Do Windows XP ao GNU/Linux

Publicado por Xerxes em 18/04/2014

[ Hits: 2.902 ]

Blog: https://static.vivaolinux.com.br/imagens/dicas/comunidade/300.jpg

 


Do Windows XP ao GNU/Linux



Em minha humilde opinião, o melhor sistema GNU/Linux para usuários iniciantes que estão querendo migrar do Windows XP para o mundo GNU/Linux, é Linux Mint MATE. Existem várias versões do Linux Mint, mas, me refiro especificamente à distribuição com ambiente MATE.

Link para download:
Se você for um usuário iniciante, escolha a opção MATE no link acima. Se não souber se o seu computador é 32 ou 64 bits, escolha a versão 32, que funciona sempre.

Por que a versão MATE?
- Simplesmente, por ser a versão mais simples e tradicional, semelhante ao Windows XP.

Veja um vídeo mostrando o Linux Mint MATE:

E por que usar Linux Mint e não o famoso Ubuntu?
- Simplesmente, porque Linux Mint é, de certa forma, o Ubuntu. Tem tudo o que Ubuntu tem, com algumas vantagens e sem ambientes "complicados" ou diferentes demais do Windows XP, para iniciantes.


É isso!

Outras dicas deste autor

Gambiarra para impedir que o Conky se esconda no LXDE

VirtualBox no Linux Mint - Erro: No suitable module for running kernel found [Resolvido]

Internet mais rápida no Google Chrome

Título "retrátil" da janela no i3

Volume acima de 100% no Elementary OS

Leitura recomendada

Gerenciar pacotes em alto nível no Debian

Instalar Nvidia FX5200 no Debian ETCH

Counter Strike 1.6

Vídeo aula da planilha eletrônica Gnumeric

Segurança no Grub

  

Comentários
[1] Comentário enviado por clodoaldops em 18/04/2014 - 07:56h

Concordo plenamente. Principalmente as versões baseadas no Ubuntu-LTS

[2] Comentário enviado por vitinho217 em 30/05/2014 - 12:34h

Uma dica: instalar a versão 32 bits porque "funciona sempre" é uma prática ruím, a capacidade de processamento de 32 bits é obviamente menor do que a de 64 bits, se o usuário possuí uma arquitetura para operar 64 bits e instala um S.O de 32 bits a capacidade de gerenciamento de memória será baixa(mesmo possuíndo memória extra). Logo o ideal é saber como a arquitetura do seu computador opera, onde e para que fins ele será ultilizado e verificar se ele atende aos requisitos de 64 ou 32 bits e então instalar o S.O.

Um abraço, Vitor.



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts