprender e pra não aprender também.
Viva o Linux!
Evaldo

[4] Comentário enviado por RhuanLima em 13/05/2008 - 01:02h

"Gosto do Linux por ser assim, sou livre pra aprender e pra não aprender também.
Viva o Linux!" essa frase foi ótima! mas acredito que deva ser isso mesmo o intuito do linux! Afinal tenho amigos programadores que "odeiam" linux por acharem dificilimo e quando usam meu notebook ficam impressionado com o desing a praticidade e que faço tudo que fazia no win e muito mais... porem existe ainda em grande escala a FALTA DE INCENTIVO eu vivia aqui no vol sempre "namorando" os screenshots e usando meu win e tentando fazer minhas dist funcionar! entendo o que o Maram falou mas acho que ja passou a era do Linux Tecnico, hoje a praticidade é quem comanda e é o que procuramos sempre!

Valeu!

Rhuan Lima

[5] Comentário enviado por Teixeira em 13/05/2008 - 12:57h

Há alguns anos atrás, nos tempos do DOS, ninguém se aventurava sequer a ligar um computador sem que tivesse um mínimo de conhecimentos, inclusive de linguagens de programação como Basic ou Pascal.

Quem tocava no botão "power" já sabia de antemão o que era o POST, o que era "prompt", como acertar data e hora, como abrir e fechar aplicativos, como copiar, deletar, etc.

Particionar e formatar o "winchester" (HD), instalar o sistema operacional, etc. eram prerrogativas unicamente dos técnicos, e não do usuário.

Conforme as coisas foram ficando mais fáceis, algumas carroças passaram a andar na frente dos bois (e até foram inventados os antes inimagináveis automóveis com tração dianteira) o que nem sempre é ruim, mas que provoca uma série de efeitos colaterais, efeitos esses que certamente motivaram o artigo do amigo Maran.

Acontece que tal facilidade vem atropelando gradativamente a necessidade de um conhecimento empírico (porém necessário) para evitarmos uma sub-utilização do computador doméstico.

É muito difícil aprender o básico do Linux (bem como de qualquer outro sistema operacional, diga-se a verdade) fora dos bancos de uma Faculdade.
Isso ora porque as informações se encontram disponíveis em todos os lugares porém de forma esparsa, ora porque decidimos que "não temos tempo" para fazer uma pesquisa melhor e BEM mais profunda.

Para que alguém seja iniciado no Linux, se possui um PC atual e com um razoável poder de fogo, qualquer distro poderá ser utilizada, por "pior" (ou "menos adequada") que possa ser.

Máquinas mais antigas, em contraparte, requerem um conhecimento bem mais profundo.
O próprio Maran me deu de forma direta um valioso auxílio quando eu estava literalmente apanhando do Basic Linux, pois para um novato instalar um sistema antigo é realmente muito complicado.
Nós cheagamos a trocar muitos emails cheios de interrogações até que eu pudesse chegar finalmente a um resultado positivo.

Acontece que tudo fica muito difícil quando não temos onde reconhecer nossas balisas.
Em geral, as informações dadas a novatos (não é de forma alguma o caso aqui no VOL) parecem presumir que o tal novato já seja um expert e que DEVERIA saber disso ou daquilo.

Complementando o Maran, acho que deveriam haver tutoriais (e há em bom número!), porém facilmente localizáveis.

Isso facilitaria a vida de todo mundo.

Parabéns pelo seu artigo, meu velho!


[6] Comentário enviado por maran em 14/05/2008 - 11:58h

O Teixeira entendeu o que queria passar na lata.
Nem preciso complementar mais nada.

Grande abraço Teixeira.

;)



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts