Desativando o "freeze" no Linux Educacional

Publicado por Luís Fernando C. Cavalheiro em 04/10/2013

[ Hits: 8.761 ]

Blog: https://github.com/lcavalheiro/

 


Desativando o "freeze" no Linux Educacional



Atenção, garotada.

Aqui começa mais uma dica do Dino, trazendo informações tão úteis quanto o Foro de São Paulo para a manutenção da democracia na América Latina.

Hoje, quero compartilhar com vocês uma solução para uma questão bastante incômoda sobre o Linux Educacional 4.0, o início de uma nova dor de cabeça, gastrite e úlceras, que me empurraram na escola em que ministro aulas de Filosofia para jovens e adultos.

Para quem não conhece, o Linux Educacional 4.0 (LE pros íntimos que já foram f... por ele sem nem um cafezinho antes) é um refisefuqui feito pela UFPR para o Governo Federal baseado no Kubuntu 10.04, com o objetivo de promover a inclusão digital nas escolas.

Existe um equipamento fornecido pela Diebold para o Governo, um computador-projetor (para quem nunca viu, é um computador que, no lugar de um monitor, tem uma lente de Datashow. Conheçam mais em LINUX - PROJETOR MULTIMÍDIA), que usa o LE como sistema operacional, e esse projetor foi distribuído para algumas escolas públicas (entre estas, a que eu dou aulas em Xerém, Duque de Caxias).

Aí foi o diabo de chiadeira. Os professores não receberam nenhum treinamento sobre como usar o equipamento - até aí, nada anormal em se tratando de uma iniciativa do Governo.

O problema que ninguém informou para os colegas, é que o tal LE tem um atraso de vida chamado "freeze". Esse disparate funciona assim: toda vez que você faz logout no sistema, o "freeze" retorna o computador ao estado original da instalação, excluindo arquivos que, porventura, estejam salvos nos diretórios de usuário, atualizações ou outros pacotes instalados, configurações feitas e o "escambau a quatro sem vaselina".

Enfim, para resolver o problema é até bem trivial:
  • Remova todos os usuários do grupo freeze;
  • E delete esse grupo do sistema.

Vamos aos comandos:

sudo su -

# for i in `cat /etc/group | grep ^freeze | cut -d: -f4 | sed "s/\,/\ /g"` ; do gpasswd -d "$i" freeze ; done
# groupdel freeze


Reinicie o computador, e dê adeus ao "freeze"!

Outras dicas deste autor

Flash, Java, Skype, Google Chrome e outros aplicativos - Instalação no Ubuntu 12.04

Usando pendrive como SWAP temporária em seu GNU/Linux

Smartphones Xperia - Montando e criando diretório em cartão de memória

Fazendo o Steam funcionar no openSUSE Leap 15.0

Inicializando uma máquina virtual no VirtualBox via pendrive USB

Leitura recomendada

Sugestão de Particionamento

Uget funcional no browser

Ubuntu - Alterando as Fontes do Terminal

Wireshark com usuário comum no Slackware

sources.list complementar para o Ubuntu 11.10 - Oneiric Ocelot

  

Comentários
[1] Comentário enviado por removido em 06/10/2013 - 10:48h

Hahaha,

Luís, eu sabia que você ia resolver esse problema rsrsrsrsr

Mas eim, pense bem se vale a pena, pois agora, os professores e alunos vão poder danificar o sistema, ou pelo menos o ambiente do usuário, o que vai exigir uma certa manutenção da sua parte de vez em quando né.

Abs

[2] Comentário enviado por lcavalheiro em 07/10/2013 - 10:11h


[1] Comentário enviado por Gedimar em 06/10/2013 - 10:48h:

Hahaha,

Luís, eu sabia que você ia resolver esse problema rsrsrsrsr

Mas eim, pense bem se vale a pena, pois agora, os professores e alunos vão poder danificar o sistema, ou pelo menos o ambiente do usuário, o que vai exigir uma certa manutenção da sua parte de vez em quando né.

Abs


Nem é problema. Primeiro: tiro todo mundo do sudo (convenhamos, essa é a maior merda que o Ubuntu e seus filhos fazem, trazer o sudo ativado por padrão). Segundo: ativo a senha do root. O máximo que os usuários vão conseguir fazer é apagar os diretórios deles próprios ou bagunçar o ambiente gráfico - coisa que se resolve fácil, fácil...

[3] Comentário enviado por rialmense em 20/08/2014 - 14:33h

não foi possível bloquear /etc/gshadow; tente mais tarde. esta dando este erro



Contribuir com comentário




Patrocínio

Site hospedado pelo provedor RedeHost.
Linux banner
Linux banner
Linux banner

Destaques

Artigos

Dicas

Tópicos

Top 10 do mês

Scripts