Desativando a proteção de tela automática do console

Publicado por João Paulo de Oliveira Faria em 02/12/2004

[ Hits: 32.420 ]

Blog: http://www.jpfaria.com

 


Desativando a proteção de tela automática do console



Essa pequena dica vai para os usuários que tem um monitor no seu servidor e que gostam de deixar algum programa rodando para monitorar os serviços.

Por padrão e para vitalidade do monitor, algumas distribuições desligam após 15 minutos o monitor afim de conservar a integridade do tubo do monitor, esse recurso é legal deixar ativado somente em servers que na maioria das vezes é deixado na tela de login.

Agora para servers que você gostaria de deixar o monitor sempre ligado para que você possa deixar, por exemplo, exibindo o tempo todo um "top -d 1" para verificar os processos é recomendando tirar esse padrão de sua distribuição.

Vamos lá?

Para você desativar de imediato esse recurso basta somente digitar:

$ /bin/setterm -blank 0

Agora quando você reiniciar o seu sistema, ele automaticamente ativará esse recurso novamente, então basta você achar em seus arquivos de inicialização a seguinte linha:

/bin/setterm -blank 15

e alterá-la para:

/bin/setterm -blank 0

no caso do Slackware esse comando fica em /etc/rc.d/rc.M.

[]'s

Outras dicas deste autor

Atualização diária do ClamAV antivírus

Mouse + TouchPad no X11

Problema com fuso horário no Sendmail

Problema em instalação com HD SCSI

Evitando problemas no servidor SMTP para quem usa sendmail

Leitura recomendada

Clonezilla Server - Instalação no Ubuntu, CentOS e Debian

Tutorial GIT

Canivete suíço: sidux Ouranos (2009-01) em pendrive

SVN/Trac no CentOS 5.5 64 bits

Ouvindo WMA no XMMS (xmms-wma)

  

Comentários
[1] Comentário enviado por aloise em 09/08/2010 - 09:47h

No caso do Debian, editar o arquivo:
/etc/console-tools/config

E mudar a linha BLANK_TIME para 0

[]´s

[2] Comentário enviado por wesllay em 17/09/2012 - 14:54h

Tanto para o Redhat qto para CentOS
o comando é o mesmo:
setterm -blank 0
Sendo que para permanecer após reiniciar, deve-se fazer a alteração e incluir o comando no arquivo:
/etc/rc.d/rc.local
Incluindo a linha:
setterm -blank 0



Contribuir com comentário