Dual Boot: CentOS 7 x Windows - Solucionando problemas

Publicado por Ricardo Wesley de Souza em 14/10/2014

[ Hits: 24.121 ]

 


Dual Boot: CentOS 7 x Windows - Solucionando problemas



Eu, particularmente, adoro o CentOS, pois é uma distribuição extremamente estável e moderna ao mesmo tempo, e nessa versão 7 ficou muito show.

Porém, desde o lançamento do CentOS 7, um problema vinha me incomodando: configurar dual boot entre o CentOS 7 e Windows 7, 8 ou 8.1, e enfim eis a solução.

Passo a passo

Primeiramente, vamos atualizar toda a instalação, lembrando que todos os comandos devem ser executados como usuário root. Abra o terminal e digite:

# yum -y update

Em seguida, vamos adicionar o repositório EPEL para CentOS 7, que é mantido pelo pessoal do Fedora Project. Entre no site: ...e baixe o pacote referente ao sistema. Neste momento, a versão mais atualizada do repositório para o CentOS 7 é epel-release-7-2.noarch.rpm.

Ainda no terminal, execute o seguinte comando para instalação:

# yum localinstall epel-release-7-2.noarch.rpm

Normalmente, o arquivo se encontra na pasta Download do usuário, e/ou o local de download de sua preferência.

Logo após, execute novamente o comando para a atualização da lista de repositórios habilitada no sistema:

# yum -y update

Agora, você será capaz de instalar o pacote ntfs-3g, que é a solução para o problema de dual boot com o Windows.

Isto se deve ao fato que a ISO de instalação do CentOS 7 não contém este pacote, que é responsável por executar a leitura e gravação em sistemas de arquivo do tipo NTFS, que é o padrão do Windows. Como consequência, o CentOS 7 não consegue enxergar a partição do Windows, e por isso, não conseguia gerar automaticamente a entrada do Windows no GRUB.

Então vamos lá, no terminal digite:

# yum install ntfs-3g

Agora o sistema será capaz de enxergar e gravar qualquer coisa em partições do tipo NTFS.

Basta executar o seguinte comando no terminal, para gerar um novo arquivo do GRUB e curtir seu dual boot:

# grub2-mkconfig -o /boot/grub2/grub.cfg

Será apresentada uma mensagem parecida com esta:

  Generating grub configuration file ...
  Found linux image: /boot/vmlinuz-3.10.0-123.el7.x86_64
  Found initrd image: /boot/initramfs-3.10.0-123.el7.x86_64.img
  Found linux image: /boot/vmlinuz-3.10.0-123.8.1.el7.x86_64
  Found initrd image: /boot/initramfs-3.10.0-123.8.1.el7.x86_64.img
  Found linux image: /boot/vmlinuz-0-rescue-cc8309fa81734b2ba70dc5a3787b0028
  Found initrd image: /boot/initramfs-0-rescue-cc8309fa81734b2ba70dc5a3787b0028.img
  Found Windows 7 (loader) on /dev/sda1
  done


E pronto, reinicie o sistema e verá a entrada do Windows no GRUB.

Se quiser mais facilidade ainda para trabalhar com as entradas no GRUB, basta instalar o Grub Customizer. Que é um excelente gerenciador de boot em modo gráfico:

# yum install grub-customizer

Em um próximo tutorial, vou montar um pós-instalação do CentOS 7 funcionando como Desktop.


Abraço, até o próximo.

Ricardo W. Souza

Outras dicas deste autor
Nenhuma dica encontrada.
Leitura recomendada

Qual minha versão do Ubuntu instalada?

Instalação do LAMPP - Apache2 - MySQL - PHP5 - PHPMYADMIN

Asterisk como SIP Proxy

Internet Explorer rodando no Ubuntu

Atualizando Kernel, Xorg e KDE de maneira simples no Slackware 10.2

  

Comentários
[1] Comentário enviado por clodoaldops em 15/10/2014 - 15:57h

Eu uso o Grub-Customizer no Ubuntu, Mint e Fedora p/ gerenciar o grub. Bom saber que Centos tbém tem o programa nos seus repositórios oficiais!

[2] Comentário enviado por removido em 02/07/2015 - 18:42h

Usava o CentOS 5 e ao migrar para o 7 perdi o boot do Windows 7.

Excelente artigo.

[3] Comentário enviado por fredericopedro em 07/07/2015 - 14:00h


Ótimo artigo, para parabéns.

[4] Comentário enviado por Alpivertical em 21/11/2015 - 14:46h

Excelente Artigo..

[5] Comentário enviado por gimme em 18/01/2016 - 09:47h

Amigo,sua publicação de 2014 salvou o meu windows,como preciso para o trabalho tenho que mantê-lo,estou a 3 dias tentando resolver este probleminha...esta de parabéns, e muito obrigado.

[6] Comentário enviado por removido em 18/01/2017 - 19:34h


Tem coisa errada no artigo.

Pacote ntfs-3g, que é a solução para o problema de dual boot com o Windows. <= AFIRMAÇÂO ERRADA


Isto se deve ao fato que a ISO de instalação do CentOS 7 não contém este pacote, que é responsável por executar a leitura e gravação em sistemas de arquivo do tipo NTFS, que é o padrão do Windows. Como consequência, o CentOS 7 não consegue enxergar a partição do Windows, e por isso, não conseguia gerar automaticamente a entrada do Windows no GRUB. <= AFIRMAÇÂO ERRADA, esta relacionando a entrada do windows no gerenciador de boot com o pacote ntfs-3g a função dele não é essa. Quem faz isso é o comando update-grub ou update-grub2.


Para aparecer o Windows no gerenciador de boot (GRB2)


Com o usuário ROOT roda o comando

yum install grub2

update-grub2

Obs: Vai aparecer na saída do comando update-grub2 o windows.

Ex:

update-grub2
Generating grub configuration file ...
.
.
.
Encontrado Microsoft Windows XP Professional em /dev/sda1
concluído


Não precisa usar o pacote Grub Customizer. Cada pacote que você instala no seu sistema representa um risco de segurança.

[7] Comentário enviado por rwsouza em 19/01/2017 - 16:27h

Olá meianoite, posso até ter me expressado mal, mas a função do pacote ntfs-3g é permitir que sistemas linux consigam ler e escrever em partições do Microsoft Windows do tipo NTFS, isso é fato. E em sistemas (Ex.: CentOS) que não possuem este pacote incluso na .iso de instalação, não se consegue gerar a entrada do Windows no Grub e nem transferir arquivos entre estes sistemas de arquivo. A maioria dos sistemas baseados em Ubuntu e Debian já vem com este pacote na iso de instalação.

Agora, essa dica é de 2014, tem um tempinho considerável aí. Se tratando de informática, muita coisa muda em um período como esse. Pode ser que acrescentaram este pacote ntfs-3g na iso de instalação do CentOS, ou o grub ficou mais inteligente e já consiga gerar as entradas corretamente. Atualmente não utilizo o CentOS em dual boot com Windows, só em servidores.

O comado "update-grub2" que citou pode ser uma versão moderna do comando "grub2-mkconfig -o /boot/grub2/grub.cfg" que citei na dica. O resultado vai ser o mesmo, ou seja, ele vai gerar as entradas do grub2.

Mas legal, fica a dica. Não tive a oportunidade de testar seu comando, mas se funcionou com voce ótimo.

Como pode ver nos comentários anteriores, essa dica funciona e ajudou muita gente.

Até mais.






Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts