Fish Shell como padrão respeitando o /etc/profile

Publicado por Matheus em 20/04/2020

[ Hits: 669 ]

 


Fish Shell como padrão respeitando o /etc/profile



Existe um problema ao usar o Fish como shell padrão, que é o fato dele não respeitar os arquivos /etc/profile* pelo fato de ter uma sintaxe completamente diferente do BASH e isso faz com que muitas variáveis importantes não sejam exportadas.

Em um sistema Gentoo, por exemplo, os arquivos em /etc/profile.d e /etc/profile.env são usados pelo eselect para coisas como implementação Java padrão, perfil OpenGL, PATH para programas binários instalados em /opt etc.

Para resolver isso existe um plugin chamado bass, que vai usar o bash pra inicializar esses arquivos e transferir as variáveis para um formato que o Fish possa utilizar.

Para a instalação, estarei usando o framework oh my fish. Se você não o tem instalado, então já providencie:

omf install bass

E adicione isso em ~/.config/fish/config.fish:

bass source /etc/profile
bass source /etc/profile.env
bass source /etc/profile.d/*

Se quiser modificar variáveis localmente, então faça após o bass, por exemplo, para adicionar diretórios ao PATH:

set -x PATH ~/.local/bin $PATH

Outras dicas deste autor

Plymouth no Arch Linux

Quebrando múltiplas senhas WiFi com hashcat

Zenpower - Informações Detalhadas de Processadores Ryzen

Aceleração (re)compilações no Gentoo

Carregar os binários e libs na RAM

Leitura recomendada

Ícones com cadeado no Linux

Convertendo arquivos de vídeo em Linux para AVI e MPEG

Find - Pesquisar trechos (strings) dentro de arquivos

VI - Como sobreviver

Wget - baixar tipo específico de arquivos de url

  

Comentários

Nenhum comentário foi encontrado.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts